Extensão de Cílios: procedimentos e cuidados

0
286

O procedimento de extensão de cílios está ganhando cada vez mais espaço nos cuidados e beleza da mulher, entretanto feito errado o alongamento pode causar hematomas e danos à saúde ocular. Por isso, a escolha de um bom profissional é excepcional para um bom resultado.

Existem dois tipos de extensão de cílios: a fio a fio e o volume russo. Na primeira, cada fio sintético é colocado em um natural, enquanto o volume russo é colocado de dois a 20 sintéticos em um fio natural.

Segundo a renomada profissional de Lash Boss, Marcela Oliveira, a escolha de qual procedimento deve ser feito vai além da cliente. “É preciso olhar o formato do rosto, do olho, para destacar as qualidades da beleza da cliente, além da análise da espessura dos cílios, a grossura dos fios, característica capitar porque o procedimento em hipótese alguma pode danificar o fio natural”, explica. A extensão deve ser colocada há dois milímetros de distância da raiz, então não há empecilho no crescimento do pelo ou afeta os olhos, garantindo a segurança. O procedimento é indolor e o resultado final dura 40 dias.   

Marcela tem certificados nacional e internacional para realizar e ensinar o procedimento. De Tocantins, ela chegou à Itaúna para trabalhar com maquiagem, mas descobriu sua especialidade na extensão de cílios. “Eu me recuperei de uma cirurgia de câncer e comecei a aprender sobre extensão de cílios porque eu queria algo que empoderasse a mulher, deixasse ela feminina. Eu queria trazer algo que desse força a elas através da autoestima. Depois de aprender bastante, comecei a dar cursos e inventei de fazer um canal no YouTube e deu certo”, conta a profissional.

Extensão x Cílios postiços

A diferença entre os cílios postiços e a extensão, além da durabilidade, é a saúde ocular. Os cílios postiços são colocados em cima dos fios, o que acaba impactando no crescimento deles, ou então é posto na pele, que causa danos ainda mais severos pois pode machucar a área e retirar fios naturais. Enquanto a extensão de cílios só causa dano se o profissional não souber aplicar o procedimento correto, se não fizer a proteção dos olhos, isolamento do local. Além disso, a cliente não pode molhar os olhos por 24 horas após a aplicação.

Lash Lifting

Um outro procedimento feito nos cílios é o chamado Lash Lifting. No entanto, a profissional destaca que o Lash Lifting não é recomendável, sendo preferível até os cílios postiços. Ela explica que o produto usado é o Tioglicolato de amônia, o famoso alisante capilar. “Ele voltou com outro nome e os produtos falam que é um generalizador, mas nada mais é que um alisamento nos olhos com um alisante forte e tintura que não é compatível. Com isso, o procedimento muda a estrutura do fio, fazendo ocorrer uma queda capilar depois de um tempo”, afirma.

Marcela Oliveira recomenda as clientes a perguntarem sobre todo o procedimento, exigir a proteção, como o uso de luvas, dos profissionais, além de perguntar sobre cada produto e a esterilização de cada material usado no procedimento. Com isso, a pessoa pode ter certeza de um serviço de qualidade e durabilidade.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui