9,3 milhões de pessoas ainda não sacaram o PIS; confira quem tem direito:

0
495

De acordo com a Caixa Econômica Federal, aproximadamente 9,3 milhões de pessoas ainda não efetuaram o saque. Isso corresponde a cerca de R$ 16,95 bilhões. Os clientes que já tem conta na Caixa recebem o crédito automaticamente, de acordo com o calendário de pagamento. Os valores de até R$ 3.000,00, se a pessoa tiver o Cartão do Cidadão, podem ser retirados em terminais de autoatendimento, lotéricas e correspondentes Caixa Aqui. Acima desse valor, os saques devem ser realizados em agências com identificação oficial.

Os valores não sacados das cotas do PIS/Pasep serão transferidos para o Fundo de Garantia Por Tempo de Serviço (FGTS). A ideia foi confirmada pelo presidente Jair Bolsonaro na última semana e para ser colocada em prática, é necessário que o Congresso aprove.

As cotas do fundo PIS/Pasep são destinadas aos trabalhadores formais e servidores que estavam em serviço entre 1971 e 04 de outubro de 1998. Enquanto o PIS é pago aos funcionários de empresa privada, o Pasep é voltado aos servidores públicos. Caso o cotista já tenha falecido, é possível que seus dependentes peguem o dinheiro. Para isso, são necessários a Certidão ou declaração de dependente habilitado à pensão de morte expedida pelo INSS, atestado da empregadora (servidores públicos), alvará judicial que indica o sucessor, forma de Partilha/Escritura Pública e de Inventário e partilha e termo autorizando o saque e afirmando que não existem outros sucessores (caso tenha consenso entre os dependentes).

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui