Após moradores relatarem infestação de carrapatos, Zoonoses realiza ações no Três Marias

0
895

Aracnídeo encontrado, que é o principal transmissor da febre maculosa, foi encaminhado à fundação Ezequiel Dias para análise.

O parque Ecológico Professora Maria Ivolina Gonçalves de Sousa, localizado no bairro Três Marias, e muito frequentado pelos cidadãos que buscam no local a prática de exercícios físicos, pescaria e nado, tem sido alvo de dezenas de reclamações de moradores, que alegam que o espaço está infestado de carrapatos.

Temendo pela contaminação pela bactéria que causa febre maculosa e é transmitida pelo carrapato, o Centro de Controle de Zoonoses foi acionado essa semana a fim de conter a situação.

A Gerente de Saúde da Secretaria, Maria Isabel Dâmaso, contou que após o pedido da população pelo auxílio, diversas ações foram realizadas no espaço. “Nós fizemos uma visita técnica e um trabalho de dedetização em torno do parque ecológico e da lagoa. Com isso, conseguimos recolher um exemplar do carrapato”, explicou.

Apesar de somente um carrapato ter sido encontrado, Isabel comentou que o aracnídeo foi destinado à Fundação Ezequiel Dias – FUNED -, para analisar a possibilidade do mesmo estar contaminado com a bactéria.

A gestora ainda aproveitou para alertar a população quanto a medidas preventivas. “Se forem frequentar locais que tenham cavalos, utilizem os repelentes à base de uma substância chamada icaridina, que é eficaz no combate ao carrapato. É recomendável usar roupas de cores claras, vestimentas longas e calçados fechados. Além disso, é bom evitar sentar ou deitar em gramados conhecidos por infestação dos insetos. E, ao chegar em casa, procure por picadas para saber se elas ocorreram”, esclareceu.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui