Ministério das Cidades aprova projeto de R$ 12 mi para melhorias na captação pluvial na “Prainha”

0
1075

Itaúna está credenciada para obtenção de financiamento de R$ 12 milhões, por meio do Ministério das Cidades. O projeto cadastrado pelo Município e aprovado pelo órgão federal na última semana, após avaliação da capacidade de endividamento da cidade, visa a realização de obras para melhorias na captação pluvial na avenida Jove Soares, mais conhecida como “Prainha”. Alagamentos na via são fontes de inúmeros problemas para moradores e comerciantes há décadas. Uma série de fatores contribui para as inundações. A administração solicitou adesão ao programa “Avançar”, mantido pela União, com o objetivo de obter recursos para as obras. O Executivo depende agora de autorização da Câmara para o empréstimo. Projeto de lei nesse sentido deve ser enviado à Casa nos próximos dias, de acordo com o prefeito Neider Moreira.

Os estudos para a elaboração do projeto foram conduzidos por comissão formada por servidores do Serviço Autônomo de Água e Esgoto – SAAE  –, e das secretarias municipais de Infraestrutura e Regulação Urbana. O trabalho incluiu vistorias técnicas no canal que segue ao longo da “Prainha”, para detecção conjunta dos problemas existentes na galeria e que contribuem para as enchentes na área. A equipe fez ainda levantamentos para a construção de uma vala paralela.

Os profissionais envolvidos detectaram vários pontos de estreitamento, além de tubulações, vigas, e um banco de areia, na saída do canal, esse, com origem nos assoreamentos no rio São João, que reduzem o fluxo normal da água. Hoje, a capacidade de vazão é insuficiente, apesar de obras realizadas no passado. Também contribui para o rápido acúmulo de água a condição de a avenida estar localizada numa baixada, área plana cercada por elevações, onde atualmente há cerca de dez bairros. A grande quantidade de construções diminui a absorção dos recursos hídricos, assim como o asfalto que impermeabiliza o solo, aumentando o fluxo e a velocidade com que o volume pluviométrico chega à avenida.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui