Onda Vermelha impõe novas restrições para o comércio de Itaúna a partir deste sábado

0
209

O prefeito Neider Moreira (PSD) decretou e a medida entra em vigor a partir de hoje, sábado. Itaúna está, enquadrada na “Onda Vermelha”, do plano “Minas Consciente”, com relação aos protocolos de combate à Covid-19. Com o absurdo aumento de casos em Itaúna e de doentes no Hospital nos últimos dias – o que já era, de certa forma, esperado após os excessos das festas de fim de ano – a cidade suspenderá as atividades não essenciais e caminhará, talvez, para um lockdown. O perigo de um fechamento geral, inclusive, com o isolamento que impede a movimentação das
• Supermercados, padarias, lanchonetes, lojas de conveniência;
• Bares e restaurantes (somente para delivery ou retirada no balcão);
• Açougues, peixarias, hortifrutigranjeiros;
• Serviços de ambulantes de alimentação;
• Farmácias, drogarias, lojas de cosméticos, lavanderias, pet shop;
• Bancos, casas lotéricas, cooperativas de crédito;
• Vigilância e segurança privada;
• Serviços de reparo e manutenção;
• Lojas de informática e aparelhos de comunicação;
• Hotéis, motéis, campings, alojamentos e pensões;
• Construção civil e obras de infraestrutura;
• Comércio de veículos, peças e acessórios automotores. 

O Jornal S’PASSO convidou algumas pessoas para falarem da decisão do prefeito Neider que impõe novamente uma alteração no funcionamento da vida social e econômica da cidade.
Chamado a opinar, o consultor de desenvolvimento executivo e articulista Ghustavo Medéia Xavier, disse que que não tem entendido os critérios e que desconhece a métrica da Prefeitura junto ao Minas consciente. “A princípio meu entendimento era de que o fechamento seria apenas em fins de semana, mas se os critérios respeitam as métricas estabelecidas pelo Minas Consciente, sou favorável”, salientou.
A jovem empresária Camila Magela Bernardes, proprietária das lojas Ana Milla afirmou que como cidadã está preocupada com o avanço da doença em Itaúna e que, infelizmente, muitas pessoas não estão levando a pandemia a sério, o que traz grandes sofrimentos e uma situação alarmante. “Como comerciante, a situação fica muito difícil, pois os compromissos continuam, como o aluguel e o salário dos funcionários. Esperamos que haja um recuo da doença e que o período de fechamento seja breve. Temos que nos reinventar e torcer para, pelo menos, conseguirmos honrar nossos compromissos”, considerou.
Para o presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas – CDL, Maurício Nazaré, os efeitos das festas de final de ano estão acontecendo nesta semana e os indicadores não estão bons, “nem na cidade, nem na microrregião de Itaúna, nem na macrorregião Oeste”. Ele se diz preocupado com o crescimento de ocupação no Hospital e que este é o motivo principal para a decisão do prefeito Neider. No entanto, avalia que fechar o comércio não é e nunca foi a saída. “No meu entendimento, comércio fechado é maior circulação de pessoas em confraternizações e festas que são os vilões da pandemia. Precisamos é de fiscalização ostensiva e punições rigorosas”.
O presidente do Sindicomércio, Alexandre Maromba, interrompeu férias com a família para atender à reportagem. Ele contou que está acompanhando de longe as ocorrências e que a posição do Sindicomércio acompanha a do CDE de Itaúna. Na sua opinião, o ideal é que o comércio não fosse sacrificado neste momento, uma vez que os lojistas da nossa cidade, desde o início da pandemia vem dando exemplo com o cumprimento das exigências sanitárias. “Somos a favor do diálogo e do melhor entendimento com o poder público, para que encontremos a melhor saída. O que estamos passando com esta doença exige de todos sabedoria. Precisamos encontrar um meio termo onde a economia e o cuidado com a saúde andem juntos”, posicionou. Maromba contou que Sindicomercio enviou proposta ao Sindicato Laboral, de uma CCT emergencial, onde o propósito é minimizar os impactos aos comerciantes da eventualidade do comércio fechado por mais tempo. “Nesta proposta pedimos a possibilidade de banco de horas negativo e antecipação de férias”, acrescentou.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui