Hospital Manoel Gonçalves enfrenta dificuldades para encontrar doadoras de leite materno

0
738

A Semana Mundial de Aleitamento Materno foi comemorada do dia 1º a 07 de agosto e a data, incluída no calendário pela Organização Mundial da Saúde e Fundo das Nações Unidas para a Infância, Unicef, tem o objetivo de lembrar a importância de amamentar o bebê até os dois anos de vida, garantindo um desenvolvimento saudável.

Assim como a doação de sangue, a doação de leite materno é um gesto solidário que pode salvar muitas vidas e, por isso, algumas unidades de saúde costumam manter um setor exclusivo para que as mulheres em fase de amamentação possam doar. Todo o leite é destinado a bebês com baixo peso e pré-maturos, internados e que não podem ser amamentados pelas próprias mães.

O banco de leite do Hospital Manoel Gonçalves atende Itaúna e toda região e segundo a enfermeira supervisora dos setores Maternidade, Pediatria e Banco de Leite, Iêda de Oliveira Rabelo, é difícil a situação do banco de leite.

“Nossa maior dificuldade é a captação de doadoras. Temos atualmente apenas cinco doadoras, por isso, nosso estoque de leite materno está muito baixo”, disse.

A falta de material para a coleta do leite também tem sido uma preocupação para a equipe do hospital. “Precisamos também de frascos de vidros com tampas plásticas, que serão muito bem-vindos se doados”.

De acordo com o Ministério da Saúde, o Brasil tem a maior e mais complexa rede de bancos de leite do mundo, com 211 unidades e 186 postos de coleta, mas falta adesão das mães para doação e a Rede Brasileira de Bancos de Leite Humano consegue suprir aproximadamente 60% da demanda para os recém-nascidos prematuros e de baixo peso internados nas UTIs neonatais.

As mulheres que quiserem ser doadoras devem entrar em contato com o banco de leite humano do Hospital, pelo telefone 3249-5319 e vai receber orientações, além de um kit contendo máscara, touca e vidro esterilizado. O leite coletado é recolhido em domicílio pelo motorista do hospital.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui