Quarta, 19 Setembro 2018

Comunidade cobra melhorias da infraestrutura e dos serviços de limpeza

Publicado em Bairro a Bairro Segunda, 03 Setembro 2018 13:35
Avalie este item
(0 votos)

Precariedade da iluminação e falta de segurança também estão entre as reclamações

Os moradores do bairro das Graças pedem, há tempos, mais atenção das autoridades. As principais reivindicações são por melhorias na infraestrutura, ampliação dos serviços de limpeza e mais segurança. Um dos problemas apontados à reportagem, nesta semana, tem relação com o campo que fica atrás do Estádio Municipal Divino Ribeiro Leite, o “Divinão”. Nas imediações existe apenas um poste com luminárias.

De acordo com os depoimentos, o local foi transformado em abrigo por usuários de drogas, que, frequentemente, arrombam o cadeado do portão e até cortam as cercas para garantir acesso ao espaço de lazer e convivência. Ainda de acordo com informações obtidas pela equipe, os fios da rede elétrica são furtados constantemente.

A cobrança é pela manutenção de um vigilante no período noturno. A falta de iluminação no trecho também deixa a comunidade preocupada, já que muitas pessoas precisam transitar por lá para chegar à avenida Doutor Miguel Augusto Gonçalves e a vários outros bairros da região.

 Animais peçonhentos

 Entrevistados relataram ao JORNAL S´PASSO que quase todos os dias, bichos peçonhentos, como cobras e escorpiões, são encontrados nas ruas do bairro das Graças. Lixo e entulho descartados de forma irregular contribuem para a situação, segundo os próprios moradores. O mato alto em diversos lotes abandonados também prejudica a comunidade, já que, além dos riscos de doenças, vários terrenos são usados como esconderijo por usuários de drogas e bandidos.

Espaços de lazer

 A população pede a instalação de uma academia ao ar livre. Muitas pessoas se deslocam até outros bairros para as atividades físicas. Os moradores sugeriram que seja aproveitado algum lote do Município para instalação dos equipamentos e reclamam ainda da falta de espaços de lazer e convivência das famílias.

 Asfalto e sinalização

A comunidade cobra ainda o término do asfaltamento da rua Olímpio Arruda, além da instalação de duas “bocas de lobo”, no cruzamento da via com a Enfermeiro Messias. No local existe ainda um quebra-molas, que, de acordo com os apontamentos, foi construído fora do padrão e, como é muito alto, estraga os carros. Faltam também com placas e pintura estratigráfica.

Na rua José Calambau, a situação não é diferente. A equipe do JORNAL S´PASSO observou algumas esquinas sem a correta sinalização, o que gera riscos de acidentes, devido ao grande fluxo de veículos. Nos casos das ruas Manoel Corrêa e Mirócles Carvalho, que têm índice elevado de colisões, a sugestão é de que sejam transformadas em mão única.

Deixe um comentário

FACEBOOK

NOTÍCIAS

asdadasd