O jeito criativo de celebrar São João, Santo Antônio e São Pedro em tempos de pandemia

0
182

Quadrilha, comidas típicas, roupas caipiras, bandeirinhas… Quem não gosta das festas de São João? O evento é um dos mais esperados do ano, principalmente nas escolas. E para não deixar de celebrar a data, mesmo com pandemia do coronavírus, o Colégio Anglo de Itaúna organizou uma festa junina virtual. O evento online, chamou atenção dos internautas pela forma inovadora de lembrar os festejos juninos e, mesmo sendo realizado através de uma plataforma digital, não faltou animação. As imagens dos educadores e dos alunos foram parar nas redes sociais e conquistaram muita gente.

De acordo com a coordenadora do Ensino Fundamental, Digiane Regina de Oliveira, a ideia surgiu após uma conversa com os educadores que insistiram na necessidade de lembrar uma data que é sinônimo de tradição, comida gostosa e muita animação. “A festa junina do colégio é muito preparada e para não deixar a tradição morrer, convidamos os pais e os alunos para se caracterizarem. Anunciamos que haveria uma surpresa e, por isto fizemos um vídeo com todos os professores dançando quadrilha, individualmente. Cada professor dançou um pouquinho em casa, o que foi fundamental para entusiasmar as famílias a fazer também uma minifesta junina em casa. A programação teve a participação de cerca de 150 alunos”, conta.

Ainda segundo Digiane, os alunos capricharam na produção e, do maternal ao quinto ano, participaram dançando e brincando. “Aproveitamos a data e trabalhamos o contexto didático e uma proposta pedagógica, com a história da chegada da festa junina ao Brasil, o porquê das danças e das comidas típicas”, conta. Desde o dia 23 de março, começaram as videoaulas no colégio e, em abril, a escola contratou a plataforma Google Meet para que as aulas começassem a ser interativas e ao vivo. Outra plataforma que está sendo utilizada, permite que a criança faça a atividade em casa, tire foto e envie para correção, através do Google Classroom. O JORNAL S’PASSO, entrou em contato com as escolas particulares Educare e Sant’Ana, mas até o fechamento desta edição não obteve retorno quanto à alguma programação junina. As escolas públicas municipais, segundo a prefeitura, não realizaram atividades festivas este ano.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui