Vereadores trocam farpas pelas redes sociais

0
1793

A reunião tensa da última terça-feira, 28 de janeiro, para votação do projeto de lei de reajuste de salário dos servidores municipais, extrapolou o plenário do Legislativo e foi parar nas redes sociais. 

O vereador Hudson Bernardes teria realizado postagem no Facebook, afirmando que os vereadores que propuseram e votaram a favor da emenda supressiva que revogou o artigo que garantia que o reajuste beneficiasse também o primeiro escalão, estão agindo com “interesse eleitoreiro”, tendo em vista as eleições deste ano. 

Resultado de imagem para hudson bernades"

Hudson ainda destacou que “vereadores que compunham a Legislatura passada, a exemplo de Lequinho, Joel, Giordane, Marcinho Hakuna e Da Lua, sempre votaram a favor da recomposição para o ex-Prefeito, o ex-Vice-Prefeito e todo o primeiro escalão da Administração Municipal”, pontuou em publicação.  

Na publicação, Hudson disse também que em 2014, o índice aprovado foi de 5,50% e, no final deste mesmo ano, a recomposição para vigorar em 2015, foi de 6% de aumento. Já em 2016, último ano do mandato do ex-Prefeito Osmando Pereira, aprovou-se o reajuste de 10,97%, para todos os servidores públicos, inclusive os agentes políticos. 

Resultado de imagem para joel arruda"

Em resposta à publicação, o vereador Joel Arruda, o ‘Joel do Grupo de Oração’ rebateu Hudson dizendo que foi deselegante o colega citar seu nome na postagem. “O voto do vereador é inviolável, ou seja, cada vereador vota como achar melhor. Eu votei neste ano de 2020 contra o reajuste do prefeito e secretários. Interferir com julgamentos levianos nos votos dos colegas de legislatura é deselegante e mostra que o vereador Hudson está com certa dificuldade de explicar para o povo que votou favorável ao reajuste do prefeito numa época de escassez de recurso. Termino dizendo que só me manifestei aqui porque fui citado na publicação”, diz o comentário. 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui