Domingo, 24 Junho 2018

Faltam apenas quatro meses para a festa mais popular do país, o Carnaval. E para a realização do evento em Itaúna, a Secretaria Municipal de Educação e Cultura já deu início aos preparativos, com o cadastramento dos blocos que pretendem desfilar pela avenida Jove Soares. A antecipação da organização visa, de acordo com os gestores da pasta, garantir mais segurança e diversão aos foliões. 

Os responsáveis pelas agremiações devem comparecer no Espaço Cultural entre os dias 26 de outubro e 18 de novembro, das 08h às 11h e das 13h às 17 horas. Para o cadastro é necessário apresentar cópia da Carteira de Identidade e do CPF, além de comprovante de endereço do representante legal. Já ficou definido que cada bloco poderá ter no mínimo 200 pessoas e está proibido enviar documentos via Correios, fax, correio eletrônico ou quaisquer outros meios semelhantes. Não serão aceitas inscrições fora do prazo. 

Fundação Frederico Ozanan promove o festival “Ação entre Amigos”

Uma grande festa beneficente é organizada pela Fundação Frederico Ozanan, mantenedora do asilo, para o dia 27 de novembro, no Portal, a partir das 19 horas. A confraternização terá barraquinhas de comidas típicas, música e sorteio de uma motocicleta Traxx, modelo Moby 50 CC, além de diversos outros prêmios. As cartelas devem ser adquiridas na sede da entidade, na rua Luiz Calambau, s/nº, no bairro das Graças e serão oferecidas também por telefone pelos colaboradores da instituição. A arrecadação é destinada à manutenção do Lar do Idoso. 

 

A programação para a Semana das Crianças em Itaúna promete ser animada e com muitas opções. A partir de amanhã, 11, no Mambeba Restaurante Fazenda, às 11 horas, terá início um circuito especial para os pequenos com muitas atrações. O espaço foi totalmente adaptado para receber elementos que fazem parte do imaginário infantil, como a casa dos três porquinhos, a mesa de chá de Alice no País das Maravilhas, com a presença ainda do Chapeleiro Maluco, um túnel encantado e a residência da bruxa da história de João e Maria. Muita fantasia e diversão vão fazer parte do mundo mágico preparado pelo casal de empresários Marcos e Mônica Adelário para receber a criançada. 

Alterosa da Alegria 

Hoje, entre 10h e 14 horas, na Praça da Matriz será realizado Festival Alterosa da Alegria. A parceria entre a Câmara de Dirigentes Lojistas – CDL - e Associação Comercial e Empresarial traz de volta à cidade o evento, que conta com oficinas de artes, apresentações de mágica, teatro e palhaços, cama elástica, além de serviços de utilidade pública. Serão sorteadas 20 contas poupança no valor de R$ 100. A ação tem apoio do banco Sicoob Centro-Oeste. 

Bob Esponja

E, às 16 horas, a esponja mais famosa do mundo chega ao Teatro Sílvio de Mattos com os amigos. A peça baseada em um dos desenhos mais queridos mostra Bob, Patrick, Lula Molusco e Sr. Siriguejo em grandes aventuras na Fenda do Bikini. 

A montagem é repleta de efeitos especiais num cenário fantástico. Os ingressos serão vendidos na bilheteria por R$ 20. Informações sobre vendas antecipadas pelo telefone 3243 – 6425. 

 

O câncer de mama é o tipo mais comum entre as mulheres no mundo, e responde por 25% dos novos casos, sendo a previsão para este ano, conforme estimativa do Instituto Nacional de Câncer – Inca – é de que sejam feitos mais 57 mil registros.  O diagnóstico precoce é fundamental para o sucesso do tratamento. Quanto antes se descobre a enfermidade maior é a chance de cura, que pode chegar a 95% quando identificada em fase inicial. 

As formas mais eficazes para detecção do câncer de mama são o exame clínico e a mamografia. O  primeiro deve ser feito anualmente por mulheres com mais de 40 anos, e a partir do 35 anos em mulheres com histórico da doença na família. Ele é realizado pelo médico ou enfermeira no consultório, e pode detectar tumores de até um centímetro, se superficial.

Já a mamografia é um tipo de radiografia que permite visualizar nódulos bem pequenos, e contribui para a obtenção de um resultado mais preciso. No Brasil, o Sistema Único de Saúde – SUS - oferece às pacientes entre 40 e 50 anos o exame gratuitamente, mediante indicação médica. A partir dos 50 anos não é mais necessária a apresentação do pedido.Outra questão muito importante que envolve a descoberta da doença o autoexame. Ele consiste no conhecimento da mulher sobre o próprio corpo, para que sabendo o que é normal ela possa verificar qualquer alteração. Como foi o caso da relações públicas Gabriela Almeida, 34, diagnosticada com câncer de mama em 2013, “O primeiro passo foi o autoexame, eu apalpei e senti um nódulo na axila e outro no seio, a partir daí eu procurei um mastologista que me passou os exames necessários”, conta Gabriela. 

É esse o sentido da campanha Outubro Rosa, que busca a conscientização da mulher para a importância da realização dos periódicos e de estar atenta aos sinais do corpo.O câncer de mama tem histórico de bom prognóstico, contudo as taxas de mortalidade no Brasil ainda são elevadas, o que se deve na maioria das vezes pelo descobrimento da enfermidade em estágio avançado. “O tempo é quem controla o resultado nesses casos. Quanto você descobre o nódulo em estágio inicial você tem até 99% de chance de cura. Hoje me considero curada, totalmente mudada. Vejo a vida com outros olhos, sou mais simpática, alegre, paciente. Dou mais valor às pessoas. Se nem o câncer me abate, não há problema que faça isso. A vida é uma festa. O que me fez essa rocha foi Deus, que me fortaleceu”, comemora Gabriela.

Programação 

A Associação de Voluntários no Apoio e Combate ao Câncer em Itaúna – Avacci – realiza este mês intensa programação, com diversas atividades e realização de exames gratuitos. Na próxima quarta-feira, 14, será ministrada a palestra Prevenção do Câncer de Mama Abordando Alimentos Preventivos, no auditório da Secretaria Municipal de Saúde, pela nutricionista Márcia Nogueira.

Para o dia 22 está marcada a segunda edição da Corrida e Feira de Saúde Outubro Rosa, com a concentração no estacionamento do Espaço Cultural, às 09 horas. No local haverá apresentação musical com participação do Bloco Tomara Que Caia. Os interessados em participar podem se inscrever na sede da Avacci. A taxa é de R$ 20.  

 

Iniciada na terça-feira, 06, a mobilização nacional dos bancários já surte efeitos bastante negativos na cidade, com a adesão dos funcionários de quatro agências, sendo elas a da Caixa Econômica Federal, Banco do Brasil, HSBC e Bradesco até ontem, 09. E, a tendência é a situação piorar nos próximos dias para quem depende dos serviços prestados, ou seja, a maior parte da população, uma vez que a expectativa da entidade que representa a categoria é de ampliação do movimento, que não tem prazo determinado. 

Conforme estimativa do diretor do Sindicato dos Bancários de Belo Horizonte e Região, que engloba Itaúna, Jerry Adriane Teles Magalhães, (foto) cerca de 60% dos trabalhadores das instituições financeiras aderiram à greve. As principais reivindicações são  reajuste salarial de 16%, melhorias nas condições de trabalho e saúde, além de mais segurança. Em assembleia na semana passada, a classe rejeitou a proposta da Federação Nacional dos Bancos – Fenaban - de 5,5% de aumento para salários e vales. “E enquanto não aceitarem a nossa proposta, vamos permanecer paralisados. Este ano a campanha já é maior que a da edição passada, nós ganhamos força e vamos continuar lutando por nossos direitos”, avisa o sindicalista Jerry Adriane. 

Mercantil restringe atendimento a aposentados e pensionistas 

Além dos prejuízos gerados aos usuários da rede bancária pelo movimento sindical, o público geral de Itaúna fica sem uma agência nos próximos dias: a do Mercantil do Brasil. A instituição financeira anunciou a partir de agora terá como foco exclusivo na cidade os beneficiários do Instituto Nacional do Seguro Social – INSS, com a manutenção de gerentes na unidade apenas para o atendimento e negócios junto aos aposentados e pensionistas. A justificativa é de que houve necessidade de adequar a atuação, a fim de continuar oferecendo produtos e serviços com resultados positivos para o plano de desenvolvimento. Os correntistas foram avisados que as contas serão transferidas para Divinópolis na próxima quarta-feira, 13. 

Realizada no domingo, 04, em todo o país, a última etapa do processo de escolha dos membros do Conselho Tutelar para os próximos quatro anos terminou gerou muita confusão. Depois do encerramento da votação, surgiram à tona diversas suspeitas apontadas por candidatos, que além de denunciarem possíveis fraudes, como votos em duplicidade, alegaram que faltou organização para o pleito. O resultado homologado ainda não havia sido publicado no Jornal Oficial do Município até o fechamento desta edição, ontem, 09. Concorrentes que se sentiram lesados disseram à reportagem que entregaram as denúncias ao Ministério Público. O assunto foi tratado também durante a reunião da Câmara nesta semana. 

 

Itatiaiuçu assume transporte de jovem devido à falta de ambulância na cidade

A falta de médicos neurologistas no Plantão 24 Horas, que funciona nas dependências da Casa de Caridade Manoel Gonçalves, sob a coordenação do Consórcio Intermunicipal de Saúdo do Médio Paraopeba – Cismep -, continua colocando em risco a vida de muitos pacientes que necessitam de atendimento especializado. Na sexta-feira passada, dia 02, a jovem Mariana Luiza, de 25 anos, deu entrada no hospital depois de ser atendida por um profissional particular, queixando-se de fortes dores de cabeça, vômitos frequentes e de ter o quadro agravado ao ponto de perder os sentidos. 

De acordo com informações da mãe da paciente, Clécia Souza, durante o atendimento no setor de urgência e emergência foi realizada uma tomografia. No entanto, sem um neurologista para avaliar os resultados, não houve diagnóstico. Ela contou que entrou em contato com diversos profissionais solicitando atendimento, que alegaram não ter autorização para entrar na unidade de saúde. No sábado, 03, Mariana recebeu alta, mesmo sem conseguir conversar ou andar, mas a mãe não aceitou a situação e não permitiu que ela saísse de lá. 

 

Durante oito dias, a jovem permaneceu internada sem nenhuma análise especializada e sem evolução no quadro clínico. Nesta sexta-feira, 09, Clécia conseguiu que ela fosse atendida por um neurologista no consultório particular, no entanto, a instituição alegou que não possui ambulância e que o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência – Samu - não poderia levá-la. “A alternativa que encontramos foi solicitar o transporte pelo sistema de saúde de Itatiaiuçu. A falta de estrutura é tanta que, para levarmos o resultado da tomografia ao médico, nos encaminharam os laudos por meio de fotos no celular, já que a máquina de impressão também não funciona. É um absurdo o que estamos passando”, desabafou a mãe em conversa com a reportagem. 

 

Em dificuldades para cumprir os compromissos financeiros, a administração municipal retomou o escalonamento para quitar os salários do funcionalismo e, depois de dois meses, agosto e setembro, com os servidores divididos em dois grupos, conforme os vencimentos, a Prefeitura foi obrigada agora em outubro a estender ainda mais o prazo de pagamentos. Conforme informação obtida pela reportagem e confirmada pelo secretário de Finanças, Leandro Nogueira, a divisão contemplou ontem, 09, a parcela do funcionalismo que recebe até R$ 1.300 e os que ganham entre R$ 1.300 e R$ 2.500 ficaram para a próxima quinta-feira, 15, enquanto os remunerados acima desse valor terão o dinheiro em contato, de acordo com a previsão, somente no dia 23. 

“Foi essa a alternativa que encontramos para pagar dentro do mês e a realidade ainda está bem diferente de outras cidades da região, em algumas localidades os atrasos já ultrapassam 90 dias. A crise econômica tem afetado muito a Prefeitura de Itaúna, a queda da receita foi muito significativa e, não podemos reduzir serviços essenciais”, argumentou o gestor. Com a proximidade de dezembro, o 13º Salário também poderia ser uma grande preocupação, mas segundo Leandro Nogueira, há previsão de um repasse extraordinário do Fundo de Participação dos Municípios, da ordem de aproximadamente R$ 1,4 milhão neste fim de ano.

“Não podemos contar ainda, porque nem todas as prospecções têm se concretizado no atual cenário. De qualquer forma, a gratificação natalina em dezembro corresponde somente à metade do montante devido, visto que os servidores recebem cinquenta por cento na época do aniversário”, explicou. O presidente da Câmara, Francis Saldanha, também já sinalizou a intenção de devolver cerca de R$ 700 mil das sobras da Casa ao prefeito Osmando Pereira da Silva até o fim de novembro. Em julho, o Legislativo restituiu os cofres municipais em R$ 528 mil. 

 

Por meio de decreto publicado na terça-feira, 06, a Prefeitura exonerou 89 funcionários que apesar de aposentados permaneciam nos postos por força de lei aprovada em 2012. O documento também declarou a vacância dos cargos que eram ocupados por esses servidores estabilizados e não estabilizados em setores diversos da administração municipal. Causaram revolta os desligamentos, sobre os quais os envolvidos haviam sido notificados no início de setembro, e ao longo da semana uma mobilização iniciada pelo funcionalismo ganhou força com apoio do sindicato. Não faltaram críticas ao poder Executivo e à medida, classificada pelo assessor jurídico da entidade que representa a categoria, o advogado Marcos Penido, como precipitada e imprudente. 

O Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Itaúna – Sindserv – realizou no início da tarde desta sexta-feira, 09, uma reunião para discutir a maneira como será conduzida a situação. E, o assunto promete render ainda muita polêmica, uma vez que, de acordo com Marcos Penido, os procedimentos foram feitos de maneira totalmente irregular. Conforme declaração do advogado, a única decisão despachada até o momento, sobre uma Ação Direta de Inconstitucionalidade – ADI – ajuizada pela Prefeitura, teve decisão favorável em primeira instância. “Conseguiram provimento, mas na verdade, no Tribunal de Justiça de Minas Gerais – TJMG -, a Câmara recorreu e perdeu, mas o agravo obriga que o processo siga para o Supremo Tribunal Federal. Foram precipitados”, garantiu o defensor.   

Outro ponto defendido pelo assessor jurídico do Sindserv é que funcionários desligados não fazem parte do regime estatutário, como classificados pela administração municipal e sim, celetista. Segundo ele, os que estavam desde a década de 1980 entraram na Consolidação das Leis do Trabalho – CLT – e em 1991 foram levados para o sistema do estatuto.  “Mas isso já foi derrubado, não querem admitir, porém, há assinaturas de 25 desembargadores. E, dessa forma, têm que ser garantidos a eles todos os direitos trabalhistas, inclusive o Fundo de Garantia e as devidas indenizações. Até o momento não houve acertos. Iremos ao departamento de recursos humanos na quarta-feira, 14, acompanhando os servidores. E, pretendemos continuar na luta, vamos pedir a reintegração às funções na Justiça comum, já que a situação é perfeitamente legal. E, em breve pretendemos também ingressar na Justiça do Trabalho, onde o trâmite é mais rápido”, argumentou Marcos Penido. 

Polêmica desde 2013

Os servidores foram beneficiados por lei aprovada durante mandato de Eugênio Pinto, já em 2012. Na época, foi garantido a essa parcela do funcionalismo, já no quadro de inativos pelo Instituto Nacional do Seguro Social – INSS – continuar trabalhando até 70 anos ou afastamento por invalidez. No ano seguinte, quando assumiu o mandato, o prefeito Osmando Pereira da Silva ajuizou a Ação Direta de Inconstitucionalidade – ADI – contra o benefício e conseguiu provimento em março passado por meio do Tribunal de Justiça de Minas Gerais. Mas, a medida foi derrubada por acórdão do Tribunal de Justiça de Minas Gerais – TJMG – em março. No mês passado, quando procurada pela reportagem do JORNAL S´PASSO com um pedido de informações sobre o número de pessoas em tal situação, a comunicação oficial respondeu por meio de nota que os aposentados não estavam sendo demitidos e sim notificados sobre a decisão do TJMG para que apresentassem defesa. 

 

Traída e abandonada, uma mulher se separa do marido e tenta diversas formas para conseguir sobreviver com pequenos “bicos”. E, mesmo diante de todas as situações que enfrenta numa série de erros, como boa brasileira, ela não desiste. Incentivada pela avó, acaba descobrindo que tem talentos escondidos e resolve montar a própria peça teatral, com muita música e dança. Assim começa “A Catarina é uma Comédia”, que estará em cartaz na próxima semana, no Teatro Sesi Vânia Campos.  

Pela primeira vez em Itaúna, a montagem é um solo escrito e interpretado por Beto Sorolli, sob a direção de Maurício Canguçu. A personagem é moradora da periferia, desastrada, ingênua, cria neologismos a todo o momento e tenta ser feliz independente das circunstâncias. Inteligente, analisa tudo o que acontece em volta com criatividade e faz da vida um maravilhoso e divertido espetáculo, com promessa de muitas gargalhadas para o público. 

Beto Sorolli é ator, comediante, cantor, compositor, arranjador e professor de canto especializado em Teatro Musical. Foi destaque no Prêmio Multishow de Humor 2013, classificando-se entre os semifinalistas e recentemente esteve no elenco do musical Jesus Cristo Superstar em São Paulo. Maurício Canguçu, já conhecido do público itaunense, é o mesmo responsável pelo fenômeno “Acredite um Espírito Baixou em Mim” junto com Ilvio Amaral. 

A apresentação será no sábado, 17, a partir das 20 horas. Ingressos antecipados a R$ 15 e R$ 30 na bilheteria, com meia-entrada garantida para estudantes devidamente identificados. O Teatro Sesi Vânia Campos fica na avenida São João, 4147, no Centro. Mais informações pelos telefones  (31) 8869-1070 / (37) 3241-1644. 

 

A próxima segunda-feira, 12, é Dia de Nossa Senhora Aparecida, uma das datas comemorativas católicas mais importantes do Brasil, que tem a Santa como padroeira. Em Itaúna, as festividades tiveram início com a novena, envolvendo um grande número de devotos. Na programação de hoje, 10, e amanhã, 11, estão missas às 18h30 e logo após, a recitação do terço, às 19 horas, com participação de paróquias convidadas e barraquinhas de comidas típicas em seguida, no Santuário, no Lourdes.  

No feriado dedicado a Nossa Senhora Aparecida, haverá celebrações eucarísticas a cada duas  horas, a partir das 06 horas, com pausa ao meio-dia, quando será servido o tradicional almoço, cujos ingressos custam R$ 10, na secretaria paroquial. Às 15h, os fieis retomarão os atos litúrgicos e às 17h seguirão em procissão com presença da Banda Sagrado Coração de Jesus pelas principais ruas do bairro. 

A história de Nossa Senhora Aparecida teve origem 1717, quando três pescadores que navegavam pelo rio Paraíba, em tempos difíceis para a pesca, recolheram a imagem em uma das redes, que depois disso passou a ficar repleta de peixes toda vez que era lançada ao curso d´água. A partir desse registro, a Santa passou a ser sinal de devoção em todo o país, até que em 1930, foi decretada como padroeira do Brasil pelo papa Pio XII, declaração reafirmada pelo presidente Getúlio Vargas anos depois. 

 

FACEBOOK

NOTÍCIAS

asdadasd