Segunda, 19 Fevereiro 2018

Área no bairro Pio XII é transformada em um verdadeiro depósito de lixo a céu aberto

Publicado em Bairro a Bairro Segunda, 11 Dezembro 2017 08:13
Avalie este item
(0 votos)

 

O bairro Pio XII continua sendo usado como depósito irregular de lixo. O problema é recorrente há aproximadamente quatro anos. No início, os materiais eram descartados em um lote na rua B, ao lado do Colégio Educare. A Prefeitura teve que realizar a limpeza do espaço várias vezes e com o apoio dos veículos de comunicação, alertou a população sobre os riscos do descarte irregular de resíduos no local, principalmente por se tratar de área aberta, ao lado de uma escola.  

Por algum tempo, a questão parecia estar resolvida. No entanto, a equipe do JORNAL S’PASSO esteve na região esta semana e observou que só mudou o endereço. Agora, os dejetos estão sendo depositados ao longo da rua Josafá Alves Campos, até mesmo no asfalto. 

Foram flagradas inúmeras garrafas de cerveja jogadas às margens da via, algumas viradas para cima, acumulando água da chuva, bem como pedaços de equipamentos eletrônicos. Também havia restos de comida, caixas de papelão, recipientes plásticos e flores, aparentemente restos de decoração de festa. Em outro trecho da rua, entulho de obras da construção civil, pedaços de telhas de amianto e de barro, de madeira, concreto e até uma pia. 

O uso do terreno como lixão atrai insetos e pequenos animais, como ratos e escorpiões, hospedeiros de diversas doenças, por exemplo, dengue e leptospirose. Além disso, chama a atenção de cachorros, que podem acabar contaminados por causa dos resíduos; urubus e gaviões, que estão destruindo as lâmpadas e fiação dos postes de iluminação. 

Histórico de poluição 

Em 2014 e 2015, a Prefeitura retirou aproximadamente 65 caminhões de lixo e entulho em operações de limpeza no loteamento. No segundo semestre de 2014, a Secretaria de Infraestrutura e Serviços limpou a área duas vezes, em um curto intervalo de tempo. Na primeira intervenção foram recolhidas 15 caçambas, número que subiu para 20 cerca de dois meses depois. Em janeiro de 2015, a equipe da pasta voltou ao local e coletou mais 30 caminhões de entulho e uma semana depois, já havia resíduos jogados no local.

Referência no país

O descarte inadequado de lixo em lotes do Pio XII intriga moradores e o poder público, uma vez que o serviço de coleta e gestão dos resíduos sólidos no município é referência em todo o país. Mesmo nos casos de eletrônicos e móveis inservíveis, por exemplo, o recolhimento pode ser feito nas casas, mediante agendamento, para evitar que fiquem espalhados nas ruas, servindo de criadouros para insetos e animais peçonhentos. 

De acordo com informações do Programa Cidades Sustentáveis, Itaúna é uma das cidades com um dos maiores índices de aproveitamento de resíduos do Brasil e da América Latina. Aproximadamente 23% de todo o material reciclável coletado no município é comercializado, enquanto a média brasileira é de 1%.

 

Deixe um comentário

FACEBOOK

NOTÍCIAS

asdadasd