Seis pessoas morrem por mês de pneumonia em Itaúna

0
802
Pulmonary Tuberculosis . Chest X-ray : interstitial infiltration at left upper lung due to Mycobacterium Tuberculosis infection

Graças ao diagnóstico precoce e ao tratamento adequado, a estudante Camila de Moraes Miranda, de 21 anos, descobriu que o desânimo e sintomas de uma gripe que não melhorava eram, na verdade uma pneumonia doença que já causou a morte de 79 pessoas em Itaúna, só neste ano.

A média é de seis registros de falecimento por mês em Itaúna, em decorrência da doença, mas as estatísticas envolvendo Minas Gerais são ainda mais alarmantes: no estado, são 20 óbitos por dia, número que faz a Pneumonia, ser classificada como uma epidemia.

Segundo dados do Hospital Manoel Gonçalves, este ano, as mortes aumentaram em 38,5% em relação a 2018, em que 57 pessoas vieram a óbito devido à enfermidade. Apesar de atingir pessoas de todas as idades, os idosos e as crianças são mais vulneráveis à doença.

Embora casos de pneumonia sejam mais frequentes no inverno, eles podem ocorrer o ano inteiro. Por isso, é preciso se alarmar aos sinais para que a doença seja identificada rapidamente e o tratamento seja eficaz.

Por ser uma inflamação dos pulmões causada por agentes agressores, a pneumonia pode ser desencadeada por diferentes fatores, sendo, virótica ou bacteriana. A doença virótica é em decorrência da gripe ou do sarampo; já a bacteriana, pode ser causada por bactérias internas ou externas ao nosso organismo.

Prevenção

Para se prevenir da pneumonia, as pessoas devem adotar hábitos mais saudáveis de higiene, boa alimentação e atividades físicas. Além disso, a Sociedade Mineira de Pneumologia recomenda a vacinação.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui