“Pau que dá em chico, tem que dar em Francisco também”

0
707
Jornal S`passo - Vereador Iago Souza

Gleissinho defende cassação do vereador Iago, baseado em áudio divulgado

O vereador Gleisson Fernandes afirmou que o vereador Iago Souza também pode responder por aceitação de suborno, no caso envolvendo a tentativa de cooptação do voto do parlamentar pelo vereador Alex Arthur.

Ao comentar o caso, Gleissinho disse que no áudio divulgado por Iago fica clara a intenção do parlamentar em aceitar a propina. “Uma das coisas que ninguém fala é que o vereador Iago aceitou ser subornado pelo vereador (Alex). No próprio diálogo que veio a público, através do áudio vazado, em aplicativos de rede social, Iago afirma que ‘não carecia’ ser um montante de R$ 20 mil. Mas, a metade já estaria de bom grado”.

Gleissinho disse que ainda que o parlamentar estivesse gravando a conversa, ele deveria ter tido uma postura mais firme e taxativa em dizer que não aceitaria o suborno e deveria, imediatamente, ter acionado a polícia. “Se fosse eu, não prolongaria o assunto. Chamaria a polícia, faria boletim de ocorrência e colocaria o aliciador para correr, caso a polícia não o prendesse”.

O parlamentar repudiou a atitude de ambos e lamenta que a Câmara tenha que passar por esta situação. Gleissinho ainda defendeu que as mesmas atitudes tomadas frente a atitude de Lequinho sejam tomadas também para Iago. “Em resumo, tal ato deveria ser veemente repudiado pelo vereador Iago, durante o diálogo entre os dois, de forma bem firme, não dando mais confiança ao vereador que o aliciava naquele instante. Isso não invalidaria o devido flagrante, que estava sendo construído, através da gravação da conversa, e mostraria a verdadeira postura do vereador Iago em relação ao ato de suborno que se deu por parte do vereador Lequinho. Sendo assim, acho que ambos erraram. Ambos devem ser punidos. O Pau que dá em Chico, dá em Francisco”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui