Quarta, 19 Setembro 2018

Executivo aguarda aprovação do Codempace para iniciar obra de revitalização do Museu

Publicado em Cultura Sexta, 29 Junho 2018 20:49
Avalie este item
(0 votos)

A Prefeitura já está com dinheiro em caixa para a revitalização do Museu Municipal Francisco Manoel Franco e também da Praça João Pessoa, nas imediações da antiga Estação Ferroviária. Durante reunião da Câmara, nesta semana, a vereadora Gláucia Santiago chegou a questionar o porquê de as intervenções ainda não terem sido iniciadas, tendo em vista que os recursos necessários já estão em conta.

De acordo com o secretário de Regulação Urbana, Paulo de Tarso Nogueira, todas as adequações foram feitas. Falta apenas a aprovação do projeto pelo Conselho Deliberativo Municipal do Patrimônio Cultural, Artístico e Ecológico de Itaúna – Codempace.

“Apresentamos as alterações ao prefeito. O próximo passo é a deliberação do Codempace. Faremos reunião com os membros, certamente na próxima semana, para, em seguida, darmos início às obras. Reformaremos os banheiros, garantindo a acessibilidade, melhoraremos as condições em geral, contemplando duas galerias para exposições e a sala da administração", adiantou o gestor.

Segundo Paulo de Tarso, o museu contará com um espaço multiuso, onde poderão ser realizadas mostras e eventos, por exemplo, visando o aumento do movimento e a integração com a praça, que, ainda de acordo com o secretário, também receberá melhorias, na próxima etapa.

História

A imóvel ocupado pelo Museu Municipal Francisco Manoel Franco foi erguido no estilo eclético, em 1911, para abrigar a Estação Ferroviária de Itaúna, que funcionou no local até 1986. A chegada da rede impulsionou, juntamente com a Companhia Industrial Itaunense e a Santanense, o desenvolvimento urbano e econômico da cidade. Em 29 de março de 1990, foi assinado um contrato com a empresa responsável pela operacionalização dos trilhos, para o Município utilizar o prédio. Em 1991, a Prefeitura recebeu como comodatária, a título de empréstimo, uma locomotiva de fabricação “Baldwin Locomotive Works”, ano 1919. O Museu Francisco Manoel Franco foi criado pela Câmara, por meio da lei nº. 2.570, de 18 setembro de 1992. Em 1995, outro convênio junto à Rede, passou a garantir a realização, naquele espaço, de projetos de natureza cultural, educacional e urbanística, particularmente aqueles relacionados com a preservação, valorização e difusão do patrimônio da memória e das tradições ligadas à ferrovia, no âmbito local. Para isso, a edificação recebeu restauração técnica, com foco na manutenção dos traços arquitetônicos originais. Em 2011, o Museu Municipal Francisco Manoel Franco foi incluído na lista de bens protegidos em Itaúna, apresentada ao Instituto Estadual do Patrimônio Histórico e Artístico de Minas Gerais – Iepha/MG. No entanto, foi fechado para visitações em junho de 2014, devido ao estado de degradação. A Promotoria de Justiça ajuizou ação civil pública contra a Prefeitura, em 09 de maio de 2014, cobrando a preservação do imóvel. O acervo tem mais de 400 peças, catalogadas. Muitos desses materiais foram transferidos, há cerca de um ano, para a galeria Ahmés de Paula Machado, por causa das condições da edificação.  

Deixe um comentário

FACEBOOK

NOTÍCIAS

asdadasd