Construção da empresa IHM no Distrito Industrial vai ficar para 2021

0
249

Em Outubro de 2019, o prefeito Neider Moreira assinou um termo de concessão de uso à empresa IHM Engenharia e Sistemas de Automação LTDA, integrada ao grupo multinacional Stefanini. A empresa adquiriu do município a média de 21 lotes de terreno, uma área total de 37.314,17m2 localizada no Distrito Industrial. Na época, o projeto agradou grande parte dos itaunenses, já que a empresa planejava um faturamento de mais R$ 100 milhões e a geração de 230 empregos diretos, já em seu primeiro ano de atividades e consolidação no município. Mas o que era para começar a se concretizar ainda neste ano, no caso a construção da unidade fabril, vai ficar somente para o ano que vem.

O Jornal S’PASSO entrou em contato com a empresa para saber detalhes do projeto de expansão industrial, bem como o início do processo seletivo para contratação de empregados. Entretanto, em resposta à reportagem, o gerente de Negócios, Eduardo Stroppa, se limitou a dizer que “em função da crise gerada pela pandemia do novo coronavírus, o cronograma de investimentos foi prorrogado, a princípio, para o próximo ano”. A IHM é uma empresa voltada para a gestão de empreendimentos, fornecimento de projetos, desenvolvimento, instalação, assistência técnica e soluções integradas para sistemas elétricos, automação e tecnologia da informação. Ela tem como estratégia o posicionamento sustentável em mercados e negócios, que possibilitem o seu crescimento contínuo.

Nova ponte

O compromisso firmado entre a Prefeitura e a IHM, inicialmente, era de construir uma ponte para que os caminhões da empresa pudessem transitar com a largura necessária de segurança. A ponte, localizada no Distrito Industrial, é estreita para o acesso de caminhões e outros veículos pesados. Em maio passado, foi anunciada a assinatura do convênio entre o governo do Estado de Minas Gerais e Prefeitura de Itaúna, firmando recursos necessários para obra de ampliação da ponte do Distrito Industrial, na Fazendinha. Por parte do Estado será repassado o valor de R$ 261.068,11 e a Prefeitura vai entrar com contrapartida no valor de R$ 86.605,50, totalizando R$ 347.673,61. O Estado fornecerá também as vigas de estrutura metálica. O recurso está sendo empenhado e será liberado em breve.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui