Volkswagen anuncia recall para recomprar carros vendidos sem registro

0
472

Você ou alguém que conheça tem um carro da Volkswagen fabricado de 2008 a 2017? Caso a resposta seja sim, o proprietário do veículo deverá ficar atento a um possível contato da montadora. Isso, porque a empresa anunciou nesta quarta-feira, 30, um recall pouco comum na indústria automotiva brasileira.

A Volkswagen está comprando de volta 194 automóveis, de 15 modelos diferentes, produzidos entre 2008 e 2017, para serem destruídos. Foram incluídos na lista desde os populares nacionais “up!”, “Fox”, “CrossFox”, “Saveiro”, “Polo”, “Polo Sedan”, “Gol”, “Parati” e “Voyage”, até os importados de luxo, como o “SUV Touareg”, “sedã CC”, “Passat”, “Passat Variant”, “Tiguan”, “Golf”.

A empresa adotou a medida porque constatou que os carros foram comercializados sem um documento interno chamado registro de liberação. Devido à falta desta documentação técnica, que é uma espécie de relatório de montagem, não é possível assegurar que as 194 unidades em questão atendam aos padrões de qualidade e segurança exigidos pela fabricante.

A assessoria de imprensa da Volkswagen disse que apesar de haver risco de falhas de funcionamento de algum componente, a atitude de tirar os automóveis de circulação é preventiva. Em nota, a empresa afirmou que não tem registro de quaisquer acidentes ou lesões que poderiam ser atribuídos a esse fator.

Ainda segundo a montadora, os proprietários dos veículos envolvidos no recall serão contatados por telefone e receberão uma proposta de compra feita pela fábrica, que se comprometeu a pagar o valor da Tabela Fipe, referência para os preços médios no mercado nacional. Uma agente jurídica do Procon disse que as pessoas que se sentirem lesadas por terem utilizado um carro fora dos padrões ou ver nessa convocação para venda do veículo algum prejuízo, podem mover uma ação indenizatória.
Para esclarecer dúvidas a respeito do assunto, a Volkswagen colocou à disponibilização do público a Central de Relacionamento com Clientes, que atende pelo telefone 0800-019 8866. 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui