Domingo, 23 Setembro 2018

Associação Comunitária da região da Vila Tavares cobra espaços de lazer e redutores de velocidade

Publicado em Bairro a Bairro Segunda, 12 Março 2018 11:31
Avalie este item
(0 votos)

A presidente da Associação Comunitária dos bairros Vila Vilaça, Vila Tavares, Antunes e Eldorado, Adriana Souza, relatou algumas necessidades da região. Entre as reivindicações, a instalação de passagem elevada para pedestres, em pelo menos dois pontos críticos. 

“São muitos os pedidos. Acho muito importante fazermos um movimento no bairro, porque é um lugar que fica esquecido, entra ano, sai ano, entra prefeito sai prefeito, e nada é feito na nossa área. O principal seria um traffic calming na avenida Jacinto Ferreira e um também na rua Leão José. Na Jacinto Ferreira já aconteceram inúmeros acidentes. Fizemos diversas solicitações", comentou a líder.  

A melhoria na iluminação pública também é uma das prioridades apontadas pelos moradores. “O sistema é muito precário, antigo. E há poucos postes. É preciso rever isso”, afirmou Adriana. 

 

Áreas de convivência

Ainda de acordo com a presidente da Associação Comunitária, a região não possui uma área de lazer, espaço, segundo ela, essencial, principalmente, para os idosos, público que ela afirma ser predominante.  

Adriana disse também que outras localidades deveriam ter o programa “Meu Bairro é Mais”, mantido pela Prefeitura na Vila Nazaré, com oferta de atividades educacionais, esportivas e profissionalizantes, gratuitamente à população. “Acredito que a iniciativa deveria ser estendida, para que mais pessoas tenham acesso", opinou. 

 

Manutenção das vias

 

Outro problema apontado pelos moradores da Vila Vilaça, Vila Tavares, Antunes e Eldorado é o mato alto nas vias. A reportagem esteve na região, na quarta-feira, 07, e no primeiro bairro encontrou calçadas intransitáveis em várias ruas, tomadas pelo mato. 

“Nós estamos precisando muito de limpeza e capina, principalmente na avenida Walter Mendes. Está muito sujo, em alguns trechos, um verdadeiro matagal. Na Jacinto Ferreira tem aparecido até cobra”, comentou a presidente da Associação Comunitária. 

No entanto, a situação já começou a ser resolvida. Enquanto apurava a queixa da população em relação às vias, a equipe do JORNAL S´PASSO se deparou com funcionários da Prefeitura realizando a poda de árvores e capinando as ruas. A ação faz parte da operação “Cidade Limpa”, que atenderá todas as regiões de Itaúna.  

 

Estado de conservação da ponte na rua Zulmira Alves Abreu é preocupante

 

 

A ponte sobre o Ribeirão Joanica, na rua Zulmira Alves Abreu , na Vila Vilaça, foi inaugurada em 1984. Com 34 anos de uso, o desgaste da estrutura já está evidente. O local, que já recebeu recapeamento, tem vários buracos e balança até com a passagem de carros de passeio. No trecho, é intenso o fluxo de veículos de pequeno, médio e grande porte, por se tratar de um acesso da rodovia MG-050 à cidade. 

 

Deixe um comentário

FACEBOOK

NOTÍCIAS

asdadasd