Prazo para recadastramento no Benefício de Prestação Continuada termina em dezembro

0
34

O prazo para o recadastramento dos idosos e portadores de deficiências que recebem o Benefício de Prestação Continuada – BPC, programa de transferência de renda do governo federal, termina em 31 de dezembro de 2018, conforme estabelecido pela própria União. A Secretaria de Assistência Social fez mais um alerta esta semana para que os beneficiários atualizem os dados, evitando a perda dos recursos.

 

(Foto: ASCOM Prefeitura de Itaúna / Divulgação)

Desde que foi determinada a realização do procedimento, a pasta reforçou as estratégias, com objetivo de ampliar o acesso de todo o público, inclusive, por meio de busca ativa, com visitas domiciliares das equipes, para esclarecimento de dúvidas e ajuda em relação aos documentos. Agora, a pouco mais de dois meses para a data final, o secretário, Élvio Marques, salientou, novamente, a importância do atendimento à convocação. “É essencial. Estamos trabalhando bastante, para que ninguém fique sem o BPC, pois, é uma grande contribuição no orçamento doméstico dos mais necessitados”, frisou.

O Benefício de Prestação Continuada da Lei Orgânica da Assistência Social – LOAS – é um auxílio garantido à população na faixa etária a partir dos 65 anos. Também são contemplados deficientes, de qualquer idade, mediante avaliação médica do INSS, que evidencie impedimentos de longo prazo, de natureza física, mental, intelectual ou sen- sorial, em situação de pobreza, em que os rendimentos familiares não ultrapassem um quarto do salário mínimo em vigor, que hoje é de R$ 937, valor repassado mensalmente.

Para inscrição ou recadastramento, basta comparecer à sede do Bolsa-Família, localizada na rua Godofredo Gonçalves, 491, Centro. O atendimento é feito das 07h às 16h. Mais informações pelo telefone 3241-2386.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui