Passagem a R$4,00 a partir de hoje

0
814

Passagem aumenta 6,83% e passa de R$3,75 para R$4,00 a partir de hoje

Começa a valer a partir de zero hora de segunda-feira, dia 23, os novos valores das passagens do transporte coletivo de Itaúna. O anúncio veio através de comunicado oficial da prefeitura, emitido ontem pela Assessoria de Comunicação.

O valor da passagem vai aumentar dos atuais R$3,75 a  R$ 3,85 para quem utiliza o cartão e R$ 4 em dinheiro, reajuste de 6,83%.

A concessionária apresentou pedido de correção dos valores em 13,38%, levando em consideração a elevação do custo operacional do sistema com a variação dos preços do diesel, lubrificantes, peças, pneus, recapagens, equipamentos, mão de obra, manutenção de frota e encargos trabalhistas.

A Prefeitura de Itaúna não aceitou o pedido da concessionária e autorizou apenas metade do que foi pedido pela concessionária. Em entrevista a um site de notícias, o prefeito Neider Moreira, afirmou que a planilha de custos evidenciou a necessidade do aumento.

Ainda segundo a nota, a Prefeitura de Itaúna afirma que sempre ouve as reivindicações e necessidades da população. “Por isso faz estudos constantes para a melhoria do serviço, além de fiscalizar com rigor a concessionária para um transporte coletivo de qualidade que hoje cobre 97% do município, ” redigiu.

Insatisfação

Apesar de menor que o proposto pela Concessionária o aumento irritou a população. Augusto Fonseca, bancário, diz que o serviço é péssimo e que não se anda e nem tem horários suficientes que justifiquem o aumento. “Isto é tudo um conluio. Entra prefeito, sai prefeito e é a mesma coisa. Fazem um joguinho de cena que não vão conceder o aumento, mas no fim sempre sai e a população sempre perde”.

Andressa Santos, estudante, cobrou melhorias prometidas e que até agora não saíram do papel. “Não temos nem guaritas decentes para esperar os ônibus. Não temos wi-fi. Falaram que ia ter um painel informando quanto tempo o ônibus chegaria e até agora nada disto foi implantado”.

A dona de casa Maria das Dores arremata questionando os horários. “Essas modernidades, como wi-fi, painel nem precisava ter. Para mim se tivesse ônibus menos sucateado e que cumprissem os horários já estava bom”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui