Quarta, 19 Setembro 2018

Há tempos a comunidade do Morada Nova luta pelo aumento da segurança na rua Vó Almira, que fica em frente ao Centro de Atendimento Integrado à Criança – CAIC -, no Morada Nova. O trânsito na via é intenso e segundo moradores e comerciantes da região, motoristas e motociclistas não respeitam a sinalização e nem os limites de velocidade, colocando os pedestres em risco o tempo todo. Por isso, a alternativa apontada por eles é a instalação de redutores de velocidade, que cobram da Prefeitura. 

“Os condutores não querem nem saber que está perto de uma escola, um grande desrespeito. Atropelamentos são comuns por aqui. Em 2013, meu filho, que na época tinha seis anos de idade, foi atropelado. Graças a Deus ele não teve ferimentos graves. Mas, frequentemente vemos acidentes nesta rua”, comentou a cabeleireira Sandra Aparecida Fidélis em conversa com a reportagem. 

 Principalmente por causa da grande movimentação das crianças atendidas na instituição de ensino, a população exige uma solução rápida, que dê fim aos transtornos e perigo. A artesã Aldaísa Lourdes de Souza mora há 15 anos no Morada Nova e revoltada com a situação contou que já pediu ajuda ao Legislativo. “Nós fizemos um abaixo-assinado cobrando os quebra-molas e entregamos nas mãos do vereador Joel Márcio Arruda, que na época ainda morava no bairro. Mas até o momento não tivemos nenhum retorno”, afirmou. 

 

 

 

 

A religiosidade sempre esteve presente na cidade, desde que Itaúna era apenas o Arraial de Sant´Ana de São João Acima. Essa característica está presente em vários pontos, como o Morro do Bonfim, onde um dos patrimônios culturais mais importantes do município, a capela, foi incendiada no ano passado, e o Rosário, onde está a igreja da padroeira dos negros. A Gruta no bairro de Lourdes, também é um desses locais e no último dia 27 recebeu um grande número de fieis para as celebrações em torno das seis décadas das aparições de Nossa Senhora, história registrada em livro pela premiada escritora itaunense Maria Lúcia Mendes. 

A autora, que tem no currículo outras 14 obras, hoje convive com a ansiedade e a expectativa para o lançamento de “Aparições da Virgem Maria - Nossa Senhora de Itaúna - 1955-2015 – 60 anos de Graças e Louvores”. “Quando foi comemorado meio século das visões, eu publiquei o livro infantil O Mistério da Nuvem Dourada, que conta tudo de forma simples e ilustrada, um sucesso, com três edições. Desde então as pessoas me pediam para escrever a versão para adultos, o que concretizei agora”, contou Maria Lúcia em entrevista ao JORNAL S´PASSO nesta semana, em meio aos preparativos para o lançamento. 

A fase de pesquisa durou cinco meses, período em que a escritora levantou todos os fatos registrados em relação ao assunto desde década de 1950, como o que foi dito pelos primeiros videntes, que deram depoimentos, e a execução do projeto de construção do santuário do início ao fim. “Conversei pessoalmente Eduardo Vasconcelos e Antônio Nunes, que declaram ter visto a Santa. Além disso, contei com o apoio da família do senhor Ovídio Alves de Sousa, o primeiro adulto a enxergar Nossa Senhora. Ele deixou os relatos num diário que em minhas mãos facilitou e valorizou bastante a produção”, salientou.  

O livro tem uma linguagem leve, simples e é ilustrado com documentos e fotos.  “Eu fiquei muito feliz pela oportunidade. Na época eu era criança, me lembro até hoje do alvoroço que foi e da multidão que ia ao local com frequência. A história poderia ter acabado ali, mas a fé só aumentou com o passar dos anos e isso me deu mais forças para escrever. Meu objetivo é de que essa produção fique como objeto de pesquisa para um conhecimento mais profundo dos fatos”, encerrou. A obra já está na editora, em fase de acabamento e a previsão é de que seja lançada não só em Itaúna, mas também em outras cidades da região até o fim deste mês. 

 

 

 

 

Começou nesta sexta-feira, 31, e segue até amanhã, 02, a 18ª edição do Encontro Nacional Itaúna Moto Show, realizada pelo Motoclube Kães Vadios na Praça Celi, no fim da avenida Jove Soares. Centenas de motociclistas de vários estados do Brasil já estão concentrados no local  para aproveitar a programação, que tem entre as atrações deste sábado, 1º, apresentações dos grupos Malte Rock, La Trinca e Performance. Haverá também acrobacias, entrega de troféus e sorteio de uma motocicleta CG 125 Fan 0 Km. No encerramento, a animação do público ficará por conta da banda Cobalto 60 e da dupla Bully & Militão.

 

 

 

O grupo Iluminartt, de Pará de Minas, leva ao palco do Teatro Sílvio de Mattos, no próximo fim de semana, o espetáculo “Pelos caminhos das rosas vermelhas”. A peça aborda o Mal de Alzheimer, com foco no impacto e implicações da doença tanto para o paciente quanto para os familiares, abordando a nova realidade vivenciada por eles a partir do diagnóstico. Com muita sensibilidade e emoção, a montagem conta a história de uma senhora afetada pela enfermidade, que desperta entre os quatro filhos, de personalidades completamente diferentes, sentimentos como amor, compaixão e perdão, causando por vezes intrigas e violência.

O texto nasceu da vivência da dramaturga e atriz Carmélia Cândida, que, após ter um ente querido diagnosticado com Alzheimer, passou a pesquisar amplamente o assunto e escreveu uma obra que une dor e poesia na difícil aceitação do avanço da doença, que passa por esquecimentos, degeneração, impassibilidade, entre outros problemas. A proposta é promover a reflexão entre o público e fazer com que cada espectador adentre nesse universo doloroso para conhecer a doença e a partir daí, aprender a lidar melhor com ela.

A direção é de José Roberto Pereira, que se inspirou na ausência de elementos cênicos para conceber o espetáculo e realizar o trabalho de composição dos papéis com os atores. O cenário, composto, por 1.500 radiografias agrupadas, ideia que visa dar a ideia do vazio causado ao paciente e todos que convivem com ele e coloca os personagens imersos e isolados no ambiente da patologia, voltando-se para o lado frio e soturno da enfermidade. Já o figurino minimalista visa o desconforto do espectador com a analogia às sensações que muitos parentes de alguém afligido pelo Alzheimer experimentam ao lidar com o novo quadro. A trilha sonora, cuidadosamente desenvolvida pelos músicos Hugo Guedes e Hernany Lisardo, é também instigante na saga da protagonista e da família. No elenco estão Carmélia Cândida, Flávia Guimarães, Isabel Faria, Marta Morais, Maurílio José da Silva e Romana Campos.

A peça estará em cartaz no sábado, 08, e domingo, 09, às 20 horas.  Os ingressos custam R$ 20 (inteira) com meia-entrada garantida aos estudantes e idosos devidamente identificados. Informações sobre as vendas antecipadas no Espaço Cultural, que fica na rua Antônio Corradi, 55, Centro, ou pelo telefone 3243 – 6425. A classificação é 12 anos.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

O diretor do Foro da Comarca de Itaúna, em substituição, juiz Alex Matoso, anunciou esta semana a abertura de processo de seleção para o provimento de vagas de estágio nas áreas de Serviço Social e Psicologia. A jornada de trabalho dos estagiários é de seis horas diárias e a bolsa-auxílio atualmente está em R$ 1.047,00, sendo garantido ainda o vale-transporte. Podem participar estudantes matriculados do terceiro ao décimo período da graduação. 

Os interessados em concorrer podem se inscrever gratuitamente da próxima segunda-feira, 03, até o dia 21 de agosto. Os atendimentos serão feitos das 09h às 11h e das 12h30 às 16 horas, na sala da direção, no Fórum Desembargador Mário Matos, localizado na Praça Doutor Augusto Gonçalves, 10, Centro. O candidato deve comparecer ao local munido dos documentos de Identidade e CPF, no original e cópia, além de comprovante de matrícula no curso. Mais informações pelo telefone 3249 – 0200. 

 

 

 

 

 

 

 

 

Itaúna está na lista dos municípios mineiros que vão receber neste segundo o repasse financeiro do Fundo para o Fomento às Exportações – FEX – referente ao ano de 2014.  A cidade conta com R$ 345 mil, que serão liberados em quatro parcelas de R$ 86.240,27 de setembro até dezembro. O montante destinado pelo governo federal às prefeituras de todo o país é de R$ 1,95 milhão e do total, 18,8% vem para Minas Gerais, o equivalente a R$ 91,7 mi. Trata-se de uma transferência voluntária com o objetivo de promover o segmento. De acordo com a Secretaria do Tesouro Nacional – STN - o auxílio financeiro deve compor as bases de cálculo da receita para fins de aplicação mínima constitucionalmente estabelecida.

 

 

 

 

Os escândalos protagonizados por Eugênio Pinto durante o período em que ele esteve à frente da Prefeitura, as inúmeras denúncias de possíveis irregularidades praticadas por ele e a equipe que ocupava cargos no alto escalão da administração municipal e as acusações de desvios de recursos continuam a dar munição para o Ministério Público. No último dia 10, o promotor Enéias Xavier Gomes ajuizou uma ação civil pública por improbidade administrativa contra o ex-prefeito. No processo, em que constam também os nomes de Tainan Pinto Rodrigues e Amanda Santos, o representante do MP questiona a evolução do patrimônio de Eugênio que conforme a suspeita aumentou de forma incompatível com os rendimentos da atividade que exercia.  Ele pede em liminar o bloqueio dos bens registrados no nome dele e dos outros dois réus em até R$ 1 milhão.

 

 

O chefe do Executivo, Osmando Pereira da Silva ainda não se manifestou sobre a mobilização que pretende paralisar os serviços de mais de 600 prefeituras em Minas Gerais no fim deste mês. Em contato com a assessoria de Comunicação do prefeito, na tarde desta sexta-feira, 31, a reportagem foi informada que a decisão dele, de aderir ou não ao movimento, será divulgada somente na próxima semana. O protesto tem apoio da Associação Mineira dos Municípios, que reuniu 70 representantes das 43 microrregionais do Estado na quinta-feira, 31, quando ficou definida a paralisação.

A estimativa é de que em 80% das cidades os serviços públicos sejam interrompidos em 24 de agosto, com exceção dos atendimentos de urgência e emergência no setor da Saúde. A intenção é também de bloquear as principais rodovias, com o objetivo de chamar a atenção dos governos estadual e federal para a crise financeira vivenciada pelos municípios. Os prefeitos alegam que há necessidade de aumento nos repasses para a manutenção das atividades.

 

 

A segunda câmara do Tribunal de Contas do Estado de Minas Gerais, sob o voto do relator, conselheiro Wanderley Ávila, proferiu decisão sobre processo antigo impetrado contra o Município por denúncias de irregularidades em concorrência para a contratação de empresa de limpeza urbana. O despacho, já publicado, pelo órgão determina a aplicação de multa ao atual chefe do Executivo, Osmando Pereira da Silva, ao ex-prefeito Eugênio Pinto, e ex-secretário municipal de Administração, Afonso Custódio do Nascimento. A reportagem tentou contato com representantes da denunciante, a empresa Compare Construções e Serviços, sem sucesso. No TCE/MG, apesar das insistentes ligações, ninguém falou sobre o assunto para informar os detalhes da ação. 

 

Por meio de decreto, o prefeito Osmando Pereira da Silva e o diretor-geral do Serviço Autônomo de Água e Esgoto – SAAE –, Marcos Vinício Ferreira remanejaram R$ 2 milhões destinados à estrutura do aterro sanitário para a manutenção das atividades de limpeza urbana. O documento tem data de 08 de junho, com publicação somente nesta sexta-feira, 31, no Jornal Oficial do Município. Conforme especificado, R$ 1,930 milhão foram para vencimentos e vantagens de pessoal (R$ 150 mil), contratações por tempo determinado (R$ 250 mil), despesas variáveis e materiais de consumo (R$ 100 mil). 

A dotação contemplou serviços de pessoa jurídica (R$ 1,350 milhão) e física (R$ 10 mil), além de R$ 70 mil destinados às obrigações e contribuições patronais. Ao plano de saúde dos servidores do setor ficou reservada a quantia de R$ 25 mil, enquanto para vale-transporte, R$ 15 mil; seguro de vida, R$ 10 mil, obras de ampliação e melhorias da limpeza urbana, R$ 5 mil; enquanto equipamentos, veículos, máquinas, móveis e utensílios ficaram com R$ 15 mil. 

 

FACEBOOK

NOTÍCIAS

asdadasd