Eleições 2020: Itaúna tem 325 candidatos a vereador e seis prefeitos

0
273

Números do TSE apontam que a cidade teve praticamente o mesmo número de pedidos de candidatura em 2016; mas representatividade das mulheres aumentou

A disputa começou e já é possível ver as campanhas nas redes sociais, uma das ferramentas que mais será usada nesse pleito, devido à pandemia do Coronavírus. Foram realizados quase 80 mil pedidos de registros de candidatura em todo o estado, deste número, 2.720 candidatos vão disputar 853 cadeiras de prefeitos e outros 74.880 vão disputar 8.423 vagas de vereadores. Itaúna tem 325 pedidos de registros de candidaturas a vereador e seis a prefeito nestas eleições. De acordo com o TSE, o número se manteve idêntico ao de 2016, tanto nos concorrentes ao legislativo quanto ao executivo.

O quociente eleitoral é que define quantos votos cada partido precisa alcançar para conseguir uma cadeira no Legislativo. Para chegar a esse número, a Justiça Eleitoral calcula o total de votos válidos, excluindo votos brancos e nulos, e verifica o número de vagas em disputa. Em 2016, por exemplo, para fazer uma cadeira de vereador, das 17 dispostas, o partido precisaria alcançar a marca de três mil votos no total. O cenário, segundo especialistas da justiça eleitoral, poderá ter uma variação para menos, já que esse ano o país está enfrentando a pandemia.

Representatividade

O que mudou de 2016 pra cá foi que as mulheres passaram a ter mais representatividade na política itaunense. São 112 mulheres e 222 homens disputando o legislativo. Em 2016 foram apenas 104 mulheres e 230 homens, o que equivale a um aumento de 2,5%. Conforme já noticiado pelo Jornal S’PASSO, Neider Moreira de Faria (PSD), Márcio Gonçalves Pinto, o Hakuna (PSL), Alessandro Thomaz (DC), Jerry Adriane (PSOL), Otacília Barbosa (PV) e Emanuel Ribeiro (Republicanos) são os prefeitáveis definitivos para a disputa à Prefeitura. Pela primeira vez na história da cidade, a questão da representatividade feminina também chegou às chapas majoritárias, que em sua maior parte são compostas por mulheres, Gláucia (PL) com Neider, Marlete (PSL) com Hakuna e a professora Aurita (PSOL) com Jerry Adriane. Otacília Barbosa é a única pré-candidata a prefeita, com seu vice recém trocado, Hélio Machado (PV). Já as chapas de Alessandro Tomaz e Emanuel Ribeiro seguem da forma tradicional, composta apenas por homens.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui