Conversas de bastidores sugerem união de candidaturas para enfrentar Neider

0
187

Há rumores na cidade de que até os próximos dias um arranjo político em favor de uma candidatura única do grupo de oposição – costurado nos bastidores – seja revelado. O resultado seria a desistência de três e a composição com um nome mais fortalecido para enfrentar o atual prefeito, Neider Moreira (PSD). Na campanha do PSOL/PT, com o candidato Jerry Adriane (PSOL), a fala é uma só: “nós somos a oposição verdadeira ao governo que aí está”, os demais candidatos são adversários de ocasião, oposição de mentirinha.

Mas, essas mudanças tão intensas nas eleições 2020 podem ser apenas especulação, informações sem fundamento. No entanto, na Câmara, terça-feira passada (3), o vereador Marcinho Hakuna (PSL), candidato a prefeito lançou uma proposta para a colega Otacília Barbosa (PV), também postulante à Prefeitura. Foi uma cantada sutil, mas que não deixa dúvidas de sua intenção de formarem um bloco único para tentar vencer Neider Moreira. A vereadora havia reclamado da postura do executivo ante as iniciativas dos vereadores, Hakuna aproveitou e saiu com essa: “a única forma de mudarmos o que está aí em nos unirmos em torno de uma possibilidade”. Antes, ele já havia se dirigido à colega com uma brincadeira. Otacília comentava sobre o governo municipal e num toque de oposição disse que falta pouco para terminar esse mandato e que “no ano que vem o novo prefeito vai realizar”. Ela disse “prefeito” e não “prefeita”. Marcinho fez questão de evidenciar a questão de gênero na fala da colega e tomou para si a sugestão de Otacília: “as palavras continuam tendo poder, você pode ter certeza que quando assumirmos a Prefeitura, vamos trabalhar nesse sentido”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui