Quarta, 19 Setembro 2018

PRF orienta os motoristas a desconsiderarem notificações sobre multas no Anel Rodoviário

Publicado em Geral Segunda, 20 Agosto 2018 10:51
Avalie este item
(0 votos)

Recomendação é válida para condutores penalizados entre abril e julho

Multas aplicadas no Anel Rodoviário de Belo Horizonte entre 27 de abril e 05 de julho deste ano devem ser desconsideradas pelos motoristas. A informação é da Polícia Rodoviária Federal – PRF -, que declarou, nesta semana, que condutores notificados, apesar da constatação de defeitos nos radares no período, não precisam pagar e nem receberão pontos na Carteira Nacional de Habilitação – CNH.

Há aproximadamente um mês, a instituição e a concessionária da rodovia admitiram falhas nos equipamentos, o que invalidou as sanções. Ainda de acordo com a PRF, os aparelhos com divergências na sinalização foram vistoriados e reparados. As autuações ainda podem chegar pelos Correios, devido ao prazo que compreende o processamento do documento, emissão e entrega.

 O problema é referente a radares instalados recentemente, ficam no sentido Rio de Janeiro. Logo que confirmada a situação, as autoridades anunciaram o cancelamento de todas as penalidades por excesso de velocidade no trecho, independentemente de defesa ou recursos. E, quem já quitou, tem direito a reembolso.

 Para fazer o requerimento, é necessário baixar o formulário de restituição de valores, em www. prf.gov.br. Após o preenchimento, o documento deverá ser entregue na sede da Superintendência Regional da Polícia Rodoviária Federal em Minas Gerais ou em qualquer posto da corporação. Também é possível enviá-los pelos Correios.

A medida foi adotada pelo fato de dois dos três equipamentos terem placa informando sobre o limite de 80 Km/h, mas aplicação de apenas 70 Km/h, o que induziu os motoristas a trafegarem acima do que realmente era o máximo permitido, para não serem multados. Esses aparelhos estão nos Kms 534 (entre a Avenida Delta e o viaduto da Via Expressa) e 540,5 (próximo à Subestação da Cemig, no bairro Bonsucesso). Outro, no Km 537,1 (entre a saída para São Paulo e o viaduto da Avenida Amazonas), estava aferido para 80 Km/h e a placa indicava 70 Km/h.

Todos esses três “pardais” fazem parte de um lote de dez fiscais eletrônicos colocados pela Via 040 no Anel. As operações começaram em 27 de abril. A concessionária garantiu que as sinalizações já foram substituídas e agora são compatíveis com a aferição dos radares.

Deixe um comentário

FACEBOOK

NOTÍCIAS

asdadasd