Romeu Zema visita Itaúna para conhecer estrutura e método da Apac

0
448
Belo Horizonte_MG, 08 de novembro de 2018 Retrato doe Romeu Zema, Governador eleito de Minas Gerais pelo Partido Novo. FOTO: JOAO MARCOS ROSA/NITRO

Primeira cidade incluída na agenda oficial de Romeu Zema, Itaúna recebeu o chefe do Executivo estadual e o vice, Paulo Brant, além do presidente do Tribunal de Justiça de Minas Gerais – TJMG -, Nelson Missias de Morais, e a desembargadora Márcia Milanez, nesta quinta-feira, 10. O prefeito Neider Moreira e o presidente da Câmara, Alexandre Campos, acompanharam a comitiva, que percorreu a unidade local da Associação de Proteção e Assistência aos Condenados – Apac – considerada referência internacional. Também participaram do encontro o juiz criminal Paulo Antônio de Carvalho, o secretário municipal de Planejamento e Governo, Alisson Diego Batista Moraes, o presidente do Centro de Desenvolvimento Socioeconômico – CDE -, Maurício Nazaré, e o novo superintendente regional de Saúde, Alan Rodrigo da Silva.

Ao conhecer de perto a estrutura e o método adotado pela instituição, Zema assumiu compromisso de duplicar até o fim do mandato o número de vagas no sistema. Atualmente existem aproximadamente quatro mil recuperandos no regime, em todo o estado. Foi a primeira vez que um governador em exercício esteve na Apac, conforme informado pelo TJMG, responsável pelo convite e organização da visita, que terminou com um almoço no refeitório da entidade.

“Saio daqui muito impressionado com o trabalho digno que é feito. São quase 200 pessoas recebendo e tendo oportunidade de aprender uma atividade que será muito útil para elas. Vejo que é um caminho que temos que incentivar mais em Minas Gerais, pois representa um maior grau de ressocialização e também um custo menor para os cofres públicos. Um governo tem que atuar em todas as frentes. Educação é importante, desenvolvimento também, mas o ser humano não pode ficar relegado a um segundo plano”, afirmou Romeu Zema. O governador passou pela padaria, marcenaria, horta, cozinha, cantina, entre outros ambientes comuns na rotina dos recuperandos e o serviço de montagem de peças automotivas.

Demandas da cidade

De acordo com a assessoria de Comunicação da Prefeitura, Neider Moreira entregou ao chefe do Executivo mineiro ofício com solicitação de pagamento dos recursos previstos em convênio celebrado entre o Município e o Estado, visando a duplicação da ponte sobre o rio São João, no Distrito Industrial. “A obra é fundamental para garantia do escoamento da produção das empresas já em funcionamento naquela localidade, com eficiência e segurança. E, além disso, um atrativo para implantação de mais negócios e, consequentemente, geração de emprego e renda”, explicou o prefeito. Romeu Zema abordou a questão dos repasses constitucionais retidos pela gestão de Fernando Pimentel e reafirmou o compromisso de regularizar a situação. A dívida do governo de Minas Gerais com Itaúna chega a R$ 25 milhões.

O presidente do Centro de Desenvolvimento Econômico e Socioambiental – CDE – Maurício Nazaré, destacou como um grande trunfo da visita a oportunidade de tratar pessoalmente com o governador os projetos para a segurança pública. O empresário abordou a importância da liberação de verba para a instalação de abrigo para menores infratores, que por ter como exemplo o modelo da Associação de Proteção e Assistência aos Condenados, ganhou o nome de “Apac Juvenil”. Ele também cobrou a construção da nova sede para a Polícia Civil, com integração de todos os setores, além de mais investimentos em efetivo, armamento, equipamentos e estrutura, para que a delegacia da cidade seja elevada a regional.

“Estou muito feliz por perceber que nosso município vivencia um momento único, com a nova gestão de Minas Gerais. Se soubermos valorizar, fazendo valer a parceria e atenção do governador, vice e toda a equipe do Executivo estadual, elevaremos Itaúna ao ponto que todos que amam esta cidade gostariam de ver”, comentou.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui