Prefeitura assina concessão do Rotativo com empresa que implantará sistema 100% digital

0
948

Expectativa é que sejam arrecadados R$ 300 mil por mês, com 1.782 vagas na região central

O prefeito Neider Moreira assinou nessa quinta-feira, 27, o contrato com a empresa que vai gerenciar o Estacionamento Rotativo em Itaúna. A vencedora da licitação foi a IT2B, de São Paulo, mas que também tem unidade em Minas, que apresentou uma proposta de isentar o Município com custos diretos e indiretos, expandindo o número de vagas rotativas na cidade para 1.782.

A empresa apresentou uma proposta de plataforma digital, com um sistema de gestão que permite a Prefeitura acompanhar online a arrecadação e gráficos de gerenciamento e um repasse mensal de 27%. A estima inicial de arrecadação é de R$ 300 mil por mês, cobrando R$ 2 a hora para carros e R$ 1 para motocicletas, podendo o usuário renovar por mais uma hora.

“De toda receita oferida pelo rotativo, 27% fica para o município e será revertida para o trânsito, obviamente. Então, vamos ter um trânsito moderno e uma outra questão importante é a geração de empregos. A terceira questão é que com o uso muito mais racional dos espaços de estacionamento da cidade, teremos um fluxo de muito mais veículos estacionando na área comercial da cidade durante o dia, facilitando o acesso das pessoas ao comércio, fazendo com que mais empregos sejam gerados pelos comércios e mais renda também seja oferida pelos comerciantes”, comentou o prefeito Neider Moreira.

A IT2B implantará a plataforma ZAR – Zona Azul Rápida –, com o atendimento ao público 100% digital, visando agilizar o processo, sem a necessidade de cartelas do rotativo, que passa a funcionar por meio de aplicativo para celular.

“A tecnologia mais moderna utilizada no mundo hoje, em relação a estacionamento. São aplicativos através de smartphones, em que a pessoa não tem necessidade de bilhetagem de papel, uma vez que é eletrônica, digital, e isso facilita demais a vida das pessoas, porque ela não perde tempo com isso. É uma utilização muito mais racional e dinâmica das vagas de estacionamento”, completou Neider.

A concessão para a empresa IT2B é de 10 anos e, com a assinatura do contrato quinta-feira, ela terá 60 dias para sinalizar e começar a entrar em modo de operação.

“O sistema de transporte e trânsito, a gestão do rotativo, temos a gestão financeira, do software, toda a gestão administrativa ou módulo administrativo, tem que ser realizado de acordo com os moldes previstos no edital. Então, a Prefeitura terá um módulo administrativo em que iremos gerenciar em tempo real tudo que está acontecendo e se houver qualquer falha durante o processo de operação, seremos avisados online. Para que a gente ponha medidas cabíveis e corrija e não cometa as mesmas falhas de editais antigos, onde se ficou muito engessado”, explicou o gerente superior de mobilidade urbana, Audrey Juliano Ferreira Leite.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui