Sábado, 23 Junho 2018

Campeonato Rural chega à final

Segunda, 28 Maio 2018 16:36

Neste sábado, 26, às 14 horas, o Estádio Municipal José Flávio de Carvalho recebe a final da 33ª edição da Copa Francisco Ramalho de Futebol Rural.

A disputa pela taça de campeão de 2018 será entre as comunidades Brejo Alegre e Fundão.

Novamente, a itaunense Linabel Iramaia Pimentel conquistou uma vaga para competir no Havaí. A atleta de corrida de aventura terminou o “XTERRA Brazil”, categoria Night Run 22 km, em quarto lugar geral.

 

Agora, ela inicia os preparativos para enfrentar mais esse desafio e está em busca de patrocinadores para a empreitada. Os interessados em contribuir podem entrar em contato pelo endereço eletrônico O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo..

As equipes Sub-15 e Sub-11 do Tropical Tênis Clube são as únicas representantes da cidade no Campeonato Metropolitano, uma das principais competições de futsal de base do estado. Nesta quarta- -feira, 23, o time conquistou mais um importante resultado, na busca pela classificação para a próxima fase. Ambas as categorias derrotaram a AABB, de Belo Horizonte, na casa do adversário.

 

A Sub-13 venceu com o placar de 5 a 0 e o Sub-15 por 4 a 2. Na rodada anterior, o Tropical derrotou o Olympico Club, um dos principais competidores do torneio, por 5 a 1 no Sub-13 e por 4 a 0 no Sub-15.

André Saliba é mais um atleta itaunense que enche a cidade de orgulho. Ele é uma das convocações do técnico Giovane Gávio para a temporada 2018 da Seleção Masculina de Voleibol Sub-21.

 

O anúncio dos 20 jogadores para composição do elenco foi feito nesta quinta-feira, 24.

 

O principal objetivo da equipe em 2018 será a disputa do Campeonato Sul-Americano, agendado para o período entre 27 de agosto e 03 de setembro, em Santiago, no Chile. O torneio também é classificatório para o Mundial da categoria. Os convocados se apresentarão no dia 04 de junho, no Centro de Desenvolvimento de Voleibol - CDV -, em Saquarema, Rio de Janeiro. Ano passado, André defendeu a Seleção pela categoria Sub-19, na qual disputou o Mundial de Vôlei, no Bahrein, Oriente Médio.

Nos dias 18 e 19, a atleta de aventura Priscila de Souza Santos enfrentou um dos maiores desafios no esporte de alto rendimento. A itaunense correu 100 quilômetros na neve, subindo a famosa Cordilheira dos Andes, na Argentina.

 

“Estava receosa e morrendo de medo, mas faz parte da vida de quem está nessa carreira. Largamos meia-noite de sexta-feira, 18, e percorremos lindos cumes, subimos até 3.700 metros de altitude e foi difícil respirar e não congelar, pois na madrugada nevou e estávamos abaixo de zero grau”, relatou.

 

Apesar do nível de dificuldade da prova, Priscila conseguiu superar os próprios limites. “Ainda não caiu a ficha da insanidade desta competição. Foram 21h45 de corrida e de brinde um segundo lugar geral para o Brasil. Isso mesmo! Deixei nossa bandeirinha pendurada lá no pódio dos Montes Andinos”, comemorou a corredora, que ainda agradeceu à Prefeitura, pelo auxílio com o Projeto de Apoio ao Atleta Itaunense e aos amigos e familiares pela torcida.

Os parlamentares aprovaram projeto de lei de autoria de Iago Souza, que institui o Dia Municipal de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes e o “Maio Laranja”, um mês inteiro dedicado a conscientização, prevenção, orientação e enfrentamento a esse tipo de crime. O autor da proposta afirmou que o poder público precisa fomentar ações para impedir que os menores sofram assédio e que é preciso lutar para reverter as estatísticas.

 

“Esse é um tema de grande complexidade e impacto tanto na vida das crianças e adolescentes que sofrem tais abusos, quanto na vida daqueles que estão à sua volta e tem de conviver com as sequelas adquiridas. Considerando os dados alarmantes auferidos pela Secretaria Nacional de Direitos Humanos, não podemos nos furtar em promover atividades com o fim de conscientizar e orientar os diversos setores, para que a população e servidores municipais saibam identificar e lidar com essa situação”, defendeu.

 

Silvano Gomes reforçou que a iniciativa tem que ser encampada por todos. “A Câmara tem que participar, assim como a Justiça e o Ministério Público. Precisamos abraçar esta causa”. O presidente da Casa, Márcio Gonçalves “Hakuna”, apoiou a medida e garantiu que o Legislativo dará suporte na divulgação, para aumento do envolvimento da sociedade.

 

Em Itaúna, ao longo deste mês, várias ações foram desenvolvidas nesse sentido e para a próxima segunda-feira, 28, está agendada uma capacitação em rede, com a educadora Caroline Arcari, especialista no assunto e consultora técnica do programa “Encontro com Fátima Bernardes”, das 08h às 17 horas, no Teatro Sílvio de Mattos. O seminário é voltado, principalmente, aos profissionais da Saúde, Educação e Assistência Social e tem entrada franca.

Incluído na pauta da ordem do dia da sessão ordinária do Legislativo de terça-feira, 22, foi aprovado o projeto de lei que institui o Conselho Municipal de Inspeção Sanitária. A proposta, encaminhada pela Prefeitura, visa a criação de um órgão de caráter normativo, consultivo, deliberativo e de assessoramento, em questões relacionadas aos serviços de fiscalização da produção e venda de alimentos, especialmente.

 

Na prática, os conselheiros terão a missão de sugerir e debater assuntos ligados aos regulamentos, normas, portarias e outros, que dependerão da aprovação final do Executivo, após parecer jurídico. O vereador Joel Arruda defendeu a medida, reforçando que a mesma é de extrema importância para os produtores e estabelecimentos comerciais sobre as regras vigentes, evitando multas e apreensões, por exemplo.

 

O líder do governo na Câmara, Hudson Bernardes, lembrou que a instituição do Conselho faz parte das estratégias adotadas para a criação do Serviço de Inspeção Municipal, beneficiando empreendedores de diversos segmentos. “O órgão terá composição paritária, ou seja, teremos representantes do poder público, sociedade civil e entidades”, ressaltou. O mandato dos membros será de dois anos, sem qualquer tipo de remuneração, e com reuniões mensais.

Produtores não precisam mais ir a Belo Horizonte para realizar procedimentos burocráticos

 

A Sala da Cidadania está recadastrando todas as pessoas que possuem ou já tiveram imóvel na zona rural da cidade. Um estudo realizado este ano identificou registros em duplicidade, em vários polos do país, incluindo Itaúna. O município possui 48 mil hectares em terrenos fora da área urbana, mas estão cadastrados 52 mil.

 

A dualidade é configurada quando uma propriedade é vendida ou passada para o nome de outras pessoas, que, a partir daí, fazem novo cadastro, sem que os antigos donos cancelem o já existente. Com isso, pode ser gerado um Documento de Arrecadação do Simples Nacional – DAS - para esses indivíduos que não fizeram o procedimento e que, em inúmeros casos, acabam incluídos na lista de negativados.

 

Os serviços para solucionar esse tipo de pendência estão disponíveis na Sala da Cidadania, que funciona no Terminal Rodoviário, das 07 às 11h ou das 13 às 16 horas, de segunda a sexta-feira. Para esclarecimento de quaisquer dúvidas, os interessados podem entrar em contato pelo telefone 3242-1512 ou 9 9924-4669.

 

Atendimento ampliado

 

A Sala da Cidadania foi inaugurada em janeiro deste ano, visando facilitar o atendimento aos moradores da zona rural à recepção de Declaração para Cadastro de Imóvel Rural – DP; Certificado de Cadastro de Imóvel – CCIR; documentação para benefícios do INSS; informações diversas sobre os trâmites burocráticos para a regulamentação de atividades; entre outros que, antes, eram oferecidos somente na sede do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária – Incra -, em Belo Horizonte.

 

A localização da unidade foi mais um fator que ampliou o acesso da população a esses serviços, tendo em vista que no ano passado o ponto de todas as linhas do transporte coletivo que atendem aos distritos e povoados foram transferidas para a Rodoviária.

 

A Sala da Cidadania é parte integrante do Programa de Atendimento ao Cidadão – PACi -, que tem como atribuição ampliar a assistência aos usuários do sistema. A proposta do Município, já encaminhada aos órgãos responsáveis, é transformar a unidade em uma agência regional do Incra.

 

A Prefeitura já trabalha com o incentivo à agricultura, distribuindo calcário e sementes, além de ceder máquinas para os cuidados do solo. Os resultados para o desenvolvimento econômico deste setor têm sido considerados positivos.

 

 

 

 

Município desenvolve ações para encaminhar pessoas em situação de rua às entidades assistenciais da cidade

 

Nos últimos anos, a grande circulação e permanência de andarilhos no entorno do Terminal Rodoviário intimidou usuários do transporte coletivo intermunicipal e municipal. Alguns relatos são de que as pessoas em situação de rua abordavam os transeuntes para pedir esmolas. E, quem negava dinheiro, chegava a ser agredido. Comerciantes também reclamavam de que os mendigos nas portas dos estabelecimentos afastavam os clientes.

 

Além do incômodo aos usuários dos serviços no local, havia o risco à saúde dos próprios andarilhos, por dormirem ao relento, até debaixo da ponte. Com a proposta de melhorar as condições dessa parcela da população, a Prefeitura montou uma força-tarefa socioassistencial, reunindo órgãos públicos e membros da sociedade civil organizada, para apresentar aos andarilhos os serviços disponíveis na cidade, como o Centro de Atenção Psicossocial Álcool e Drogas – Caps AD -, Centro de Atenção Psicossocial – Caps -, Centro de Referência de Assistência Social – Cras, Albergue Fraterno Bezerra de Menezes, comunidades terapêuticas, entre outros.

 

Em 2015, o Cras realizou um levantamento sobre as pessoas em situação de rua em Itaúna e identificou que boa parte possuía moradia, mas preferia ficar nas vias públicas por causa de desentendimentos com os familiares. Outro fator, que de acordo com o diagnóstico, contribui para a permanência dos andarilhos em pontos estratégicos é a esmola, usada por muitos para a compra de entorpecentes e bebidas alcoólicas.

 

Na última visita à região da Rodoviária, a equipe do S’PASSO BAIRRO A BAIRRO se deparou com pelo menos 15 mendigos no entorno, na parte da tarde. Alguns aparentavam fazer uso de drogas no estacionamento, outros pediam dinheiro aos que passavam. Havia gente também em frente às lojas e lanchonetes ou em barracas montadas às margens do rio São João.

 

Nesta semana, nenhuma pessoa em situação de rua foi vista transitando pelo entorno do terminal no mesmo período e nem foram encontrados vestígios de acampamentos na região. No entanto, à noite pelo menos três dormem na calçada em frente a um restaurante, já no final do bairro Santiago.

Crianças a partir de sete anos e adultos de todas as idades podem se inscrever no curso de Informática Básica oferecido pelo Telecentro Silésia Antunes Rinco, no Centro Social Urbano. As inscrições são de graça e podem ser feitas na unidade que fica na rua Mozart Machado, 500, bairro de Lourdes.

 

Para se inscrever é necessário apresentar um documento original com foto. As aulas não têm custo e são oferecidas duas vezes por semana em turmas de até 10 alunos. Para o instrutor, Marcel Feliphe, a quantidade limitada de pessoas em sala favorece o aprendizado. “O objetivo é promover a capacitação profissional de maneira humanizada, oferecendo uma assistência especializada durante o curso, de maneira que o orientador tenha condições de dedicar mais atenção a todos os alunos”, explicou.

 

A capacitação terá duração de até seis meses. Os participantes ganham certificado ao final do ciclo. As aulas são oferecidas de segunda a sexta- -feira, das 07h às 13 horas. Mais informações pelo telefone 3242 - 7192 e 3242 - 8289.

FACEBOOK

NOTÍCIAS

asdadasd