“Atendimentos do castramóvel começarão em agosto”, afirma prefeitura

0
197

A situação dos animais de rua de Itaúna beira o caos e já foi motivo de amplos debates por parte de voluntários que atuam na defesa da causa animal. A situação vai além, a Aida, Associação Itaunense de Defesa Animal, teve que suspender os resgates devido às dívidas com clínicas veterinárias, falta de lares temporários e a pandemia do coronavírus, atualmente a ONG limita sua atuação somente em casos considerados extremos, onde o animal apresenta doença ou é vítima de violência. A chegada de um castramóvel no final do ano passado trouxe um novo alento para os defensores da causa, já que a castração é comprovadamente o melhor método de controle populacional.

Em nota ao Jornal S’Passo, a assessoria de comunicação da Prefeitura de Itaúna, confirmou a metodologia inicial e afirmou que o equipamento não havia começado a operar ainda devido a uma aprovação pendente do Conselho Regional de Medicina Veterinária. “A aprovação do projeto saiu nesta terça-feira, 21, agora o Conselho Regional vai fazer uma reunião plenária para a emissão da aprovação final para o funcionamento. O procedimento já está 90% regularizado e não próxima semana será concluído”, afirma nota.

Ainda segundo a prefeitura, o veterinário e a equipe auxiliar que vão atender no castramóvel já foram contratados e a expectativa é que serviço comece a funcionar ainda em agosto.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui