Mutirão dermatológico realiza 62 atendimentos na cidade

0
1743

Cinco suspeitas de câncer de pele foram diagnosticadas

Para alertar sobre a prevenção do Câncer de Pele, terceiro maior tipo registrado na cidade, a secretaria de saúde realizou mutirão dermatológico no Centro de Especialidades Médicas e Odontológicas Dr. Ovídio. Ao todo, foram realizados 62 atendimentos, desses, cinco levantaram suspeitas de câncer e foram encaminhados para biópsia.

O câncer de pele é o tipo da doença mais incidente no Brasil, com cerca de 180 mil novos casos ao ano. Porém, quando descoberto no início, tem mais de 90% de chances de cura.

Existem três tipos de câncer de pele e todos os casos têm cura quando detectados em estágio inicial. Por isso, a indicação é procurar um médico, caso surja algum sintoma ou dúvida, para o especialista diagnosticar corretamente e iniciar o tratamento de forma adequada.

Prevenção e diagnóstico

Entre medidas de prevenção, está a redução a exposição solar, alimentação adequada, uso de protetor solar com fator mínimo de 30, realização de exames anuais e evitar exposição ao sol das 10h às 16h.

A doença pode ter o aspecto de uma pinta, uma pequena mancha ou outras alterações que, pode parecer algo sem muita importância. Por isso, é fundamental ter o conhecimento da própria pele e saber em quais áreas existem esses sinais. Apenas o exame clínico ou a biópsia podem diagnosticar o câncer de pele.

É importante estar sempre atento a lesões na pele de aparência elevada e brilhante, translúcida, avermelhada, castanha, rósea ou multicolorida, com crosta central e que sangra facilmente, além de pinta que muda de cor, textura, torna-se irregular nas bordas e cresce; e manchas ou feridas que não cicatrizam, continuam a crescer e causam coceira, crostas, erosões ou sangramentos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui