Justiça manda retirar das redes sociais fake news contra prefeito Neider Moreira

0
180

Candidata a vereadora da oposição usou sua página no Facebook para divulgar mensagens “falsas e ofensivas contra o chefe do executivo”

Com o título “Eleições pacíficas”, o chefe do Cartório Eleitoral de Itaúna, Euder Monteiro, divulga um post em sua página no Facebook chamando a atenção das pessoas para o conteúdo de publicações de candidatos ou de cabos eleitorais no pleito que se avizinha. Vale a pena reproduzir o texto de sua mensagem:

“Cuidemos para não julgar sem provas os nossos semelhantes. Os candidatos também são nossos conterrâneos, concidadãos. São seres humanos que, como nós, têm família e fragilidades. Merecem todos ser tratados com respeito e dignidade. Vamos realizar uma campanha eleitoral mantendo na memória as palavras do Grande Mestre: “amai-vos uns aos outros” e “não julgueis.”

Caso alguém tenha provas de que algum dos candidatos tenha agido de forma ilícita, deve entrar em contato com o Ministério Público, para a devida apuração dos fatos. Dessa forma, será garantido o direito de defesa ao acusado, sem que ele seja, de antemão, execrado pela opinião pública, talvez injustamente. Se você receber uma notícia contendo acusações sem provas contra algum candidato, por favor, não compartilhe a publicação. Evitemos xingamentos, chacotas e grosserias. Se estamos do lado da bondade, não precisamos nos valer disso”.

Essa orientação deveria ser seguida por todos que se dispõem a usar suas redes sociais e a mídia em geral para divulgar seu nome, suas mensagens, seus comportamentos e posturas, suas ideologias. Candidatos e/ou apoiadores. Militantes e simpatizantes. As últimas eleições presidenciais nos deram mostras do poder maléfico das mentiras, da boataria, das fake news. Mas, ainda antes da utilização em grande escala do termo fake news, as inverdades (a calúnia, a injúria e a difamação) sempre foram utilizadas como elementos decisivos, de grande peso, em campanhas eleitorais por todos os lados do planeta.

Esta semana, o prefeito Neider Moreira conseguiu na Justiça barrar mensagens publicadas em rede social por uma candidata a vereadora e cabo eleitoral da postulante à prefeitura, Otacília Barbosa. A cidadã Ivone Matos teria publicado em sua página no Facebook informações ofensivas contra o chefe do executivo. O prefeito agiu e sua defesa mostrou à Justiça que eram falsas e desrespeitosas as colocações da cidadã. Imediatamente o conteúdo do Facebook foi retirado e Neider ganhou direito de resposta para esclarecer a verdade dos fatos. Ele abriu mão de publicar sua versão da narrativa, mas a retirada dos conteúdos e a decisão da Justiça vêm mostrar que a campanha eleitoral tem que pautar-se pela verdade e limpidez de ideias dos postulantes aos cargos eleitorais, bem como por seus apoiadores.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui