Grupo Simec, do México, confirma investimento para duplicar produção da Usina São João

0
691

Itaúna será contemplada nos próximos meses com grandes investimentos na área industrial. Trata-se da incorporação da Laminadora de Aços Longos Itaúna, da antiga São João, por um grupo siderúrgico mexicano. O grupo Simec, originário da cidade de Guadalajara, atua no ramo de siderurgia em vários países, como México, Estados Unidos, Canadá e Brasil. Aqui, conta com unidades de produção de laminação, trefilação e lingotamento contínuo em Pindamonhangaba, Cariacica e, agora, em Itaúna. Animado com os investimentos que estão chegando à cidade, o prefeito Neider Moreira de Faria (PSD) contou ao Jornal S’Passo que o grupo mexicano assinou recentemente um protocolo de intenção com o governador de Minas, Romeu Zema (Novo) para investimentos de cerca de R$ 1,3 bilhão no Estado nos próximos anos. A negociação vinha se arrastando há mais de um ano e agora é definitivo: o acordo México/Itaúna vai transformar a antiga unidade siderúrgica da São João em Grupo Simec para duplicar a produção de arames e derivados, de 120 para 250 mil toneladas/ano. O prefeito afirmou que os investimentos da indústria mexicana serão viabilizados em Itaúna imediatamente e que a expectativa da geração de empregos é para as novas etapas de produção. “Não temos informação sobre a criação de novos empregos imediatos, mas que o fato de o grupo ter adquirido a planta da São João como primeira ampliação de seus negócios em Minas Gerais, significa importante conquista para o município”, disse Neider.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui