Quinta, 24 Agosto 2017

Crime ambiental na avenida São João

Publicado em Policial Segunda, 12 Junho 2017 11:13
Avalie este item
(0 votos)

 

 

 

Na véspera do Dia Mundial do Meio Ambiente, celebrado na segunda-feira, 05 de junho, moradores da avenida São João, na altura da rua Parreiras, bairro de Lourdes, foram surpreendidos com as chamas que consumiam um ipê rosa plantado à margem direita do rio. A árvore estava majestosa e se destacava no cenário, mas foi completamente destruída, num ato de vandalismo e desrespeito com a natureza. 

Procurada pela reportagem, a gerente municipal de Proteção ao Meio Ambiente, Aline Moura, explicou que  o crescimento da espécie é lento nas vias públicas impermeabilizadas, demorando anos para chegar a uma altura média de oito metros. 

A lei 9.605, de 12 de fevereiro de 1998, prevê que “destruir, danificar, lesar ou maltratar, por qualquer modo ou meio, plantas de ornamentação ou em propriedade privada alheia” pode culminar em: detenção de três meses a um ano, ou multa, ou ambas cumulativamente. E de acordo com artigo 250 do Código Penal, queimada é crime.

 

 

 

Deixe um comentário

FACEBOOK

NOTÍCIAS

asdadasd