Universidade de Itaúna promove mais uma edição do Seminário de Estudos Jurídicos

0
2310

A Universidade de Itaúna, mais uma vez, pensando na promoção do ensino além das salas de aulas, realiza o Seminário de Estudos Jurídicos, do dia 13 a 16 de maio, com palestras, debates, simulados e muito aprendizado para os formandos em Direito.

O curso tem como foco a formação teórica e prática do profissional da área jurídica, a saber, da advocacia, juizado, promotoria de justiça, defensoria pública e o magistrado em geral. Além disso, o curso também tem como objetivo trazer números significativos na prestação de serviços jurídicos que atendem a comunidade.

O seminário é uma oportunidade a mais de capacitação para os futuros profissionais, proporcionando a eles realizar pesquisa e intervenção na realidade social e que reconheçam e vivenciem suas responsabilidades e atribuições na área.

As inscrições seguem abertas até o dia 12 de maio e estão sendo feitas através do portal www.sympla.com.br. O valor da contribuição é de R$ 15 para participar de todos os dias, em apenas um turno. Caso o aluno deseje participar das palestras dos dois turnos, deverá efetuar dois pagamentos.

O seminário começa às 8h, com o Júri Simulado, com a mesma atividade às 19h. Já no dia 14, às 8h, tem a abertura do evento diurno, seguida por uma palestra, às 8h30, sobre a “Alienação Parental”. Às 9h30, a palestra será sobre a “Criminalização da LGBTfobia”, em seguida, às 10h30 haverá um debate. Os eventos noturnos começam às 19h, com a abertura. Às 19h30, começa a palestra sobre “A influência da mídia no direito penal”, sendo seguida, às 21h, por debates.

Na quarta-feira, 15, o dia começa com a palestra “Prisão em 2ª instância e presunção da inocência”, às 8h. Enquanto, “A nova criminalidade e medidas preventivas” será palestrada às 9h, sendo seguida por debates, às 10h. Já à noite, “O alcance da Reforma Trabalhista Brasileira” começa às 19h30 e a “Teoria da chance perdida”, às 20h30, com debates às 21h30.

O último dia de seminário começa às 8h, com a palestra “Crise direito do trabalho no Brasil e as perspectivas jurídicas da atuação sindical”. Às 9h, o “Pós-positivismo e pós-democracia: da subjetivação descensional à espetacularização do direito” será palestrado, seguido por debates, às 10h.

Às 19h30, uma palestra sobre o “Ministério Público: atuação resolutiva em temas polêmicos e socialmente relevantes”, sendo seguida pela “Legalidade da democracia”, às 20h30, com o seminário sendo finalizado, às 21h30, com debates.

Cada evento valerá 16 horas complementares, e irá para caderneta de estágio. 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui