Vídeo de pré-candidato a vereador causa tumulto e é rebatido pela Secretaria de Obras

0
1405

2020 está sendo de surpresas e transformações. Mudanças que o mundo levaria décadas para viver ou que nós demoraríamos muito tempo para implementar voluntariamente, já estão sendo incorporadas no nosso dia a dia. A pandemia antecipou novos hábitos como o trabalho remoto, a educação à distância, a busca por sustentabilidade e a cobrança, por parte da sociedade, para que as empresas sejam mais responsáveis, do ponto de vista social.

O consenso diz que nada será como antes… mas quando o assunto é política e ano de eleições, o novo coronavírus pode até estabelecer novas práticas de convívio social e comportamento, mas não vai acabar com alguns péssimos hábitos dos políticos, principalmente os “novatos” que tentam tirar proveito de qualquer oportunidade, mesmo que seja da miséria alheia ou de tentar conquistar a paternidade de obras que podem lhes “render votos”. Para catapultar o nome, vale tudo e prova disto é que o pré-candidato a vereador, ex-assessor e companheiro da vereadora Otacília Barbosa, Thiago Anibal, voltou a ser o principal assunto nas redes sociais esta semana depois de mais uma investida em sua pré-campanha.

Há poucas semanas, ele a vereadora Otacília foram alvo dos internautas, depois de postarem vídeo, distribuindo cestas básicas em bairros da periferia. No vídeo e em fotos, ambos mostram cestas básicas no porta malas e no banco traseiro do veículo de propriedade da vereadora. A cena, mostra ainda o casal na frente de um supermercado onde as cestas, provavelmente, teriam sido adquiridas.

As críticas foram muitas e dispararam os comentários de internautas destacando a ação da vereadora e do companheiro como uma possível compra de votos. Esta semana, mais uma vez, os internautas também não pouparam o pré-candidato Thiago Anibal depois que ele usou as redes sociais para denunciar a situação de algumas ruas do bairro João Paulo II, na divisa de Santanense. Com o celular, ele gravou um vídeo tecendo duras críticas à administração e afirmando que o bairro está esquecido. “O bairro aqui tá esquecido, o SAAE veio aqui… fez um trabalho ali, colocou uma plaquinha, mas o bairro está mais uma vez esquecido; olha o matagal dos lotes; olha o tamanho do buraco, a população pede socorro”, disse o pré-candidato no vídeo.

A denúncia, importante para amparar as demandas da população do local, seria válida se a secretaria de Infraestrutura não tivesse anunciado poucos dias antes para a diretoria da Associação Comunitária do bairro, que toda a obra de recuperação das vias do João Paulo II, assim como a limpeza da região, começaria em, no máximo duas semanas. Assim que o vídeo foi postado, a repercussão foi imediata e, segundo um membro da Associação comunitária, Thiago Anibal teria feito a gravação quando ficou sabendo que a Secretaria de Infraestrutura já havia programando o início das obras.

Péssima repercussão

“Essa pessoa enquanto à frente da Defesa Civil não fez nada pelo município e agora pretende ser candidato e fica fazendo vídeo. Cria vergonha na sua cara”, afirmava uma postagem feita em um grupo do whastapp. A vereadora Otacília, companheira de Thiago, chegou a bater boca com o autor do comentário, afirmando que ele estava denegrindo a imagem do companheiro.

“Talvez eu não tenha a sua cara de pau e a dele. Usando da confiança das pessoas como você e ele fez…Você e ele tiveram dentro da minha casa pedindo a minha esposa para sair candidata com vocês e ela falou não para vocês, ou vai negar isso também”, disparou o cidadão revoltado.

Na mesma discussão, o assunto tomou outro rumo, a CPI da rachadinha, e o autor da postagem afirmou que Otacília e Thiago teriam ido até a casa da esposa dele e conversado a respeito do vereador Lacimar (Três). “Sinto muito se sua esposa contou para ele que o Lacimar procurou ela para fazer provas ilícitas na CPI da câmara e sua esposa foi honesta e não aceitou as ofertas ilícitas! Se Thiago Aníbal demonstrou isto na CPI foi porque ele, como sua esposa, que eu muito admiro, não admitem pessoas desonestas”, publicou Otacília.

A César o que é de César

Ontem, o Secretário de Infraestrutura, Rosse Andrade, divulgou vídeo ao lado do presidente da Associação Comunitária de Santanense e João Paulo II e um morador do bairro, confirmando o pedido da entidade para a realização das obras há mais de um mês e destacando que as ações da pasta na região já estavam programadas. “Pessoal, estou aqui no bairro João Paulo, com o Luiz e o Roberto, em atendimento à reivindicação da Associação Comunitária. Realmente eles têm razão na demanda; está muito ruim aqui e já estamos iniciando o trabalho nesta área. A máquina está aqui e fizemos uma parceria com a empresa Cimentão para realizar o trabalho”, afirmou Rosse.

O Jornal S’PASSO entrou em contato com o Secretário que confirmou a informação de que os trabalhos já estavam programados em atendimento à Associação comunitária. “Com certeza, a notícia de que realizaríamos essa ação vazou, mas continuaremos com nossos intensos trabalhos à frente da pasta e eu lamento que pré-candidatos possam fazer ações assim, para tentar se autopromover e atacar a administração”, disse.

Na tarde de ontem, o vice-presidente da Associação Comunitária, Marcus Vinícius Cardoso, foi enfático: “Desde que assumimos, há dois anos, sempre atentamos para as demandas de Santanense e do João Paulo II. Já havíamos protocolado o ofício com os pedidos no dia 10 de março, ou seja, há mais de um mês, e fomos informados que o atendimento seria a partir desta semana. Podemos até ver um lado positivo na encenação desse rapaz, pois fica claro quem realmente está preocupado com a nossa cidade e com as comunidades, e quem tem apenas interesses pessoais” finalizou.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui