Relator da CPI da “rachadinha” diz que resultado não deve sair na próxima semana

0
749

A CPI da “rachadinha” na Câmara está em fase final dos trabalhos e, esta semana, os vereadores concluíram as oitivas de diversas testemunhas, além de o principal envolvido na denúncia, o vereador Lacimar Cesário, ter apresentado sua defesa. O processo já está com o relator, Anselmo Fabiano. Em conversa com a reportagem, na noite de ontem, o parlamentar confirmou que junto com os outros membros da Comissão Processante, Joel Arruda e Antônio de Miranda, ouviu uma cidadã, que confirmou ter sido procurada pelo vereador Lacimar, pedindo ajuda para que a acusação fosse encerrada. Ela testemunhou também que a ex-assessora do parlamentar havia dito a ela que devolveu a Lacimar R$ 500, em três ocasiões.

De acordo com Anselmo, por não fazer parte da denúncia, a procuradoria do Legislativo, recomendou que o depoimento não seja incluído no processo. O integrante da CPI disse ainda que apesar do fim das oitivas, o relatório não deve ficar pronto nos próximos dias. ”Essa semana fizemos a leitura de tudo que apuramos, ouvimos todas as partes e na segunda-feira vou sentar com o presidente da Comissão, o vereador Joel Arruda para despachar toda documentação. A partir daí, vou começar a elaborar o relatório, que é muito complexo e deve ser feito muito bem feito. Não sei precisar se vai ser na semana que vem ou na próxima. Como sou o relator, se eu ver que ele não ficará pronto, posso solicitar a prorrogação do prazo, mas ainda tenho um período de 10 dias”, destaca o vereador.

Lacimar Cesário, o Três, disse à reportagem, que foi orientado por seus advogados a se pronunciar somente após a conclusão das investigações. Na última entrevista que concedeu ao Jornal S’PASSO, alegou que está sendo perseguido politicamente e que irá acionar os denunciantes na justiça.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui