Sábado, 18 Agosto 2018

A Associação de Voluntários no Apoio ao Combate ao Câncer em Itaúna – Avacci -, que atua há 17 anos na cidade e região, realizará, na próxima sexta-feira, 17, um baile beneficente. A festa será no Buffet Isaura Araújo, a partir das 21 horas. Entre as atrações, os músicos Ratinho, Deisy Carvalho, Elton Lima, Lucas Regal, Jonas Castanheira, Alysson Magrão, Ralfe de Souza, Vinícius de Paula e Júlio César, com repertório de clássicos do rock e baladas dos anos 60, 70 e 80.

 Os ingressos individuais custam R$ 30 e as mesas, R$ 120. Toda a renda é destinada à manutenção das atividades da instituição filantrópica. Mais informações pelo telefone 3249 - 8100.

Doações que salvam vidas

A entidade sem fins lucrativos, conta com o apoio da sociedade para continuar a salvar vidas. A arrecadação em dinheiro é importante, pois, os valores recebidos são direcionados aos pagamentos dos profissionais envolvidos na causa e também garantem exames mais complexos para pacientes que não têm condições de arcar com os custos do tratamento. Mas, além disso, a instituição necessita com frequência de fraldas, leite e outros gêneros alimentícios, para encaminhar às famílias dos portadores de câncer mais carentes.

A Avacci funciona nas dependências da Policlínica Doutor Ovídio Nogueira Machado, que fica na avenida Manoel da Custódia, 1.111, no bairro São Geraldo. Os interessados em colaborar de alguma forma podem visitar o local ou entrar em contato pelo telefone 3249-8100. É possível fazer doações por meio da conta do Serviço Autônomo de Água e Esgoto – Saae –, depósitos na Caixa Econômica Federal (Agência: 0124, operação 003, conta corrente 234-7) ou Siccob (Agência: 4101, conta corrente: 7107001-0). Para conhecer melhor o trabalho, visite o site www.avacci.org.br.

 

 Comunidade espera construção de posto de saúde que comporte os atendimentos ao grande número de usuários

O presidente do Conselho Comunitário do Parque Jardim, Maurício de Jesus Barcelos, garantiu, em conversa com a reportagem, nesta semana, que as reivindicações de melhorias para o bairro veem sendo atendidas pela Prefeitura. Ele afirmou que tem mantido um diálogo aberto com a administração municipal, que, por sua vez, está firmando os compromissos com a população local. Além da pavimentação, que está a caminho, os moradores esperam agora conseguir, junto ao poder público, a construção de um imóvel em condições adequadas para abrigar o programa de Estratégia de Saúde da Família - ESF.

 “Melhorou bastante. Agora, aguardamos o cumprimento de mais uma promessa, que é o asfaltamento. Tive uma reunião com o prefeito Neider Moreira ontem [quarta-feira, 08], e ele disse que as obras estão sendo realizadas na avenida Faria Tavares. Eu até já havia pedido, porque tem umas ruas nossas que estão precisando mesmo. Existe também o projeto para a edificação do posto e se eu conseguir isso neste mandato, já ficarei muito satisfeito”, comentou.

Segundo Maurício Barcelos, a equipe de ESF do Parque Jardim está em situação precária e atende mais de dez mil pessoas. Foi feito um levantamento em busca de um imóvel que comportasse a demanda da região, mas nenhum dos locais pesquisados se enquadrava nas exigências legais.

 “A casa atual está em más condições e lá são assistidos usuários do Parque Jardim, São Bento, do São Bento II, Vale das Aroeiras e do Residencial. Então, não comporta. Eu falei isso para o Neider, pois, nós precisamos dessa mudança o mais rápido possível. E não é possível alugar nada por aqui em conformidade com as normas estabelecidas. Temos que trabalhar em cima disso. O terreno já saiu, agora é lutar para conseguir verba e executar”, afirmou.

O Conselho Comunitário também busca junto ao Executivo a construção de uma nova capela para velórios. “A maior parte dos falecidos é sepultada no cemitério do Parque Jardim. Então, as benfeitorias reivindicadas são essenciais. Não há sequer uma sala para as famílias tomarem um café, acomodar parentes e amigos que veem de longe”, argumentou.

Segurança e limpeza

Na última vez que a equipe do S’PASSO BAIRRO A BAIRRO esteve no Parque Jardim, moradores reclamaram da falta de segurança e do mato alto em alguns locais, inclusive no cemitério. No entanto, segundo Maurício Barcelos, a maioria desses problemas está solucionada.

 “Trabalhamos muito e fomos atendidos. A população tinha medo de passar na beira da linha, por exemplo, agora está tudo limpinho. O cemitério, depois das cobranças, recebeu manutenção também. Podemos dizer que em relação a essas questões melhorou 80%. Nós fizemos aqui a ‘Rede de Vizinhos Protegidos’. Tínhamos na faixa de seis a oito assaltos em residências por semana, às vezes, em um dia, eram quatro na mesma rua. Hoje, existe essa integração, que é muito importante”, contou.

Espaços de lazer

 Também já foi alvo de reclamações de moradores, várias vezes, a falta de espaços de lazer no Parque Jardim. Para o presidente do Conselho Comunitário, não há condições de atendimento à reivindicação porque não existem lotes disponíveis.

 “É difícil, pois não contamos, por exemplo, com terreno para uma praça. A Prefeitura teria que comprar duas ou três casas e demolir, ou seja, inviável. O bairro não foi planejado para isso”, alegou.

Relacionamento com o governo

Maurício Barcelos destacou o diálogo entre os representantes da associação e o Executivo, que, segundo ele, está atendendo, na medida do possível, as demandas apresentadas pelo bairro.

 “Nós tínhamos um problema seríssimo com a rua Ouro Preto, devido ao mau cheiro. Passamos uns seis meses lutando para resolver. Os funcionários da Prefeitura vinham, quebravam, nós ficamos até aborrecidos com isso. Aí andaram notificando umas empresas que descartavam na rede produtos químicos. Aí, foi solucionado. Algumas pessoas já queriam até vender as suas casas. Nós não podemos reclamar da administração. Eu fiz uns pedidos para a rua Pará de Minas, porque quando chovia a água descia toda por lá, estava até danificando imóveis e muros. E trabalharam muito nisso. Trocaram as manilhas, fizeram boca de lobo, foi uma obra bastante interessante”, comentou.

O líder comunitário disse que uma solicitação ainda não atendida é referente às placas de identificação de ruas.

 "No Parque Jardim, é preciso perguntar para localizar uma rua, porque não sinalização direito. Essa reivindicação é antiga. Já fizemos várias reuniões com o gestor de trânsito e isso está parado, não temos resposta até agora”, concluiu.

Começou nesta sexta-feira, 03, o 21º Itaúna Moto Show. A programação vai até amanhã, 05, com várias atrações, no entorno da Praça Celi, no fim da avenida Jove Soares. No período, algumas vias adjacentes ficarão interditadas. O planejamento feito pela Gerência de Mobilidade Urbana abrange a interrupção do trânsito da rotatória entre a Lilia Antunes, próxima à unidade do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai), e o cruzamento com a Bolívia, até a pista de skate, além das ruas México e Canadá. O acesso aos bairros Morro do Sol e Pio XII poderá ser feito pela Ovídio Silva, no Nogueira Machado, e a Belo Horizonte.

Feirart

No sábado, 04, os motoristas devem ficar atentos também à interdição, das 07h às 17 horas, no trecho entre as ruas Aurélio Campos e Pedro Coutinho, no sentido bairro Morro do Sol. A medida tem o objetivo de viabilizar a estrutura para a realização da Feirart, que ocupa a Praça José Flávio de Carvalho, semanalmente, com as barracas para venda de hortifuti, gastronomia e apresentações culturais.

Foi oficializada a manutenção do adicional na conta de energia elétrica, que seguirá no patamar 2 da cor vermelha. Isso significa que, para cada 100 quilowatts-hora (kWh) consumidos, haverá uma cobrança extra de R$ 5 nas faturas. Agosto será o terceiro mês seguido com a bandeira tarifária mais elevada. A sobretaxa começou a ser aplicada em junho.

 A justificativa para a medida tem relação com “o prosseguimento das condições hidrológicas desfavoráveis e à redução no nível de armazenamento dos principais reservatórios do Sistema Interligado Nacional – SIN”.

Peixe Frito vence Copa Itaúna de Futsal

Segunda, 06 Agosto 2018 13:27

Com placar de 8 x 3 em cima do Werder Bremen, o Peixe Frito sagrou-se campeão da Copa Itaúna de Futsal Adulto 2018. A partida final foi disputada na noite de sexta-feira, 27, no Ginásio Poliesportivo Alexandre Corradi Machado e, com o resultado, a equipe, que ficou com o título também em 2017, garantiu o bicampeonato. Realizada pela Secretaria Municipal de Esportes e Lazer, a competição durou um mês e contou com 16 times. A Copa Itaúna de Futsal foi criada há cerca de quatro décadas e, somente a partir de meados de 2000 passou a ser organizada pela Prefeitura. O torneio voltou ao calendário oficial em 2016, após um hiato de nove anos.

 Homenagem

No intervalo da partida final da Copa Itaúna de Futsal, a Secretaria Municipal de Esportes e Lazer fez homenagem aos atletas da categoria Sub-10 do Jadir Marinho Futebol Clube. O time, composto por alunos de uma das escolinhas mantidas pela Prefeitura, saiu campeão, na quinta-feira, 26, do Torneio Internacional Dani Cup, em São José do Rio Preto, no interior de São Paulo. A competição reuniu 116 equipes, de dez estados brasileiros e de outros sete países.

Durante patrulhamento, nesta quinta-feira, 02, pela rua Manoel Gonçalves, já próximo à rodovia MG-431, policiais militares viram três indivíduos em atitude que consideraram suspeita. Um dos elementos estendeu a mão para repassar um embrulho, momento em que a equipe foi até ao local e fez buscas pessoais, encontrando, no bolso de um dos homens, dois pinos de cocaína e R$ 50.

Ele contou que tinha mais drogas em casa. A guarnição esteve na residência e apreendeu, no quarto, em uma gaveta no painel da televisão, R$ 490 e uma caderneta com anotações referentes ao tráfico de entorpecentes.

 No mesmo cômodo, havia outros 11 pinos, da mesma substância, uma sacola contendo invólucros vazios, uma peneira supostamente usada para refinar o tóxico e uma colher com resquícios do produto. O acusado foi preso em flagrante e a motocicleta que usava na atividade ilícita, levada para o pátio da Polícia Civil.

A máquina pública sustentou, nos últimos anos, dois dos principais meios de comunicação com os ex-presidentes do Partido da Social Democracia Brasileira – PSDB, em Itaúna. Certidão expedida pela Justiça Eleitoral e relatório no site da sigla, ambos disponíveis na internet, mostram que o telefone da Câmara e um endereço eletrônico institucional do Serviço Autônomo de Água e Esgoto – Saae - ficaram à disposição da agremiação política quando os dirigentes locais eram o vereador Alex Artur e o ex-diretor- -geral da autarquia, Marcos Vinício Ferreira.

As informações constam no último quadro de composição partidária do partido no município, disponível na página no Tribunal Superior Eleitoral – TSE -, na internet, e em psdb. org.br, com a seguinte mensagem: “O PSDB está em todo o Brasil. Veja abaixo o diretório mais perto de você”, comunicando o nome do presidente, o secretário-geral, endereço, CEP, além do e-mail do Marcos Vinício Ferreira, enquanto ocupava cargo de confiança no Saae, durante o governo do ex-prefeito Osmando Pereira da Silva, um dos fundadores do partido em Itaúna.

O telefone informado como do “ninho tucano” foi (37) 3249.2050, que é o do Legislativo, e o endereço eletrônico O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo..

Trabalho das equipes de Saúde, Infraestrutura e Regulação Urbana inclui campanha educativa, além de limpeza e pulverização nas áreas de incidência do carrapato-estrela, como no entorno da Lagoa do Boulevard

Três pessoas, uma jovem de 20 e dois homens com 54 e 60 anos, morreram em Itaúna, por complicações da Febre Maculosa. Os casos, notificados em junho, como suspeitos, foram confirmados esta semana, pela Secretaria Municipal de Saúde, após a entrega dos resultados dos exames, realizados em Belo Horizonte. A constatação da causa dos óbitos por meio dos laudos, liberados só agora, acendeu o alerta para a necessidade de reforço à prevenção e combate ao vetor da doença, que é o carrapato-estrela.

A administração anunciou medidas para evitar a disseminação da enfermidade, principalmente no período de estia gem, mais propício à proliferação do artrópode. De acordo com informações divulgadas pela Prefeitura, as secretarias de Saúde, Regulação Urbana e de Infraestrutura estão em campo, num trabalho dividido em três ações paralelas. Na primeira delas, com apoio da Gerência de Meio Ambiente, foi intensificada a limpeza e pulverização de carrapaticida em áreas de incidência.

 O serviço já foi executado ao redor do Ginásio Poliesportivo Hélio do Carmo Maciel, no bairro Itaunense. E, nesta sexta- -feira, 03, as equipes atuaram no entorno da lagoa que fica no fim da avenida Jove Soares, próximo ao Pio XII, onde há grande número de capivaras, animal que é o principal hospedeiro do aracnídeo.

 Também faz parte do cronograma uma campanha educativa, a partir da afixação de cartazes em pontos estratégicos e distribuição de panfletos para orientar a população e divulgação de informações na mídia. Outra medida, é a sinalização dos locais onde possivelmente existem focos, como praças e parques ecológicos.

As equipes da Atenção Primária, que atuam nas unidades de Estratégia de Saúde da Família – ESF -, assim como funcionários do Hospital Manoel Gonçalves, receberam as diretrizes, a partir de uma nota técnica, com as diretrizes para o atendimento aos pacientes que tenham sido picados e manejo daqueles com suspeita da doença. Os agentes comunitários também levarão as recomendações aos domicílios durante as visitas de rotina.

 A identificação do carrapato- -estrela está entre as estratégias. De acordo com a gerente de Vigilância em Saúde, Maria Izabel Faria Dâmaso, fiscais da Superintendência Regional estiveram na cidade para coletar amostras, enviadas à Fundação Ezequiel Dias – Funed. O Município ainda não recebeu o resultado dos testes.

Prevenção

 A prevenção é a única maneira de evitar a contaminação pela Febre Maculosa. Por isso, é importante redobrar os cuidados e evitar áreas de pastagem e matas. Quem frequenta esses lugares deve usar roupas claras, de preferência calças, blusas de mangas compridas e sapatos fechados. Também é recomendado o uso de repelente com icaridina. Em caso de contato com carrapatos e aparecimento de sintomas como dor de cabeça e no corpo, mal-estar e febre, é fundamental procurar a unidade de saúde mais próxima de casa, para as providências cabíveis.

Foi realizado na sexta-feira, 27, o terceiro e último encontro e mesa redonda para debate sobre as eleições deste ano. O movimento foi criado e liderado por Aristides Antônio de Aquino, mais conhecido como Tidoca, presidente da comissão provisória do PRCB. A iniciativa tem apoio do advogado Leonardo Lopes, que chegou a divulgar intenção de tentar uma cadeira na Câmara pelo - PRTB - e do Solidariedade, liderado na cidade por Marcos Paulo e Abel Severiano.

Participaram da reunião os pré-candidatos a deputado federal Marcílio de Assis (PPS), Gustavo Mitre (PSC), Rosse Andrade (PROS), Eugênio Pinto (PSDC), o próprio Leonardo Lopes e Alexandre Campos (MDB). O enfermeiro Gilberto Lima (PV ) justificou a ausência antecipadamente. Segundo os idealizadores, além de Eugênio, Rosse e Leonardo também desistiram do pleito.

Dos que pleiteiam uma chance para concorrer a uma vaga de estadual, compareceram Carlos Jota (PSC), Hélio Pinheiro (PTC), Gislene de Cássia (Avante), Isac Vieira (PRTB), Márcio Gonçalves Hakuna (PSL), Osmando Pereira (PSDB), Maurício Gonçalves Nazaré (PHS), e Aristides Ribeiro (PSDC), que também retirou o nome da disputa.

De acordo com o criador do movimento, o objetivo é equacionar e consequentemente diminuir, as pré-candidaturas, ampliando a possibilidade de Itaúna ter representatividade na Assembleia Legislativa de Minas Gerais - ALMG -, e em Brasília. Tidoca defende que a cidade não conseguiu elegeu representantes, nos últimos anos, devido à falta de consenso.

 Empresário do ramo de eventos apresenta propostas, enquanto aguarda abertura do prazo para registro

Em continuidade à série com os pré-candidatos da cidade a deputado estadual e federal, o JORNAL S’PASSO traz o posicionamento e propostas de Isac Vieira, do Partido Renovador Trabalhista Brasileiro – PRTB. As entrevistas são realizadas por ordem alfabética, sendo ouvido, a cada semana, um pretenso concorrente a uma vaga na Assembleia Legislativa de Minas Gerais – ALMG –, e um postulante a uma cadeira na Câmara.

Nesta edição, seriam entrevistados Hélio Pinheiro e Gustavo Mitre. Porém, o primeiro não foi localizado e o outro optou por não falar neste momento. A reportagem chegou a entrar em contato com o Partido Trabalhista Cristão – PTC –, ao qual Hélio é filiado, sendo informada que não é permitido passar o contato de membros. O JORNAL S’PASSO deixou telefone com o PTC, no entanto, até o fechamento desta matéria, a reportagem não foi procurada.

Já Gustavo Mitre alegou que aguardará a convenção partidária, quando terá uma confirmação sobre os caminhos de uma possível candidatura. Dando prosseguimento à lista de pré-candidatos, divulgada por movimentos políticos da cidade, tentamos contato com Leonardo Lopes, que anunciou a intenção de concorrer ao cargo de deputado federal, mas, não conseguiu falar em nenhum dos números disponibilizados. Depois, a redação recebeu comunicado sobre a desistência do advogado em disputar o pleito.

 Compromisso com a moralização

 Isac Vieira é empresário, tem 50 anos, nasceu em Pitangui, mas mora em Itaúna há três décadas e meia. Na política, já participou do processo eleitoral em campanhas, entre as quais, de Hidelbrando Canabrava, Francisco Ramalho, Osmando Pereira da Silva, Neider Moreira, Antônio de Miranda, Gustavo Mitre, Eugênio Pinto e Newton Cardoso. O pré-candidato está filiado ao PRTB desde abril de 2018. Da mesma forma que aos demais entrevistados, a primeira pergunta foi sobre os motivos que levaram Isac a colocar o nome como possível candidato à Assembleia Legislativa.

“Neste momento pelo qual o país está passando, com essa imoralidade na política, eu percebi que as pessoas que sempre ajudaram na política, que se importam com a política, começaram a ‘lavar as mãos’, a não querer mexer com isso mais. Eu vi uma necessidade muito grande de mais engajamento. Política é uma coisa séria. Não é porque os políticos que estão com mandato estão fazendo essa roubalheira no país, que devemos desistir dela. Eu também estou revoltado e estou entrando por isso. Se eu não tenho quem me represente, eu me propus a tentar resolver isso. Muitos amigos também falaram: ‘você nunca foi vereador ou prefeito, você trabalha em muitas cidades’. Então, eu acabei aceitando. Nós estamos em um grupo muito bacana, que entrou comigo. Não é um projeto pessoal, nós pretendemos ter um mandato participativo, principalmente em nossa cidade. Eu aceitei o desafio!”, disse Isac.

Durante o diálogo, o pré-candidato destacou que é importante que tanto candidatos quanto o eleitorado entendam o que cabe ao detentor de cada cadeira fazer.

“A primeira coisa que a pessoa precisa saber antes de se candidatar em qualquer tipo de pleito político, é o que é Executivo e o que é Legislativo. Eu ouvi muito pré-candidato a deputado fazendo campanhas para governador. Um deputado tem a função de fiscalizar o governo, propor emendas, fazer leis. Um deputado estadual hoje, eu acredito que deve ter R$ 1,7 milhão em emendas, por ano. As pessoas precisam saber primeiro o que é função de um deputado. Muitos se elegeram como vereador, por exemplo, e até hoje não descobriram qual que é a função do vereador. A mesma coisa é o caso de deputado”, opinou.

Sobre as propostas, caso seja eleito e venha a assumir uma cadeira na Assembleia Legislativa de Minas Gerais – ALMG –, Isac declarou que pretende trabalhar para auxiliar os executivos municipais e estadual na busca por soluções para os problemas existentes e também por alternativas que proporcionem a geração de empregos.

“Nós pretendemos ter um bom relacionamento com o Estado, com os municípios que possivelmente podem vir a nos ajudar. Além de ouvir as demandas de Itaúna, estamos viajando por toda Minas Gerais, ouvindo os mineiros, e nós precisamos de emprego. O mineiro precisa trabalhar, precisa ter dinheiro. Todo mundo já carrega a bandeira da educação e da saúde e isso não está funcionando porque o sistema está viciado, corrompido. Nós não vamos ser demagogos e ficar falando na educação. Se nós formos eleitos, vamos fazer bancada, propor ao governador ajuda para fazer funcionar o que já temos. Não precisamos criar coisas novas, temos que fazer o que existe funcionar. Nós temos dinheiro para saúde e educação, só que a coisa não está funcionado, não está bem gerenciada. Então, nós podemos ajudar vendo onde está o erro”, contou.

Ainda sobre o setor econômico, Isac falou sobre a possibilidade de parcerias entre as cidades da região.

 “Nova Serrana teve um PIB anual de mais de R$ 3 bilhões, uma cidade menor que Itaúna. Eu tive a oportunidade de conhecer Nova Serrana quando ainda tinha 15 mil habitantes e olha o tamanho que está hoje. Nós não temos dificuldade nenhuma, por ter bom relacionamento com o prefeito, com o presidente da Câmara e empresários de Nova Serrana, de trazer um gancho de lá para Itaúna. Temos muita mão de obra barata em Itaúna, porque tem muita gente desempregada. Nós pretendemos carregar essa bandeira, trabalho, trabalho e trabalho! Se tiver emprego, a pessoa paga, mesmo não concordando e não sendo justo, por educação, paga a consulta dela, gasolina... Agora, sem uma ocupação no mercado, não tem como nem ela se locomover. Primeiro nós precisamos dar condições para o nosso povo sobreviver e é isso que não está acontecendo. Ele não tem saúde, não tem educação e também não tem dinheiro para pagar por isso”, expôs.

Isac comentou ainda sobre a situação dos produtores rurais de Minas Gerais, o que também acaba gerando impacto na economia.

“O produtor rural, de porte pequeno, médio e grande, está saturado. O grande não está ganhando dinheiro porque o governo toma tudo em imposto. Nós também não temos como sobreviver sem os pequenos produtores rurais, só que eles não têm recurso nenhum, nem incentivo do governo do estado, do governo municipal, não tem nada. Quando chega na época de eleições, fazem alguma coisinha, mas fica nisso. Se eleito formos, teremos bom relacionamento para ajudar não só Itaúna, mas o Centro-Oeste mineiro”, afirmou.

Estratégia política

 Segundo Isac Vieira, para que a sigla a qual está filiado eleja um deputado estadual, são necessários entre 20 e 25 mil votos. E, para contornar a divisão dos eleitores, entre os muitos candidatos do município, a agremiação está trabalhando em cerca de 40 cidades. “Em Itaúna, todo mundo quer concorrer, então eu estou atuando fora. Nós queremos uma campanha tranquila, que não vai gastar muito dinheiro, pelo fato de eu já ter contato em vários outros municípios, por causa do meu trabalho ao longo dos anos”, explicou.

Ainda segundo ele, o PRTB tem como estratégia buscar pelo menos cinco vagas na ALMG, por meio do quociente partidário.

 “O partido conta com 116 candidatos, a maioria já foi testada nas urnas, nós temos média de 30 a 40 ex-prefeitos, vereadores com mandatos em Belo Horizonte, esses têm média de 15 a 20 mil votos. O único que não foi testado na urna dessa chapa fui eu. Se todos os 116 candidatos do PRTB tiverem seis mil votos, nós vamos ter uma média de 600/700 mil votos, o que faria cinco deputados, faria bancada. Se fizermos bancada, teremos uma facilidade muito grande, como apoiador político. Pretendemos manter bom relacionamento com o governador, com nossos colegas na Assembleia, então, teremos força e é isso que ajuda a nossa cidade, força política. Nós temos que ter relacionamento”, concluiu.

 Convenção partidária

 O PRTB confirmou o nome de Isac Vieira pela legenda como candidato a deputado estadual na convenção partidária, realizada no último domingo, 29, em Belo Horizonte. Agora, é preciso aguardar o prazo de abertura para registro oficial da candidatura, após o encerramento do período estabelecido para os encontros das agremiações. O PRTB definiu que 116 candidatos vão disputar uma cadeira na Assembleia e 80 uma vaga na Câmara.

FACEBOOK

NOTÍCIAS

asdadasd