Geral - Jornal S'Passo, o melhor jornal de Itaúna, na banca e na internet! http://www.jornalspasso.com.br Thu, 21 Jun 2018 08:41:48 -0300 Joomla! - Open Source Content Management pt-br Entidades empresariais cobram execução da transposição da linha férrea no perímetro urbano http://www.jornalspasso.com.br/noticias/geral/item/4107-entidades-empresariais-cobram-execucao-da-transposicao-da-linha-ferrea-no-perimetro-urbano http://www.jornalspasso.com.br/noticias/geral/item/4107-entidades-empresariais-cobram-execucao-da-transposicao-da-linha-ferrea-no-perimetro-urbano Entidades empresariais cobram execução da transposição da linha férrea no perímetro urbano

A transposição da linha férrea voltou à pauta em Itaúna, no último mês, após a empresa responsável pela manutenção da estrutura interromper o trânsito de veículos no cruzamento da rua Silva Jardim, onde há grande fluxo, sem qualquer tipo de aviso prévio aos motoristas. O trecho, principal itinerário do transporte coletivo, ficou um dia inteiro interditado, o que causou muitos transtornos para a população.

A questão já era discutida no Centro de Desenvolvimento Econômico e Socioambiental - CDE. Em 2018, o presidente da entidade, Maurício Gonçalves Nazaré, esteve na Agência Nacional de Transportes Terrestres - ANTT -, e no Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes - DNIT -, em Brasília. Na capital do país, ele participou de reuniões acerca do assunto e cobrou um posicionamento em relação ao projeto para retirada dos trilhos do perímetro urbano. Maurício Nazaré também se encontrou com deputados federais, em busca de solução.

“As entidades entendem a importância do modal ferroviário para a região, pois, assim é transportada a nossa riqueza. Porém, cabe o bom senso, pois Itaúna cresceu, exigindo melhor projeção para locomoção e bem estar dos itaunenses e suas empresas, sendo a transposição da linha férrea, um passo muito importante para o pleno desenvolvimento de nossa cidade”, destacou

Há três anos, o CDE articula em todas as esferas de governo, a aprovação do projeto e início da obra, com o objetivo de dar fim às dificuldades enfrentadas por moradores da cidade e empresários devido à circulação dos trens dentro do município, principalmente na área central. Ainda segundo informações divulgadas nesta semana pela instituição, em 2015 foi destacado o cronograma de intervenções previsto para a malha ferroviária da região, abrangendo as cidades de Ibiá, Itaúna e Betim, nesta ordem. Porém, após as obras de Ibiá, Itaúna acabou sendo passada por Betim, por causa da grande representatividade política da cidade da Região Metropolitana de Belo Horizonte - RMBH.

Desde 2015, a Valor da Logística Integrada – VLI apresenta às entidades, anualmente, as atividades da empresa, referentes à transposição. Segundo Maurício Nazaré, o CDE se posiciona, argumentando que são muitos os problemas, como o aumento dos casos de suicídios, acidentes, além da perturbação devido à buzina da locomotiva, cada vez mais alta, afetando a vizinhança e, principalmente, os pacientes internados no Hospital Manoel Gonçalves.

Em reunião na quarta-feira, 06, no Edifício CDE, o analista de Comunicação e Relações Institucionais da VLI, Marcelo Quintino, apontou que o contrato da concessão da empresa termina em 2026. Mas, há uma proposta de repactuação e devolução de alguns trechos, para que haja viabilidade financeira através das multas geradas pelo processo. Esses recursos deverão ser utilizados para realizar obras como esta do contorno ferroviário de Itaúna, que tem orçamento previsto, com data de janeiro de 2016, na ordem de R$ 190.604.147,89.

“Nestes momentos, percebemos claramente a necessidade de união da classe política e da população itaunense. Temos que escolher um candidato com reais possibilidades de eleição, para temos um deputado estadual e um federal e, com isso, elevar o prestígio político de nossa cidade com os governos”, aponta Maurício Nazaré.

Transtornos

Além do incômodo à população, a passagem do trem na região central da cidade deixa o trânsito ainda mais complicado, afetando a rotina de muitas pessoas, que chegam atrasadas ao trabalho e à escola, ou perdem ônibus enquanto aguardam para conseguir atravessar os trilhos. Atualmente, os comboios chegam a passar até quatro vezes só no período da manhã, em alguns dias. Em 2017, houve pelo menos quatro ocasiões em que a locomotiva ficou parada por mais de 30 minutos, impedindo a circulação de pedestres e motoristas.

Promessa antiga e feita durante a campanha de Eugênio Pinto pelo primeiro mandato na Prefeitura, a transposição da linha férrea não “vingou”. E tornou o ex-prefeito o principal alvo de uma investigação da Polícia Federal sobre desvios de recursos destinados pela União à obra. Em 2013, a instituição denunciou um esquema de fraude em licitações direcionadas à realização do empreendimento em Itaúna. O golpe pode ter resultado num rombo de quase R$ 2,4 milhões. Ao todo, 73 pessoas foram ouvidas e 33 delas indiciadas. Entre os denunciados, secretários municipais e servidores ocupantes de outros cargos de menor escalão, à época, empresários e funcionários do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes – DNIT, além de Eugênio.

 A Polícia Federal gastou três anos de apurações e as conclusões estão num relatório de cerca sete mil páginas. A investigação foi deflagrada em 2010 e confirmou irregularidades praticadas pela administração petista ao contratar empresa para elaboração do projeto de remoção dos trilhos. Ao constatar as acusações, o delegado Benício Cabral, entregou o inquérito ao Ministério Público Federal. O ex-chefe do Executivo foi acusado de seis crimes, entre os quais, autorizar dispensa de licitação para contratação de consultoria, prorrogar e alterar contratos de maneira ilegal e prestar contas com atraso ou com informações insuficientes à Controladoria Geral da União – CGU.

]]>
webmaster@jornalspasso.com.br (Super User) Geral Mon, 18 Jun 2018 13:57:05 -0300
Veículos com finais de placas de 1 a 5 devem ser regularizados http://www.jornalspasso.com.br/noticias/geral/item/4106-veiculos-com-finais-de-placas-de-1-a-5-devem-ser-regularizados http://www.jornalspasso.com.br/noticias/geral/item/4106-veiculos-com-finais-de-placas-de-1-a-5-devem-ser-regularizados

Proprietários de veículos automotores com placas com finais de 1 a 5, que ainda não pagaram o IPVA, Seguro Obrigatório, Taxa de Licenciamento e multas, deste ano ou de exercícios anteriores, têm poucos dias para regularizar a situação. O prazo vai até 30 de junho e, a partir de 1º de julho, o condutor flagrado pelas autoridades sem a documentação exigida será acusado de infração gravíssima, que gera multa de R$ 293,47, além de sete pontos na Carteira de Habilitação, conforme previsto no Código de Trânsito Brasileiro.

Para alertar aos inadimplentes, a Secretaria de Estado da Fazenda – SEF - começou a enviar, nesta semana, mensagem de texto via telefone celular (SMS). Na página eletrônica do Departamento de Trânsito de Minas Gerais – Detran/ MG - é possível consultar todas as pendências.

Os contribuintes podem fazer o pagamento diretamente nos terminais de autoatendimento ou nos guichês dos bancos credenciados. Basta informar o número do Renavam. A emissão da guia de arrecadação pode ser feita pela página da SEF na internet e na repartição fazendária. Os juros e multas pelo atraso serão calculados automaticamente. Os agentes arrecadadores são o Banco do Brasil (Mais BB e Banco Postal), Bradesco, Sicoob, Mercantil do Brasil, Santander, Caixa Econômica Federal e Casas Lotéricas.

Para as placas de finais 6, 7, 8, 9 e 0, o prazo para obtenção do Certificado de Registro de Licenciamento de Veículo – CRLV - de 2018 termina em 31 de julho. A partir de 1º de agosto, os motoristas que não portarem o documento regularizado estarão sujeitos às penalidades impostas pela legislação de trânsito.

]]>
webmaster@jornalspasso.com.br (Super User) Geral Mon, 18 Jun 2018 13:43:42 -0300
Crasi precisa de doações de fraldas geriátricas para os idosos http://www.jornalspasso.com.br/noticias/geral/item/4099-crasi-precisa-de-doacoes-de-fraldas-geriatricas-para-os-idosos http://www.jornalspasso.com.br/noticias/geral/item/4099-crasi-precisa-de-doacoes-de-fraldas-geriatricas-para-os-idosos Crasi precisa de doações de fraldas geriátricas para os idosos

As instituições filantrópicas, Organizações Não-Governamentais – ONGs -, e movimentos sociais são hoje instrumentos fundamentais para o desenvolvimento da sociedade. Nos setores onde o Estado não cumpre as obrigações com a população, são esses grupos os responsáveis por levar atendimento e melhor qualidade de vida a quem precisa.

Quase sempre os trabalhos dependem de doações e de recursos angariados em eventos beneficentes, como é o caso do Centro de Recuperação e Assistência Social Integrada – Crasi. A receita da entidade, incluindo os repasses públicos, não é suficiente para todas as despesas mensais, deixando-a dependente da contribuição da comunidade para manter serviços prestados aos idosos acolhidos, garantindo a eles um lar e tratamento dignos.

Esta semana a equipe responsável pela coluna “QUER AJUDAR?”, criada pelo JORNAL S’PASSO com o objetivo de divulgar as organizações e projetos sérios da cidade, que precisam de donativos para sobreviver, retornou ao Crasi para levantar quais as atuais necessidades da instituição e como as pessoas podem colaborar.

De acordo com a assistente social do Crasi, Silvana Ferreira, o estoque de fraldas geriátricas, principalmente nos tamanhos G e GG, está quase zerado, sendo abastecido apenas por familiares de internos. A entidade também precisa sempre de leite. “São os dois itens mais usados. As campanhas para arrecadação são necessárias durante todo o ano”, explicou.

O Crasi possui capacidade para acolher 50 idosos, número de pessoas que vivem na casa hoje. Quem puder contribuir, basta entrar em contato pelo telefone 3241-9664 ou ir até à sede, localizada na rua Prefeito Antônio Dornas de Lima, 157, Jadir Marinho. A instituição recebe doações em dinheiro, na Caixa Econômica Federal, por meio da conta 2034-5, agência 0124, operação 003.

Bazar beneficente interrompido

Uma das fontes de renda do Crasi era o bazar beneficente, realizado na sede da entidade. Porém, em obediência a uma determinação do Corpo de Bombeiros, a iniciativa teve que ser suspensa. A instituição acabou repassando as doações de roupas para que outras organizações pudessem vender as peças em bazares. E busca agora um espaço, sem custos, para tentar retomar a comercialização dos itens recebidos.

Histórico de dedicação

Em 1985, Gedeon de Oliveira Antunes, teólogo e professor de Direito, que, até então, atuava em Brasília, recebeu o convite do concunhado, Ulisses Gonçalves Lança, para apoiar a fundação do ministério, que deu origem à Igreja Batista Central. Para garantir estabilidade financeira na cidade, começou a lecionar Sociologia, na Universidade de Itaúna e, com uma posição já importante como liderança religiosa, foi acionado para ajudar a abrigar um idoso carente. Diante disso, ele procurou a única instituição com essa finalidade existente no município, na época, mas, não havia vaga e foi aí que o pastor Gedeon percebeu que era preciso mais uma casa de acolhimento ao idoso em Itaúna.

Assim nasceu o Centro de Recuperação e Assistência Social Integrada – Crasi. Com o registro do estatuto, os voluntários deram início aos trabalhos junto às famílias mais necessitadas, levando alimentos e auxílio espiritual aos lares, principalmente na periferia, por mais de um ano.

Em 1987, a ideia foi divulgada aos frequentadores da igreja e amigos, que se uniram para garantir o aluguel de um imóvel, destinado ao acolhimento dos idosos. Doações de itens como cadeiras, camas, roupas, entre outros, viabilizaram a concretização da entidade, que tempos depois, recebeu título de utilidade pública e ampliou as atividades.

A mudança para o prédio de uma escola desativada, localizada no Jadir Marinho e cedida pela Prefeitura, consolidou ainda mais a instituição, que após obras, passou a atuar em sede própria, construída e equipada com apoio da Universidade de Itaúna, de empresários e outros membros da sociedade, no mesmo bairro. O imóvel amplo, conta com escritório, refeitório, cozinha, salas de fisioterapia e televisão, além de capela, posto de enfermagem, cozinha e lavanderia, todos esses espaços adequados para atendimento às necessidades dos internos.

]]>
webmaster@jornalspasso.com.br (Super User) Geral Mon, 18 Jun 2018 12:57:11 -0300
Procurador do Município diz que homologação do concurso depende do Tribunal de Contas http://www.jornalspasso.com.br/noticias/geral/item/4098-procurador-do-municipio-diz-que-homologacao-do-concurso-depende-do-tribunal-de-contas http://www.jornalspasso.com.br/noticias/geral/item/4098-procurador-do-municipio-diz-que-homologacao-do-concurso-depende-do-tribunal-de-contas

O procurador-geral do Município, Jardel Carlos Araújo, compareceu à Câmara nesta semana para, durante a sessão ordinária dos vereadores, prestar esclarecimentos sobre o concurso público, realizado pela Prefeitura em 2016, já no fim do mandato de Osmando Pereira da Silva. O certame foi alvo de muitas denúncias de supostas irregularidades e teve o edital retificado várias vezes devido a erros e vícios. Acompanhado do secretário de Administração, Dalton Nogueira, o advogado falou sobre os trâmites aos parlamentares e a pessoas aprovadas no processo e que cobram da administração um posicionamento em relação ao preenchimento das vagas.

O primeiro questionamento respondido por Jardel Araújo foi sobre a data de homologação. No entanto, não há previsão para esse ato, que, de acordo com ele, depende agora da anuência do Tribunal de Contas de Minas Gerais - TCEMG -, em relação às explicações prestadas esta semana ao órgão. O procurador disse que o prazo de validade do certame não está em curso e só voltará a essa condição a partir do momento em que o mesmo for homologado. Sobre cargos previstos para o Pronto Socorro, garantiu que não haverá prejuízos aos que conseguiram aprovação.

A respeito da possibilidade de alteração no número de vagas destinadas a alguns setores, Jardel também disse que é uma questão administrativa e que certamente a medida será adotada, em caso de necessidade e motivação. Ações referentes ao concurso ainda de 2011 também foram apontadas entre as dificuldades para sanar o problema do certame de 2016. “O que a gente pede é um pouco de paciência”, encerrou.

]]>
webmaster@jornalspasso.com.br (Super User) Geral Mon, 18 Jun 2018 12:54:06 -0300
Tribunal de Justiça marca licitação do novo Fórum da Comarca de Itaúna para julho http://www.jornalspasso.com.br/noticias/geral/item/4094-tribunal-de-justica-marca-licitacao-do-novo-forum-da-comarca-de-itauna-para-julho http://www.jornalspasso.com.br/noticias/geral/item/4094-tribunal-de-justica-marca-licitacao-do-novo-forum-da-comarca-de-itauna-para-julho Tribunal de Justiça marca licitação do novo Fórum da Comarca de Itaúna para julho

O Tribunal de Justiça de Minas Gerais - TJMG - publicou, nesta semana, a data do processo licitatório para a contratação da empresa que ficará responsável pela construção do Fórum da Comarca de Itaúna. A entrega da documentação pelas empreiteiras interessadas em executar as obras foi marcada para 16 de julho, com abertura dos envelopes prevista para o dia seguinte, 17, às 09 horas.

O novo Fórum é uma promessa antiga feita pelo Estado e motivou, nos últimos anos, intensa mobilização das autoridades locais. Depois de muitas articulações, o empreendimento começa a ser transformado em realidade com o anúncio do certame, que contempla ainda, nesta etapa, Itajubá e Três Corações, além da vizinha cidade de Pará de Minas. O plano de investimentos tem a proposta de tornar mais modernas, funcionais, acessíveis e sustentáveis as instalações do Poder Judiciário.

No caso de Itaúna, o projeto selecionado, já aprovado pela Secretaria Municipal de Regulação Urbana, tem capacidade para abrigar nove varas, numa área construída de 7.050 metros quadrados. Conforme os cálculos apresentados, o empreendimento custará aproximadamente R$ 32 milhões. O prazo estabelecido para a entrega é de 720 dias.

Os recursos para as obras são oriundos do Fundo Especial do Poder Judiciário. Para abreviação dos fluxos, o Tribunal adota “arquitetura padrão” de edificação e dá prioridade para localidades com terrenos já cedidos. Segundo o órgão, os sistemas utilizados permitem maior flexibilidade de uso e elevada durabilidade geral, além da acessibilidade garantida a cadeirantes e pessoas com mobilidade reduzida.

O lote destinado pelo Município ao Fórum tem 6.374,31 m². O imóvel está localizado no fim da avenida Jove Soares, na região do bairro Pio XII, e próximo ao futuro Centro Administrativo de Itaúna. A construção da sede da Prefeitura, iniciada e deixada inacabada por Osmando Pereira da Silva, está atrasada devido à necessidade de conclusão de vários processos que não foram realizados no governo passado.

]]>
webmaster@jornalspasso.com.br (Super User) Geral Mon, 18 Jun 2018 12:43:45 -0300
Saae anuncia que vai entregar varrição das ruas e praças da cidade para a Prefeitura http://www.jornalspasso.com.br/noticias/geral/item/4093-saae-anuncia-que-vai-entregar-varricao-das-ruas-e-pracas-da-cidade-para-a-prefeitura http://www.jornalspasso.com.br/noticias/geral/item/4093-saae-anuncia-que-vai-entregar-varricao-das-ruas-e-pracas-da-cidade-para-a-prefeitura Saae anuncia que vai entregar varrição das ruas e praças da cidade para a Prefeitura

A Prefeitura de Itaúna vai reassumir a varrição de ruas e praças. Foi o que informou nesta quarta-feira, 13, o Serviço Autônomo de Água e Esgoto - Saae - em comunicado oficial. A entrega dessa atribuição, a cargo da autarquia desde a vigência da Lei Complementar n.º 99, de 2014, resulta na suspensão da cobrança do tributo para manutenção da atividade, atualmente vinculada à Taxa de Coleta e Remoção de Resíduos Sólidos Urbanos, a conhecida “Taxa do Lixo”, instituída no governo do ex-prefeito Osmando Pereira.

A transferência de responsabilidade sobre o serviço de varrição ainda não possui respaldo financeiro. O Saae alega complexidade para fazer os ajustes orçamentários e aplicar a medida. O Serviço Autônomo de Água e Esgoto também informou que não há cargos de “Coletores de Lixo II” na estrutura organizacional do Executivo para permitir a contratação de mão-de-obra.

Varrição terceirizada

O Município estuda a terceirização do serviço de varrição, o que implicaria na contratação de empresa especializada para fazer a gestão da atividade. O processo, ainda em fase de análise interna, é o caminho mais curto para a efetivação da medida, ainda que os custos sejam mais altos.

Esta semana, o prefeito Neider Moreira se posicionou a favor da intervenção da Prefeitura, que pode absorver as despesas da varrição. Entretanto, como informou o Saae, não existe embasamento legal para que o Município possa transferir recursos para a autarquia. A Lei Complementar n.º 99 admite a possibilidade de repasse apenas na insuficiência de arrecadação da “Taxa do Lixo”, o que não é a realidade atual.

Novo imposto

Os recursos que permitem a manutenção dos serviços de varrição são pagos mensalmente pelos contribuintes na conta do Saae e estão incluídos na “Taxa do Lixo”. O Ministério Público entende que a cobrança, vinculada à tarifa de água é ilegal, uma vez que viola as normas previstas no Código de Defesa do Consumidor e já solicitou a extinção do tributo que incide sobre os serviços de varrição. Atualmente, os serviços custeados com a Taxa de Lixo incluem a Manutenção do Aterro Sanitário, Manutenção do Aterro Controlado, Coleta de Resíduos Secos, Coleta de Resíduos Molhados e o referido Serviço de Varrição.

Ademais, pela natureza essencial do serviço, cuja prestação não pode ser interrompida, a cobrança de taxa, vinculada à tarifa de água evidencia o risco de interrupção da atividade, caso o consumidor não efetue o pagamento integral da fatura. Há de se observar ainda que o tributo na mesma nota fiscal de consumo dos recursos hídricos é permitido somente mediante prévia anuência e, desde que os valores sejam individualizados, com códigos de barras específicos, permitindo o pagamento parcial.

O equívoco na maneira de instituir a “Taxa do Lixo” em 2014 obriga agora, quatro anos depois, o Município a reestudar o impacto financeiro para garantir recursos necessários ao custeio da varrição na Prefeitura. Antes, o serviço era pago a partir da arrecadação do Imposto Predial e Territorial Urbano - IPTU -, medida que deve vigorar a partir de 2019 para suportar os gastos com a atividade. Caso isso seja concretizado, o imposto pode ficar mais caro já no próximo ano.

Ministério Público atuante contra a “Taxa do Lixo”

O Ministério Público recomendou este mês a suspensão da cobrança da Taxa de Coleta e Remoção de Resíduos Sólidos Urbanos em Uberlândia, pela concessionária do serviço de água e esgoto. A Promotoria exigiu a medida após o Município autorizar a mudança na forma de recolhimento do tributo para manutenção dos serviços, antes fixada no boleto do IPTU, agora vinculada à tarifa pelo uso dos recursos hídricos.

A Promotoria justifica a decisão em defesa do cidadão. Conforme a recomendação, o critério de uniformidade da cobrança da “Taxa do Lixo”, por metro quadrado, é injusto no que diz respeito à tarifa de coleta, pois nestas circunstâncias deveria ser avaliada a potencial contribuição do usuário na produção dos resíduos. Situação semelhante à Itaúna, onde o valor é fixado de acordo com a área do imóvel.

Ainda segundo o Ministério Público, a diferença de valores anteriores praticados quando o tributo era cobrado junto ao IPTU, com o boleto independente não foi corretamente justificado pela Prefeitura de Uberlândia.

]]>
webmaster@jornalspasso.com.br (Super User) Geral Mon, 18 Jun 2018 12:35:33 -0300
Diocese vai entregar reforma e ampliação do Seminário São José em 23 de julho http://www.jornalspasso.com.br/noticias/geral/item/4091-diocese-vai-entregar-reforma-e-ampliacao-do-seminario-sao-jose-em-23-de-julho http://www.jornalspasso.com.br/noticias/geral/item/4091-diocese-vai-entregar-reforma-e-ampliacao-do-seminario-sao-jose-em-23-de-julho

Depois de uma intensa campanha para arrecadação de fundos, a Diocese de Divinópolis, da qual fazem parte as paróquias de Itaúna, conseguiu concluir as obras de reforma e ampliação do Seminário Maior de Teologia e Filosofia São José, localizado em Belo Horizonte.

A solenidade de inauguração foi marcada para 23 de julho. Párocos, vigários e administradores paroquiais são convidados para, a partir dessa data, organizarem visitas à unidade, onde, após conhecerem as instalações, os religiosos participarão de celebrações eucarísticas especiais, em agradecimento pela conquista.

A execução do projeto teve início em janeiro de 2017. Desde o ano anterior, a casa não comportava mais os seminaristas.

Para garantir as condições adequadas de alojamento aos futuros padres, a mobilização junto aos fiéis continua, com pedido de uma ajuda mensal de R$ 20, durante 12 meses. O formulário e mais informações estão disponíveis em www.diocesedivinopolis.org.br. O telefone é o 37 3221 – 3066.

]]>
webmaster@jornalspasso.com.br (Super User) Geral Mon, 18 Jun 2018 12:30:59 -0300
Casa de Caridade promove bazar http://www.jornalspasso.com.br/noticias/geral/item/4086-casa-de-caridade-promove-bazar http://www.jornalspasso.com.br/noticias/geral/item/4086-casa-de-caridade-promove-bazar

Começou nesta quinta-feira, 07, o 3º Bazar do Hospital Manoel Gonçalves. A ação beneficente é organizada pelo Grupo de Trabalho Humanizado, formado por funcionários que doam parte do tempo livre, com o objetivo de ajudar a instituição em projetos para arrecadação de fundos para melhorias internas.

As vendas são realizadas na rua Antônio de Matos, 120, de segunda a sexta-feira, das 09 às 18 horas, e aos sábados até 13 horas. Estão disponíveis roupas femininas, masculinas e infantis, sapatos, acessórios e utilidades domésticas, entre outros itens.

Interessados em colaborar com doações podem entregá-las no Centro Administrativo do Hospital ou no local do bazar. É possível também solicitar o recolhimento em casa, por meio do telefone 3249-5348.

]]>
webmaster@jornalspasso.com.br (Super User) Geral Mon, 11 Jun 2018 16:01:07 -0300
Rotary doa computador para o Projeto Aquarela http://www.jornalspasso.com.br/noticias/geral/item/4085-rotary-doa-computador-para-o-projeto-aquarela http://www.jornalspasso.com.br/noticias/geral/item/4085-rotary-doa-computador-para-o-projeto-aquarela Rotary doa computador para o Projeto Aquarela

O Projeto Aquarela, importante iniciativa mantida pelas Obras Sociais da Paróquia de Sant´Ana no Alto do Rosário, acaba de receber um computador do Rotary de Itaúna Cidade Educativa. O equipamento será utilizado nas aulas de informática oferecidas às crianças e adolescentes, dentro do programa que viabiliza oportunidades de aprendizado e contribui para afastar os menores dos riscos das ruas.

O clube de serviços realizará amanhã, 10, uma Ação Rotária na comunidade. Das 09h às 12 horas, voluntários estarão na sede do Projeto Aquarela e os participantes poderão cortar cabelo, medir glicose e pressão, além de receber orientações financeiras. Haverá distribuição de guloseimas para as crianças.

]]>
webmaster@jornalspasso.com.br (Super User) Geral Mon, 11 Jun 2018 15:19:22 -0300
Religiosos e instituições assistenciais se unem em campanhas para arrecadação de agasalhos http://www.jornalspasso.com.br/noticias/geral/item/4082-religiosos-e-instituicoes-assistenciais-se-unem-em-campanhas-para-arrecadacao-de-agasalhos http://www.jornalspasso.com.br/noticias/geral/item/4082-religiosos-e-instituicoes-assistenciais-se-unem-em-campanhas-para-arrecadacao-de-agasalhos

A solidariedade dá o tom de diversas campanhas em andamento na cidade para arrecadação de agasalhos destinados a famílias inteiras que não têm condições para se aquecer neste inverno. As temperaturas estão baixas e a tendência é de que caiam ainda mais nos próximos dias, com a chegada da estação mais fria do ano. Com isso, muitos grupos religiosos, instituições assistenciais e entidades de classe estão unidos em torno do objetivo de colaborar com essas pessoas. A mobilização visa angariar blusas, casacos, cobertores, entre outros itens, para distribuição nas comunidades carentes. Doar uma peça de roupa usada em bom estado pode ajudar a mudar a vida de muita gente nesta época.

Como colaborar

• Grupo Espírita Francisco de Assis - Gefa: Rua Bonfim, 109 - Bairro das Graças | Coletas às terças-feiras e domingos, a partir das 19h.

• Parceria TV Alterosa/Rotary/Polícia Militar: Rua Maria Lima Coutinho, 188 - Bairro das Graças | Coletas somente em dias úteis, das 09 às 17h.

• Tri Runners: Rua Jove Soares (Estacionamento Anglo, ao lado da Localiza) | Coletas às quartas-feiras, a partir das 19h15.

]]>
webmaster@jornalspasso.com.br (Super User) Geral Mon, 11 Jun 2018 14:57:26 -0300