Mais de 300 usuários do “Passe Livre” têm benefício suspenso

0
431
Jornal S´Passo

De acordo com a Secretaria de Assistência Social, medida é decorrente do não recadastramento   

Alguns usuários do programa “Passe Livre” procuraram a reportagem para denunciar que a Prefeitura não teria realizado a recarga dos cartões de benefício este mês.  Segundo eles, sem o benefício, várias mães tiveram que andar quilômetros com os filhos para levá-los à escola e o problema teria prejudicado principalmente quem tem alguma deficiência.

O JORNAL S’PASSO entrou em contato com a Secretaria de Assistência Social para averiguar o que ocorreu com os benefícios. A pasta informou que 342 usuários tiveram o benefício do programa “Passe Livre” suspenso e que o motivo é o não recadastramento.  

De acordo com a Secretaria de Assistência Social, para continuar utilizando o “Passe Livre”, os cidadãos precisam realizar o recadastro no programa a cada dois anos e, nesse aspecto, foram amplamente divulgadas informações referentes ao período do recadastro, que ocorreu nos meses de setembro a dezembro do ano passado.

Em nota, a pasta também informou que concedeu entrevista à rede de televisão local e em uma rádio da cidade, para avisar sobre a necessidade do recadastro, assim como foram afixados cartazes em todos os ônibus da Autotrans. Entretanto, apesar de propagar a informação, parte dos usuários do programa não se recadastraram na data estipulada, o que ocasionou o bloqueio do benefício no dia 20 de maio.     

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui