Cancelamento de festas juninas faz surgir novas iniciativas para ajudar as instituições da cidade

0
887

As festas juninas são eventos muito tradicionais desta época do ano. Seja pelas deliciosas receitas, os trajes típicos ou pelas quadrilhas animadas, a festa é aguardada por muitas pessoas, em especial, pelos alunos. Nas escolas e creches, a festa junina representa mais do que uma comemoração, é também o momento de arrecadar verba para obras e para manter as instituições ao longo do ano. Em Itaúna, o Arraial das Creches já faz parte do calendário de festas municipal. Em 2020, o evento estava marcado para ocorrer neste final de semana, porém foi cancelado em função da pandemia da Covid-19. A secretaria de cultura informou ao JORNAL S’PASSO que “neste momento de isolamento social, a Cultura está em processo de desenvolvimento de atividades culturais que, possivelmente, possam a vir acontecer sem aglomeração de público, porém, ainda está em análise e levantamento financeiro a viabilidade de acontecer de forma beneficente”.

No ano passado, o Arraial das Creches arrecadou R$ 62.496,75, que foram divididos entre as creches municipais Custódio Emídio, Santo Agostinho, CMEI Lúcia Lima de Carvalho e Recanto Feliz, além das conveniadas, Casa Betânia, Branca de Neve, Pequeno Polegar e Maria Madalena Penitente. Cada uma das oito creches recebeu R$ 7.812,09, parte do lucro do evento, dividido entre as instituições. Sem a festa neste ano, a Casa Betânia encontrou uma alternativa para arrecadação. Nos últimos dois finais de semana, foram vendidas comidas típicas de festa junina na instituição. Não há aglomeração, o público apenas faz a retirada o alimento para consumir em casa. A ideia tem sido um sucesso, conforme conta a diretora Rosângela Viana. “Fizemos a primeira ‘Noite da Canjica’ na semana passada e deu muito certo, então estamos repetindo, porque, sem o dinheiro do Arraial e de outros eventos, fica difícil as obras sociais manterem as atividades, no caso, pagar os 36 funcionários. Temos convênio com a Prefeitura e o Governo do Estado, mas precisamos do dinheiro das promoções”, contou. No dia 19 deverá ser promovida mais uma noite com venda de quitutes das barraquinhas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui