Município controla casos de dengue

0
1073

Mas recomendação é que cuidados sejam mantidos no inverno

A Secretaria Estadual de Saúde – SES – divulgou na última segunda-feira, 08, o boletim epidemiológico atualizado de monitoramento dos casos de dengue, chikungunya e zika. Conforme publicação da SES, a incidência de casos prováveis em Itaúna, que estava alta, passou a ser considerada baixa nas últimas quatro semanas, com 92 casos sendo investigados.

Na atualização do dia 16 de junho o município chegou a ter 317 casos prováveis e estava sob alerta, com alta incidência da doença. No dia 24, o número de casos investigados caiu para 220, tornando-se incidência média.

Em relação ao zika vírus, nas quatro últimas semanas, Itaúna também está com baixa incidência, com registro de 117 casos prováveis, bem como a chikungunya, com total de 265 casos sendo investigados.

Apesar da mudança de cenário, a Secretaria Municipal de Saúde pede para que a população não pare de adotar as medidas preventivas contra a doença. “É preciso manter as mesmas orientações do período da epidemia, não deixar recipientes de boca para cima, olhar os quintais uma vez por semana para fazer uma vigília, checar se não há materiais que acumulam água. No inverno o vírus continua circulando, o mosquito continua circulando”, alerta a gerente superior de Saúde, Maria Isabel.  Na última semana, a equipe da Vigilância Ambiental esteve no bairro Aeroporto para fiscalizar imóveis abertos e também fechados. Um foco do mosquito Aedes Aegypti foi encontrado em uma casa sem morador. Já no Morada Nova I, a Prefeitura retirou quase oito toneladas de lixo e entulho de uma só casa, nessa semana. Para concluir a ação, foi preciso o auxílio de um trator, para retirada de várias madeiras que estavam no quintal. A ação também foi preventiva contra o Aedes Aegypti.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui