CÂMARA SUJA? TJMG investiga vereadores por corrupção

0
217

Mesmo o escândalo dos “pastéis recheados” não indo para frente na Câmara, o processo continuou seguindo normalmente na esfera jurídica. Circulou nos bastidores políticos e foi parar nas redes sociais, prints de uma ação do Tribunal de Justiça de Minas Gerais que faz a acusação de corrupção envolvendo a eleição da mesa da câmara em 2018.

A ação veio logo após a apreensão do telefone do vereador Alex Artur (Lequinho), que foi acusado pelo vereador Iago Souza Santiago, de tentar comprar o votos na eleição da mesa diretora em 2018. Foram integrados na ação os vereadores: Alex Arthur (Lequinho), Otacília Barbosa, Gleison Fernandes (Gleisinho) e Márcia Cristina (Márcia Dr. Ovídio). O Jornal S’Passo já solicitou uma cópia do processo ao órgão e até o momento não teve retorno, em breve traremos mais informações.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui