Capoeiristas fazem campanha para reunir doadores de sangue e manter estoque de bolsas durante o Carnaval

0
308

O período de festas carnavalescas é um dos mais marcados por baixa nos estoques dos hemocentros. As pessoas se afastam das atividades como doadoras, o que gera uma crise nos bancos de sangue. Em contrapartida, nessa época do ano é normal o aumento do pedido de bolsas por parte dos postos de coleta, devido ao grande número de acidentes de trânsito, da violência urbana, além das demais questões que também demandam transfusões, como cirurgias e hemorragias, por exemplo.

Pensando nisso, a Associação Brasileira de Apoio e Desenvolvimento da Arte Capoeira – Abadá -, que em Itaúna está há mais de 20 anos engajada nas causas em prol da sociedade, decidiu promover uma campanha de conscientização sobre as doações antes do início do Carnaval. O objetivo é justamente contribuir para que os estoques não fiquem baixos na época e ajudar aos que estão precisando. A instituição já colocou em prática outras iniciativas como esta, mas em outros períodos do ano.

Intitulada “Capoeirista sangue bom, cidadão consciente”, a mobilização começará no dia 02 de fevereiro, às 10 horas, na Praça da Matriz. Além da participação ativa, os integrantes do movimento pretendem sensibilizar familiares, amigos e a comunidade em geral. Também haverá palestras e distribuição de materiais informativos sobre a importância desse ato e como doar, durante as atividades desenvolvidas pela Abadá, como a roda de capoeira.

União do bem

A iniciativa conta com a parceria do Hospital Manoel Gonçalves. As pessoas que aderirem ao movimento e que quiserem doar serão orientadas a entrar em contato com a Casa de Caridade, pelo telefone 3249-5329, para agendamento. Para isso, basta dizer que quer participar da campanha “Capoeirista sangue bom, cidadão consciente”. O transporte para o Hemominas será gratuito, disponibilizado pela própria unidade de saúde, nos dias 08,15 e 22 de fevereiro. Para quem não puder participar nas datas, que caem na sexta-feira, haverá também uma agenda num sábado ainda a ser confirmado.

Os membros da Abadá estipularam como meta alcançar o máximo de doadores possível. Eles ainda conseguiram o patrocínio de empresas para a confecção de algumas camisas da mobilização, para entrega aos 30 primeiros voluntários que abraçarem a causa.
“Nós já realizamos outras campanhas sobre doação de sangue. Mas, esta será diferente. Este ano, nós lembramos da dificuldade dos bancos durante o Carnaval e pensamos em fazer algo para contribuir, maior do que já desenvolvemos até agora, que ajude mais pessoas. Se cada um conseguir mobilizar dois doadores na família ou entre os amigos e mais dois no trabalho, será um ganho significativo. E, se estas pessoas que mobilizamos conseguirem o mesmo, vamos auxiliar muita gente. Esta é uma ação muito importante. É uma corrente do bem. Como diz a letra da música: ‘Eu doo sangue, vem você também doar, amanhã é outro dia você precisar!’.Então, vamos multiplicar nossos esforços. Eu já consegui dois doadores, fiquei muito feliz porque sei que esses dois vão poder ajudar pessoas que estão precisando muito. Agora, vou correr atrás de mais dois e depois de mais dois”, comentou o instrutor da Abadá Capoeira, Denis Mariano, mais conhecido como “Filhote”, organizador da iniciativa. 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui