Terça, 21 Novembro 2017

Polícia prende quatro homens acusados de roubo, receptação de pneus e associação criminosa

Publicado em Policial Terça, 17 Outubro 2017 13:13
Avalie este item
(0 votos)

 

 

Quatro pessoas foram detidas na segunda-feira, 09, suspeitas de associação criminosa. Os elementos são acusados de envolvimento em um esquema de receptação e venda de materiais furtados. A Polícia Civil de Itaúna identificou os indivíduos, ao longo de investigações sobre roubo em um estabelecimento comercial da cidade. E, em seguida, deflagrou a operação para localizar e prender os acusados. 

De acordo com o delegado Diego Almeida Lopes Mendonça, as apurações tiveram início há cerca de duas semanas, após denúncias do proprietário da loja.  O primeiro a ser preso foi Plínio Marcus da Silva Andrade, de 39 anos. 

“Ele subia em um imóvel ao lado e literalmente pescava pneus. Na noite em que foi flagrado, o dono já estava à espera e acionou a Polícia Militar. Na Delegacia, Plínio confessou os furtos em outras ocasiões e disse que os itens eram passados para um traficante, em troca de drogas. Com isso, iniciamos o trabalho para prender o segundo suspeito, que nos levou a mais dois envolvidos”, explicou Diego. 

Ainda de acordo com o delegado, outro acusado é Josimar Santos Batista, 32. Para chegar até ele e prendê-lo, os investigadores acompanharam o processo de repasse do material furtado por Plínio. O dependente químico trocou dois pneus, que valem cerca de R$ 600, por duas pedras de crack, que custam cada uma aproximadamente R$ 5. “Plínio praticava os crimes a mando de Josimar, conhecido como o Maroca, que por sua vez revendia a mercadoria para um comerciante de Carmo do Cajuru”, relatou Diego. Josimar foi preso em casa, também em flagrante delito, por tráfico de entorpecentes. 

Ele confirmou ter vendido grande parte dos produtos ao empresário Vander Nogueira dos Santos, 49, proprietário de uma borracharia em Carmo do Cajuru. A equipe policial fez diligências na cidade vizinha e encontrou 15 pneus subtraídos em Itaúna e outros 15 novos, dos quais não tinham notas fiscais.  

Em prosseguimento às investigações, ainda foi localizado Antônio Rabelo, 40, em cuja residência a Polícia Civil encontrou outros quatro pneus, também revendidos por Josimar. Já durante as buscas na casa da mãe de “Maroca”, os agentes encontraram, no automóvel da irmã do investigado, mais quatro, roubados em Itaúna, identificando ainda, que o carro era utilizado por Josimar. 

Conforme informações levantadas pela Polícia Civil, “Maroca” possui passagens por tráfico, homicídio e uso de documento falso. Plínio, por sua vez, já tem registros por roubo; e Antônio Rabelo de Morais, 40, por dirigir veículo automotor sem permissão. Vander é conhecido no meio policial pela prática de lesão corporal.

Plínio foi preso em flagrante delito por furto qualificado pelo rompimento de obstáculo e destreza; Josimar por tráfico de drogas e receptação, sendo esse último crime imputado também a Antônio e Vander. Antônio pagou fiança de R$ 1 mil, sendo liberado. Vander poderá responder pela modalidade qualificada da prática do crime em atividade comercial. Além disso, todos eles também serão processados por associação criminosa. Ao fim da operação a Polícia Civil conseguiu devolver 21 pneus para o comerciante de Itaúna. 

 

 

 

Deixe um comentário

FACEBOOK

NOTÍCIAS

asdadasd