Sábado, 21 Abril 2018

 

No último fim de semana, o mestre da Escola de Cultura Popular Ginga Capoeira, com atuação em Itaúna, Marcos Leal, mais conhecido como Cantador, foi um dos representantes de Minas Gerais no 1º Encontro Interestadual da Escola de Capoeira João 3:16. O evento foi realizado no Balneário Camboriú, em Santa Catarina.

Cantador ministrou uma palestra, a convite da organização. “Eu fui para passar algumas músicas para o pessoal, sendo muito bem recebido. A experiência foi maravilhosa. Participaram cerca de 30 pessoas, entre as quais, capoeiristas da Argentina, Uruguai e do Paraguai”, contou.

 

 

A atleta de corrida de aventura Iara Rodrigues disputou no sábado, 24, a APTR - Etapa Ilha Grande, no Rio de Janeiro. A itaunense competiu pela categoria 18 a 29 anos, no percurso de 21 quilômetros e finalizou a prova na segunda colocação.

“A largada foi às 10h, sensação térmica de uns 38 graus. Nenhuma nuvenzinha no céu! Sol a pino! Muita trilha e muito morro. Por ser no litoral, o clima estava úmido, o que dificulta a respiração, mas a prova foi maravilhosa, num visual paradisíaco! Muita, muita subida. Fiquei em sétimo lugar geral e em segundo na minha categoria”, relatou Iara, que mais uma vez contou com subsídio do Projeto de Apoio ao Atleta Itaunense, para representar a cidade.

 

 

A ultramaratonista Priscila de Souza se destacou mais uma vez e garantiu o primeiro lugar geral da Corrida Desafio 300, realizada entre as cidades de Cruzí- lia e Passa Quatro, no último dia 23. A prova teve largada às 14 horas e o percurso, de 150 quilômetros, foi percorrido sob o sol muito forte. “Sofremos muito com o calor, o que dificultou ainda mais, no entanto, consegui alcançar meu objetivo”, conta a atleta, que passou pelo maior desafio da carreira até o momento.

A itaunense, de 34 anos, já conquistou vários títulos, inclusive em outros países, como no Chile, onde disputou a Ultra Torres Del Paine no Chile, da qual saiu vencedora, sendo a única brasileira a completar o trajeto. Priscila afirma que o esforço é o propulsor de qualquer vitória. “Com treino e disciplina, nada é impossível. Este ano, as aventuras serão mais intensas, porém, estou preparada”, comenta.

O grande número de resultados positivos no cenário esportivo da cidade tem sido também em razão do Projeto de Apoio ao Atleta Itaunense, iniciativa da Prefeitura para incentiva e valorização das mais diversas modalidades de alto rendimento e que já serve de referência para outros municípios. “Tenho que agradecer por esse patrocínio, que me proporcionou um momento mágico de superação e autoconhecimento”, diz a maratonista.

 

 

Após aproximadamente cinco anos de reivindicações pela instalação de uma passarela na altura do Km 84 da MG-050, entre os bairros Várzea da Olaria e Piaguassu, finalmente a comunidade viu o projeto começar a ser concretizado, em fevereiro passado. Entretanto, a expectativa acabou frustrada.

A maior parte da estrutura foi concluída, porém, na hora de finalizar a obra na parte de acesso à Várzea, as intervenções ficaram paralisadas, devido a algumas árvores, que não podem ser cortadas sem autorização. A reportagem entrou em contato com a Gerência Municipal de Meio Ambiente, sendo informada que a concessionária não formalizou, junto à Prefeitura, pedido para retirar as espécies.

“A empresa firmou com a Superintendência Regional de Meio Ambiente um Termo de Ajustamento de Conduta. A Supram é o órgão licenciador. Toda e qualquer supressão de vegetação tem que ser vinculada ao licenciamento ambiental da empresa. É uma questão jurídica e procedimental, portanto o município deixa de ser o órgão autorizativo, nesses casos”, explicou um dos técnicos do setor em Itaúna, Antô- nio de Moraes Lopes Júnior.

A população cobra a entrega da passarela porque muita gente precisa utilizar vários serviços na Várzea da Olaria e no Padre Eustáquio, como atendimentos na área de saúde e educação. Sem esse mecanismo, os moradores precisam atravessar a rodovia por entre os carros.

“Quando estávamos interditando a estrada, chegaram a falar que era vandalismo, só que não. Nós temos que fazer esse tipo de movimento porque queremos o bem da nossa comunidade. Quem está de Empresa responsável pela rodovia não tem autorização para cortar as árvores, que impedem a conclusão do projeto fora não sabe dos riscos para quem passa por ali. A obra é muito importante! Não tem placa sinalizando para os motoristas reduzirem a velocidade dos veículos nesse trecho. Já pedimos redutores e quebra-molas, mas, falaram comigo que em pontos de via rápida não pode ter esses equipamentos”, contou o presidente da Associação Comunitária do Piaguassu, André da Silva Rezende.

Estado promete redutor de velocidade

A vereadora Gláucia Santiago esteve no Departamento de Edificações e Estradas de Rodagem de Minas Gerais – DEER/ MG –, para apresentar solicitações de melhorias nos acessos viários a Itaúna.

Ao falar sobre os temas discutidos na sede do órgão, a parlamentar anunciou que um redutor de velocidade será instalado na MG-050, próximo ao bairro Piaguassu.

“O equipamento contribuirá para a redução de acidentes. Também discutimos a iluminação do trevo. A Prefeitura está disposta a fazer uma proposta para instalar os postes, porém, isso tem que ser debatido junto ao DEER e à concessionária que administra a rodovia”, comentou Gláucia.

 

Dois jogadores da escolinha de futebol do Jadir Marinho foram selecionados para jogar pelo Cruzeiro, categoria até nove anos, na Gol Cup, maior torneio infantil da América Latina, na modalidade. O goleiro Antônio Oliveira Cerri e o atacante Arthur Regis se apresentaram ao clube, no último dia 23.

A Gol Cup é disputada em Aparecida de Goiânia e termina neste sábado, 31. O campeonato conta com a participação de 3.500 crianças, na faixa etária entre sete e 12 anos, divididas em 266 equipes. Além de grandes times brasileiros, participam atletas do exterior, como Argentina, Bolívia, Chile, Colômbia, Equador, Estados Unidos, Japão, México, Paraguai, Peru, Portugal, Uruguai e até da Rússia, sede da próxima Copa do Mundo.

Reclamações sobre os problemas estruturais do Parque Ecológico Professora Maria Ivolina Gonçalves, no bairro Três Marias, têm sido constantes e ganharam destaque mais uma vez neste semanário, na última edição, na sessão S´PASSO BAIRRO A BAIRRO. A comunidade pede melhorias em relação à manutenção do espaço, limpeza e aumento da segurança.

Depois de ouvir as cobranças, veiculadas no sábado, 24, a reportagem entrou em contato com a administração municipal, para verificar quais medidas serão tomadas para atender à demanda apontada pela população. A informação obtida foi de que a Prefeitura já abriu um processo licitatório para contratar empresa que assumirá o pacote de obras, incluindo a completa revitalização do local.

As gerências de Meio Ambiente e de Projetos definiram as intervenções e acompanharão a execução. “As reivindicações serão atendidas. Ficou estabelecida a criação de portaria para controle de acesso, a recuperação dos alambrados no entorno e implantação de postes altos, em pontos que não têm iluminação adequada”, explica o secretário de Regulação Urbana, Paulo de Tarso Nogueira.

Ainda de acordo com o gestor, o contrato contemplará a instalação de novos brinquedos, mais adequados ao parquinho, uma vez que os antigos, de madeira, estão bastante danificados. O Parque Ecológico do Três Marias ganhará uma academia ao ar livre, solicitação feita há tempos pelos moradores da região. Estão definidas também renovação da pintura e piso, além de reformas nas paredes, banheiros e da sala destinada a eventos e reuniões. A previsão é de que a licitação esteja concluída até maio e, a partir de então, as obras poderão ser iniciadas. A expectativa da Prefeitura é de entregar as melhorias no início do segundo semestre.

Itaúna foi uma das 31 cidades mineiras que ficaram sem luz por aproximadamente 15 minutos na tarde de quarta-feira, 21. De acordo com informações confirmadas pela Companhia Energética de Minas Gerais – Cemig – o problema afetou também outras regiões do país. Em nota, o Operador Nacional do Sistema – NOS – comunicou que, "uma perturbação causou o desligamento de cerca de 18.000MW, majoritariamente localizados no Norte e Nordeste, correspondendo a 22,5% da carga total naquele momento".

Segundo a Cemig, "a rede que atende aos consumidores no estado foi afetada, nesta tarde, pelo acionamento do Esquema Regional de Alívio de Carga do SIN, sob a gestão do ONS, provocando perda de carga e consequente interrupção parcial do fornecimento”. O desligamento foi às 15h48, com o restabelecimento dos serviços, por determinação da esfera superior, a partir das 15h52. A estatal afirmou que dez minutos depois todos os clientes já contavam com a energia. 

De acordo com o ONS, órgão responsável pela coordenação e controle da operação das usinas e do sistema de transmissão do país, as causas que originaram a falha estão sendo apuradas.

 

Os resultados positivos da Associação de Proteção e Assistência aos Condenados – Apac -, na humanização do cumprimento das penas privativas de liberdade foram reconhecidos no Fórum Econômico Mundial para a América Latina, em São Paulo. Durante o seminário, o diretor-executivo da Fraternidade Brasileira de Assistência aos Condenados – FBAC -, Valdeci Ferreira, recebeu o título “Empreendedor Social do Ano”, pelo trabalho que desenvolve junto à entidade. 

A FBAC é uma associação civil de direito privado sem fins lucrativos que tem a missão de congregar e manter a unidade de propósitos da instituição, incentivando a expansão da metodologia apaquiana. Atualmente, Minas Gerais conta com 39 unidades da Apac, entre masculinas e femininas.

A premiação é uma realização do jornal Folha de São Paulo e da Fundação Schwab, que há 14 anos valorizam as iniciativas de boas práticas na América Latina. Na ocasião, a presidente da organização, Hilde Schwab, discorreu sobre o trabalho desenvolvido por Valdeci Ferreira há mais de 30 anos em favor da dignidade dos condenados.

Sobre o reconhecimento nacional e internacional da Apac, Valdeci Ferreira declarou: “Penso que a FBAC e a Apac nunca tiveram a repercussão que tiveram neste dia. Nossa profunda gratidão a todos os parceiros, amigos e colaboradores. Estamos juntos".

 

Durante a Operação Guardião, realizada na quarta-feira, 21, a Polícia Militar cumpriu vários mandados de busca e apreensão, em dois imóveis situados à rua José Viana da Fonseca, no bairro Garcias. As equipes localizaram e apreenderam drogas, um revólver, espingarda, munições, veículos, uma balança de precisão, celulares, computadores, relógios, máquinas fotográficas e dinheiro, entre outros itens. Quatro indivíduos foram presos.

 

Para reforçar a segurança de funcionários e do público, o Tribunal de Justiça do Estado de Minas Gerais – TJMG – começou a implantar portais detectores de metais nos fóruns de Minas Gerais. Várias comarcas já receberam o equipamento. Em Itaúna, o aparelho já está em funcionamento, no entanto, a execução do projeto ainda não foi concluída. 

Agora, para entrar no prédio, é exigida a identificação, mediante apresentação de documento, para registro no livro da portaria. Também há necessidade de informar o setor que será procurado. Após esse procedimento, objetos metálicos devem ser colocados em uma mesa, para garantia do acesso. 

 

FACEBOOK

NOTÍCIAS

asdadasd