Itaúna faz exames em massa para detectar casos da Covid-19

0
602

A Secretaria de Saúde começou nesta semana, a testar as pessoas com sintomas leves de coronavírus com o exame RT-PCR, que identifica o material genético do vírus. Até então, somente as pessoas internadas em estado grave ou profissionais de saúde eram testados. Essa nova testagem faz parte da programação do Comitê de Combate ao Coronavírus de Itaúna, que visa aumentar o número de testagens, de modo a diminuir os casos notificados como suspeitos na cidade. De acordo com o secretário de Saúde, Fernando Meira, a estimativa é que o município realize os testes RT-PCR, que é um exame mais completo e também os testes rápidos nos próximos dois meses para diagnosticar todas as notificações que Itaúna possui. “Essa primeira fase de testagem compreende a ampliação dos testes de RT-PCR em um primeiro momento, para os pacientes graves com síndrome respiratória aguda e, no mesmo momento, a ampliação para os pacientes sintomáticos leves. Os próximos meses serão primordiais para testarmos todos nossos pacientes, inclusive aquelas notificações suspeitas que não podiam ser testadas no início da pandemia”, explicou. Todos os países que tiveram sucesso em conter a doença realizaram testagens amplas seguidas de rastreamento e isolamento daqueles que tiveram contato com o infectado. O teste rápido, contudo, precisa ser feito com cautela, já que a maioria possui sensibilidade e especificidade muito reduzida, o que pode gerar um resultado falso negativo. O Ministério da Saúde aponta que os testes rápidos apresentam uma taxa de erro de 75% para resultados negativos. Os exames serão realizados pelas equipes de Estratégia de Saúde da Família, que estão na linha de frente das Unidades Básicas de Saúde. O teste rápido identifica, em cerca de 15 minutos, a presença de anticorpos do vírus no sangue das pessoas.

Parceria com o Sindimei

A Prefeitura também anunciou uma parceria com o Sindicato Intermunicipal das Indústrias Metalúrgicas, Mecânicas e do Material Elétrico de Itaúna- Sindimei e o SESI, que oferecerão mil testes rápidos gratuitos à pacientes notificados que apresentarem sintomas da Covid-19. Serão 50 atendimentos por semana, realizados em dia único. A Secretaria de Saúde vai encaminhar as pessoas para os procedimentos. Os testes rápidos consistem na retirada de sangue do paciente e a detecção da presença de dois tipos de anticorpos, o IgM e o IgG. A coleta de material para exame acontece normalmente após oito dias da notificação dos sintomas vinculados à doença. A testagem começou na última quarta-feira, 10, na própria sede do sindicato, localizada à Rua Godofredo Gonçalves, número 316, no Centro. Na última atualização de casos suspeitos de Coronavírus, divulgada pela Prefeitura na quarta-feira,10, às 17h, Itaúna tinha 859 notificações, 27 casos confirmados e 17 pacientes recuperados. Não houve óbito em consequência da doença na cidade e 606 pessoas já haviam deixado o isolamento social e 162 casos suspeitos foram descartados. A próxima atualização será segunda-feira, 15.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui