Nova aparição de Nossa Senhora divide opiniões

0
3203

A notícia de que Nossa Senhora de Itaúna teria se revelado novamente na Gruta, no Bairro de Lourdes, deixou católicos e toda a comunidade fervorosa. O fato rapidamente ganhou as redes sociais e centenas de itaunenses publicaram uma foto, que teria sido tirada por celular, no momento da aparição.

Segundo relatos, um empresário da cidade, frequentador assíduo do local, teria ido ao terço dos homens, na quarta-feira. O senhor teria ficado em oração após o término do terço e, já com o local vazio, teria deixado a gruta em companhia de mais duas pessoas.

O empresário então teria se voltado ao altar quando teve a visão. Duas luzes muito fortes estariam ao lado do altar. Nossa Senhora e um anjo que a acompanhava. O empresário teria batido a foto que circula nas redes sociais.

O Jornal S’Passo tentou contato com o empresário para confirmar os relatos. Esteve em sua empresa e em sua casa, no centro da cidade.

Na empresa, funcionários disseram que ele não se encontrava e não poderiam informar o número de contato do senhor. Na casa do empresário, um funcionário disse que ele estava viajando com a família e não soube precisar quando ele e a família voltariam. Ao ser questionado se o patrão teria visto a Virgem, o funcionário limitou-se a dizer que este era o comentário na cidade.

O Jornal S’Passo ouviu ainda frequentadores do “Terço dos Homens” e voluntários que ajudam na organização. Luiz Henrique Vilela, aposentado, diz que conhece o empresário e que ele realmente fica em oração após o término do terço. “Ele sempre vem aqui, não apenas no terço, mas em outros dias também. É uma pessoa muito boa, de bom coração”.

Walter de Assis, auxiliar de mecânica, disse que esteve no terço e que tudo parecia como das outras vezes. “Eu não duvido que ele tenha visto Nossa Senhora. Ele é uma pessoa de muita fé. Os moradores de rua, sabendo que ele frequenta a gruta, ficam aqui na porta para pedir dinheiro a ele e ele sempre dá”.

Mas há quem duvide da aparição. Reinaldo Gomes, motoboy, desdenha sobre o assunto. “Primeiro, estão falando que tinha três pessoas, mas só o nome de um é conhecido. Segundo, se isto for verdade, tem que levar para o Guiness, porque vai ser a primeira vez que uma aparição é fotografada. Para mim isto está mais como um reflexo do que como uma visão”.

O Jornal S’Passo ouviu voluntários que ajudam na organização do terço. Como a igreja Católica é cometida nestes casos, eles pediram para não terem seus nomes revelados. Um dos ouvidos, que ajuda na sonorização e montagem de equipamentos, disse que nos pontos onde há os reflexos não existem refletores e nem qualquer equipamento que possa ter projetado a luz. Outro rapaz, que atua na limpeza e recolhimento dos materiais, afirmou que realmente o empresário ficou para trás no dia do terço. “Eu já havia recolhido todo o equipamento e descido para fechar as portas. Este senhor sempre fica até mais tarde. Mas eu não me lembro se havia mais alguém com ele”. 

As aparições

As aparições de Nossa Senhora de Itaúna começaram em 1955. Três crianças, entraram na mata fechada, onde hoje é o bairro de Lourdes. Ao chegarem ao local, os três garotos avistaram uma luz forte descendo do céu. “Vimos descendo uma nuvem branca brilhante, que foi parar sobre um cupinzeiro na mata. Apareceu Nossa Senhora, toda bonita, como se fosse um raio de luz. Ficamos assustados e fomos procurar o padre”, relatou Eduardo Vasconcelos, uma das crianças que viu a Santa. Sem acreditar muito no burburinho que acontecia na cidade, o farmacêutico Ovídio Alves começou a fazer visitas ao local da aparição por curiosidade. Após fazer uma oração pedindo para ver a Nossa Senhora ele vê a Virgem Maria ao lado do cupinzeiro. Foi o farmacêutico que descreveu a mensagem escrita na flâmula que Nossa Senhora traz: “Jesus Christo, eterno Deus. O paganismo ameaça o mundo. Erguei o altar, orai com fé e vós vereis o milagre da conversão”.

Em 2001, Dom José Belvino, bispo de Divinópolis, deu autorização para a reprodução da imagem de Nossa Senhora de Itaúna. As visões da última quarta-feira são a prova de que o elo entre a Senhora de Itaúna e a fé ainda são cada vez mais presentes em nosso tempo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui