Conquista: Governo Federal assina Credenciamento final do Centro Oncológico

0
685

Itaúna vai ser um dos dois centros de referência da região que integra 53 municípios

Uma luta, muitas das vezes invisível pela grande maioria da população, o ato de realizar um tratamento oncológico em si, já é doloroso e muito difícil, isso, fica ainda pior quando o portador do câncer tem que realizar o tratamento fora de sua cidade, tendo muitas das vezes que ir até a cidade vizinha ou a capital, voltando cansados e desgastados pelos processos de quimioterapia ou outros procedimentos.

Finalmente o sonho de 230 pessoas que fazem tratamento fora da  cidade foi realizado na noite da última terça-feira, 17 de dezembro. A habilitação da unidade de alta complexidade no tratamento ao câncer foi assinada pelo Ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta. A estimativa de repasse federal para o funcionamento é de R$ 5. 066.619,60 anuais.

Com isso, fica permitido o funcionamento da unidade, que vai beneficiar centenas de pacientes, com o tratamento na própria cidade, sem necessidade dos deslocamentos. A novidade trará mais conforto já que, a situação por si só já é delicada. Além da quimioterapia, os portadores de câncer terão garantidos todos os procedimentos necessários à evolução do tratamento, como consultas, exames, cirurgias, internações, acompanhamento de nutricionistas, enfermeiros especializados, assistentes sociais e psicólogos.

Em entrevista coletiva realizada na quarta-feira, 18 de dezembro, na prefeitura de Itaúna foi destacada a conquista e relembrada a luta de nove anos para a implantação. “Em termos de saúde pública é uma mudança de patamar para a cidade. Ao receber esse credenciamento deste centro de oncologia, a cidade passa a ter uma outra visibilidade no atendimento médico hospitalar e passa a frequentar um seleto grupo de cidades que detêm um serviço desta natureza”, afirmou Neider Moreira.

Prefeito Neider Moreira e Secretário de Saúde Fernando Meira

Ainda segundo o prefeito além de ser referência no atendimento médico deve começar no primeiro trimestre do ano. “A gente espera que no mês de fevereiro a instituição já consiga fazer os primeiros atendimentos, há um prazo para adequar as equipes profissionais de trabalho e regulamentar os horários. Itaúna vai ser um dos dois centros de referência da região que integra 53 municípios”, finalizou o prefeito.

O JORNAL S’PASSO entrou em contato com o Deputado Estadual Gustavo Mitre, que é um dos responsáveis pela conquista e ele destacou que esse é um grande feito pela cidade, na ocasião o deputado agradeceu a ajuda de todos os envolvidos. “Quero parabenizar a incansável direção do Hospital Manoel Gonçalves, através de sua provedora, a dra. Marilda França Chaves, seus diretores, Francisco Mourão e Antônio Guerra e o corpo clínico, a direção da Avacci, através de sua presidente, Expedita Imaculada Lopes Gomes e seus colaboradores”, destacou.

Deputado Estadual Gustavo Mitre , Senador Carlos Viana e Ministro da Saúde Luiz Henrique Mandetta

Os agradecimentos não ficaram por aí, Mitre também engrandeceu o trabalho das entidades civis e políticos que participaram de alguma maneira da ação. “Eu não posso deixar de lembrar também da atuação dos vereadores Tonho da Lua, Gláucia Santiago e Márcia Cristina, ao secretário municipal de Saúde, Fernando Meira, ao prefeito Neider Moreira, ao superintendente regional de Saúde (SES), Alan Rodrigo, ao ex-deputado Jaime Martins e a todos que, de alguma maneira, contribuíram para este momento histórico. Com a união de todos, o cidadão itaunense e de toda nossa região é quem sai ganhando”, finalizou o deputado.

Já nas redes sociais, o Hospital Manoel Gonçalves agradeceu através de nota o envolvimento de todos os que participaram e lutaram para o credenciamento fosse efetivado.

Construção e equipamentos

A parceria entre o Hospital Manoel Gonçalves e a AVACCI de Itaúna possibilitou a construção do Centro de Oncologia no município, onde será realizado o tratamento de quimioterapia não só dos pacientes da cidade como de cidades vizinhas. A construção contou na época com a ajuda de Neider Moreira, que em 2010 era deputado estadual, Neider viabilizou um recurso com a secretaria de Estado no valor de um milhão e trezentos mil reais para a edificação do Centro Oncológico.

O prédio foi concluído no início de 2017, tendo no mesmo ano todos os documentos favoráveis e o credenciamento aprovado na secretaria regional de saúde. Os documentos foram encaminhados ao Ministério da Saúde, sendo posteriormente credenciado, restou apenas a aprovação de recursos para que a oncologia funcionasse.

Os equipamentos foram todos adquiridos pela AVACCI, também no ano de 2017, com recursos oriundos de campanhas, como o leilão de gado, arrecadações em eventos, dentre outras ações. Os móveis necessários foram cedidos em regime de comodato ao Hospital Manoel Gonçalves, por um período de dez anos. Foram nove anos de trabalhos para efetivar a conquista para a cidade que passa a ser o segundo polo de referência ao tratamento oncológico.

Ações realizadas

Desde 2017, várias ações foram desenvolvidas pelo hospital a entidade e a prefeitura a fim de credenciar o centro e colocar para funcionar. O funcionamento dependeria da assinatura e credenciamento do Governo Federal, que liberaria os recursos mensalmente para que os tratamentos fossem realizados no local.

No início de 2019, assim que o deputado Gustavo Mitre assumiu o pleito como suplente federal, foi até o ministro da saúde Luiz Henrique Mandetta e destacou que o credenciamento do Centro Oncológico seria uma necessidade prioritária para Itaúna. O ministro afirmou que o credenciamento sairia ainda este ano e que o pedido do deputado seria levado em consideração.

Vários outros políticos também reforçaram a solicitação, dentre eles está o senador Carlos Viana, o prefeito Neider Moreira, a deputada Greice Elias e as vereadoras Glaucia Santiago e Márcia Cristina, o vereador Antônio José de Faria (Da Lua) e o ex-deputado federal Jaiminho Martins.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui