Solenidade de posse dos vereadores e do prefeito foi restrita a um pequeno público

0
210

Vereadores elegem nova Mesa Diretora e maioria reconduz Alexandre Campos à presidência. Edênia é eleita secretária e Silvano, vice-presidente

A posse dos vereadores, do prefeito Neider Moreira de Faria (PSD) e da vice-prefeita Gláucia Santiago (PL) foi marcada pelo inusitado do distanciamento devido à pandemia do coronavírus, que restringiu a participação do público. O evento aconteceu na tarde do dia 1º no Teatro Sílvio de Mattos e, além dos empossados, estiveram presentes familiares, imprensa e servidores da Prefeitura e da Câmara.

O mestre de cerimônia foi o jornalista Hermano Martins Mendes, chefe da Assessoria de Imprensa da Prefeitura. A solenidade foi transmitida pelo canal do You Tube e o público pode participar através de comentários no chat. Empossados os vereadores, foi eleita a Mesa Diretora do legislativo para o biênio 2021-2022. O edil Alexandre Campos (DEM) é novamente o presidente da Casa. Campos compõe a presidência juntamente com Silvano Gomes (PDT), vice-presidente; e Edênia Alcântara (PDT), secretária. A chapa foi eleita com 10 votos contra 7 da segunda, formada por Fares Neto (PV), presidente; Gustavo Dornas Barbosa (Patriota), vice-presidente; e Antônio de Miranda (PSC), secretário.

O mais antigo vereador em exercício, Antônio de Miranda Silva foi quem comandou a solenidade, empossando os colegas e dirigindo a eleição da Mesa Diretora. Eleito presidente, Alexandre Campos deu posse ao prefeito Neider e à vice-prefeita Gláucia Santiago. Em seu pronunciamento, Campos ressaltou a importância do momento fazendo referência à presença da vereadora Edênia na Mesa Diretora da Câmara. “Pela primeira vez uma mulher negra ocupa o cargo de secretária do legislativo itaunense”, salientou. O presidente também fez questão de falar que o legislativo itaunense nos últimos dois anos promoveu uma significativa economia do dinheiro público e conseguiu devolver à Prefeitura R$ 950 mil em dezembro. Por fim, disse que o novo mandato será a reafirmação do “compromisso com o povo, a seriedade e a independência da Câmara”.

Lembranças do Bandinho e realizações de 2020

A vice-prefeita de Itaúna, Gláucia Santiago, primeira mulher no executivo itaunense em quase 120 anos de história, enalteceu a sua condição de política inspirada pelo pai, o ex-prefeito e ex-deputado Hidelbrando Canabrava Rodrigues, o Bandinho. Disse que sempre lutou de maneira simples, sem estardalhaço, respeitando as diferenças ideológicas e que continuará fazendo isso, colocando seu gabinete a serviço da população itaunense.

Em uma fala longa o prefeito Neider Moreira (PSD) iniciou agradecendo a cidade por lhe conferir a oportunidade do segundo mandato. Prometeu ter uma “relação mais republicana com a Câmara” e novamente contou das dificuldades enfrentadas no primeiro mandato, em razão, sobretudo, da inadimplência do governo do Estado para com Itaúna e o enfrentamento à pandemia da covid-19. “Foi o mandato mais difícil de minha vida pública, mas ainda assim conseguimos cumprir com cerca de 81% das nossas propostas. Fizemos o nosso dever de casa”, salientou. O novo mandato de Neider, segundo o próprio, irá dar sequência a uma série de realizações iniciadas nos últimos anos, como a sede da nova Prefeitura, a Estação de Tratamento de Esgoto, duas creches e a continuidade de uma política de saúde voltada para um melhor atendimento ao cidadão nos períodos mais críticos da covid-19.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui