Aposentada faz máscaras e expõe em varal na porta de casa para ajudar vizinhos

0
1000

As situações extremas geradas pelo isolamento social são também oportunidades para que o ser humano mostre o melhor de si. Em Itaúna, por exemplo, dona Elizabeth, moradora do bairro Belvedere, se sensibilizou com a falta de máscaras, e resolveu dedicar o talento na costura para ajudar a combater o vírus. Ela confeccionou máscaras e as pendurou na porta de casa para doação. Junto com as máscaras, um aviso: “Se precisar, pode levar, só uma por vez. Lave todos os dias depois de usar. Lave com água e sabão. Use quando for sair de casa. Que Deus nos proteja”.

A aposentada conta que a ideia surgiu depois do sentimento de tristeza que se instalou junto com o isolamento social. “Nas primeiras semanas, eu fiquei assustada, chorei muito, me preocupei com meus pais que têm mais de 90 anos. Vi tanta notícia ruim que me deu aperto no coração. Mas depois, vi no WhatsApp as pessoas fazendo máscara e outras ações solidárias. Resolvi ajudar também”, disse.

Solidariedade e amor

A contribuição de dona Elizabeth não é em larga escala, mas grande demais em solidariedade e amor ao próximo. Ela confecciona as máscaras costurando materiais que já tinha em casa, como tecidos e retalhos. A ideia é doar para os vizinhos que também estão no grupo de risco, como idosos, hipertensos e diabéticos, por exemplo. A ocupação nesta época de pandemia uniu o hobby da costurar com o coração generoso, sempre aberto a ajudar o próximo. “Algumas pessoas não podem deixar de trabalhar, para sustentar a família, então, faço a minha parte. Já que eles estão se arriscando para trabalhar, ajudo na proteção deles. Não é muita coisa, é somente uma ajuda”, diz.

Elizabeth conta que à princípio, o marido não deu muito crédito para a iniciativa, mas os dois saíram para uma consulta médica e, quando voltaram, nenhuma máscara estava no varal. Bem humorada, convoca todas as costureiras e pessoas que gostam de costurar para ajudar o próximo. “Para quem quer fazer igual é bem simples: basta pegar um lençol que você não usa mais, um retalho ou pedaço de tecido. É fácil fazer e você pode ajudar várias pessoas”, finaliza.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui