Neider afirma que foco é combater a Covid-19 e que ainda não pensa em eleição

0
218

As eleições municipais de 2020 continuam com alguns pontos indefinidos. E o cenário de indefinição tem efeito cascata na hierarquia do poder. Enquanto senadores e deputados federais determinam o calendário eleitoral, nos municípios as incertezas predominam. Em conversa com a reportagem do JORNAL S’PASSO, o prefeito Neider Moreira, disse que não está preocupado com o tema no momento e que aguardará as definições do Tribunal Superior Eleitoral para, posteriormente, montar uma estratégia para as próximas eleições.

“Neste momento, estamos preocupados em trabalhar, atravessando uma pandemia, com diversas obras, fruto do planejamento estratégico que foi feito ao longo do tempo, em andamento e temos que administrar. Então, não estou preocupado com eleição, estou preocupado com a administração que é o compromisso que tenho com a comunidade”, afirmou o prefeito. Neider contou não estar em contato direto com nenhum dos pré-candidatos declarados. Disse também que a questão das chapas ainda está indefinida e que elas devem ficar mais claras, tão logo sejam definidas as candidaturas majoritárias. “Temos conversado com todas as alas da política municipal, de maneira geral. Eu não fecho porta para ninguém; converso com todas as pessoas da vida pública pois é essa é a função do gestor público. Evidentemente, o cenário eleitoral vai depender do caminhar das chapas majoritárias”, disse. Até o momento, dez nomes são cotados para o cargo de prefeito de Itaúna. Sobre esse assunto, Neider afirmou que o número é excessivo e que muitas chapas devem se desconstruir ao longo da campanha, ao mesmo passo em que outras devem ganhar força e apoio. “A expectativa que temos é que, enquanto vamos trabalhando, vamos tendo a certeza do calendário eleitoral e passaremos a tratar com cada um dos grupos políticos, com cada um dos pré-candidatos, para construir a nossa coligação”, explicou.

Nos últimos dias, dois nomes ganharam destaque como prováveis candidatos a vice na chapa do atual prefeito: os vereadores Antônio Da Lua e Gláucia Santiago. Indagado sobre a possibilidade de um destes dois parlamentares integrarem a chapa encabeçada por ele, ressaltou que a questão não está nem perto da definição e que o foco do momento é a gestão da cidade. “Eu não comecei nem a pensar sobre a questão de vice-prefeito, porque não estou tratando da questão eleitoral ainda. Estamos em um período de foco absoluto na administração, temos que gerir com cuidado as obras que estão acontecendo, acompanhar de perto. No tempo certo, vamos cuidar da eleição”, finalizou.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui