Estoque de sangue em baixa no Hospital Manoel Gonçalves

0
984

A diminuição é devido a clima seco, doenças respiratórias e vacinação

O Hospital Manoel Gonçalves está com seu estoque de sangue em baixa, precisando de doações urgentes para repor todos os tipos sanguíneos.

O clima seco, doenças respiratórias e vacinação são algumas das causas que afastam os doadores nesta época do ano. Outro fator que contribui para que os estoques estejam próximos ao limite é o fato da cidade contar com poucos doadores. “Temos alguns doadores cadastrados, que doam regularmente, porém como existe um prazo mínimo que deve ser respeitado entre uma doação e outra (60 dias para homens e 90 dias para mulheres) estamos tentando sempre captar novos doadores”, explica Tatiana Rocha Antunes, da coordenação de enfermagem do Manoel Gonçalves.

De acordo com dados da Fundação Hemominas, em Divinópolis, que fornece as bolsas de sangue para o Hospital Manoel Gonçalves o tipo “O negativo” é o sangue mais raro. O estoque sofreu uma queda de 40% nas doações e está em porcentagem crítica no banco de sangue. O tipo O negativo é o único que pode fazer doações para todos aqueles que necessitam da transfusão.

Ainda segundo a Hemominas, outra baixa sofrida foi em relação ao grupo sanguíneo O positivo, com 30% a menos de doações, mesmo sendo o sangue de maior parte da população. Por isso, o apelo é maior para os doadores voluntários que possuem esses tipos sanguíneos procurarem imediatamente o setor.

Critérios

Para o itaunense que deseja fazer doações, o Hospital Manoel Gonçalves disponibiliza um carro, todas as sexta-feira, para levar e trazer os doadores de sangue, uma vez que a coleta é realizada em Divinópolis. Para agendar a doação é preciso ligar na agência transfusional no número 3249-5329, no horário de 13h às 17h.

Antes de doar é preciso estar atento a algumas recomendações. Para se tornar um doador é necessário ter e estar com boa saúde, ter entre 16 e 69 anos de idade. Jovens de 16 e 17 anos somente poderão doar acompanhados do responsável legal ou portando autorização formal. Pessoas com mais de 61 anos só podem doar se tiverem realizado pelo menos uma doação até os 60 anos.

É preciso pesar mais de 50 kg, dormir bem na noite anterior, alimentar-se antes, se for doar pela manhã. À tarde dar um intervalo de três horas após o almoço. Não é permitido doar em jejum. O doador deve estar com o documento original de identidade com foto.

A Hemominas pede que as pessoas compareçam para doar antes de serem imunizadas contra o Sarampo. Após tomar a vacina, os doadores não podem doar por quatro semanas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui